Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cinco maneiras de ser uma pessoa melhor na era digital

21 de novembro de 2013 0

Nosso admirável mundo novo digital é um lugar complicado: a gente precisa dividir nossa atenção entre quem esta na nossa frente e dispositivos eletrônicos inanimados, que ficam apitando com atualizações constantemente.  E para não sermos indelicados ou antissociais (apesar de estarmos ironicamente vidrados nas mídias sociais), alguns conselhos podem ajudar:

1 . Largue este maldito celular!

Hoje os celulares são extensões de nossos corpos – um terceiro braço, um terceiro olho ou mesmo um novo cérebro. Estamos sempre verificando atualizações ao menor sinal (ou até mesmo quando não há e imaginamos ouvir algo vindo dele). Mas num mundo hiperconectado, é fácil desconectar do que importa. E ao ficarmos muito vidrados na telinha deixamos de acompanhar o que acontece ao vivo. É até inconveniente muitas vezes usar o aparelho em momentos inapropriados.

2 . Esteja de corpo e mente nos lugares

Falando em momentos inconvenientes: evite os contatos online quando você estiver pessoalmente com quem você gosta, seja em um encontro romântico ou em uma roda de amigos, almoços, cinema… É até rude prestar mais atenção em um aparelho do que em uma pessoa,  pois parecerá que aquilo que estiver acontecendo não é tão importante – talvez não seja, mas seja legal, poxa! Uma dica : mantenha o seu telefone no bolso ou na sua bolsa e, se você realmente precisar, olhe furtivamente as atualizações quando a pessoa ir ao banheiro ou você mesmo ter que dar uma saída estratégica.

3. Interrompa o ciclo do ódio

Isso já aconteceu com todo mundo: você leu alguma coisa na internet e sentiu muita raiva. E graças aquele espaço “comentar”, você tem a oportunidade de descontar todas as suas frustrações acumuladas debulhando o teclado. E isso te consome, te preocupa, tira sua atenção de coisas mais importantes (e úteis)… Muitas vezes a gente só precisa colocar para fora mesmo. Mas que tal, ao invés de apertar o “enter” quando acabar de digitar, selecionar tudo e apertar o “delete”? Além de ter a sensação de alívio, você vai acabar com um ciclo de réplicas e tréplicas de ódio.

4 . Menos fones, mais som ambiente

Ouvir uma música para descontrair é legal. Mas ficar o tempo todo, a exemplo dos itens um e dois, com o ouvido fechado com um fone deve ser prejudicial à saúde (algum médico lendo para ajudar a tirar a dúvida nos comentários?).  Sem contar que pode ser perigoso quando andar na rua, tornando um alvo desatento e fácil para assaltos, além do perigo de não ouvir um veículo na rua. Agora, se você gosta de ouvir música em ônibus lotados e não consegue largar o hábito, por favor use fone de ouvido.

5. Um obrigado não custa nada

Está usando a internet grátis de algum estabelecimento comercial? Consuma alguma coisa como forma de retribuição ou elogie (pessoalmente) quem disponibilizar o sinal. Gestos simples, que vão incentivar a pessoa a manter e melhorar o serviço disponível para você continuar usando.

Conhece mais alguma dica legal? Compartilhe nos comentários, sem ódio ;)

 ***

Há também um estudo que saiu esta semana sobre os hábitos de etiqueta digital com smartphones. Os dados são bem interessantes para ver como mudamos com a tecnologia. Clique na imagem abaixo para ler completo (em inglês).

digital

Bookmark and Share

Envie seu Comentário