Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mulheres se livraram do Tubby, mas não do Clube do Bolinha

10 de dezembro de 2013 3

clube

Enquanto todas estavam preocupadas com o Tubby (que se revelou uma farsa), alguns desenvolvedores trabalharam para existir uma resposta ao Lulu. E com isso foi lançado o Clube do Bolinha,  mais um aplicativo integrado com o Facebook que permite avaliar as pessoas. Ele está disponível para aparelhos com Android e deve chegar até o fim da semana para iPhones e outros dispositivos que rodam o iOS, da Apple (e azar sem previsão para quem tem Windows Phone e outros sistemas menos famosos). A diferença dos outros programas do tipo, segundo os próprios criadores, é que é “menos ofensivo”

As perguntas da avaliação do Clube do Bolinha são: “já pegou?” (sim ou não), “já comeu?” (sim ou não), “na cama ela é…” (dá pro gasto, horrível, merece um diploma, sabe o que está fazendo, faz de tudo) , “no rolê ela…” (torna o rolê inesquecível, adora dar um showzinho, não fede / não cheira, finge estar bêbada, agrega valor ao camarote), “responsabilidade” (a balada, o trabalho, a igreja, as amigas, a casa), “pegaria?” (só bêbado, essa é prá casa, nem na balada, perderia uns 5 minutos).

Já as hashtags de classificação negativas são #Ficaesperto, #Camarão, #Bigodinho, #SóFazMiojo, #Patricinha, #MariaGasolina, #AmigasFifi e #VidaLoka. Os itens positivos são #TopCapadeRevista, #ChefeDeCozinha, #RainhaDaPista, #Parceira, #SabeOQueFaz, #BeijaBem e #GostosaDaAcademia. No final é gerada uma nota geral para cada perfil feminino avaliado.

Mas o Clube do Bolinha tem outro detalhe perigoso: para ter acesso ao aplicativo, usuários precisam dar seus dados pessoais do perfil, que podem ser usados para os mais diversos fins pelos desenvolvedores do aplicativo. Leia aqui como isso funciona.

Como tirar o perfil do Clube do Bolinha?

Acesse o link da página do aplicativo no Facebook (aqui o atalho: http://goo.gl/IgOmES), depois clique “bloquear” (se aparecer a opção “remover”, clique também). Porém, algumas mulheres mesmo após este procedimento continuam disponíveis para avaliação. E não adianta instalar o aplicativo, pois nele não há uma opção clara de “excluir perfil”.

Vale lembrar também que o Ministério Público está questionando todos os aplicativos do gênero. Ou seja, caso não funcione a remoção e você se sentir lesada, procure um advogado.

 

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Renara Almeida diz: 10 de dezembro de 2013

    Não sei o que é pior: alguém se dar ao trabalho de criar um app como esse ou alguém se dar ao trabalho de usar aplicativos desse tipo.

  • Claudia Becker diz: 11 de dezembro de 2013

    Concordo com você Renata, pior é que existem sérias campanhas contra o bullying e esse e o aplicativo Lulu fazem exatamente isso.

  • 5 segredos sobre o aplicativo Secret | Impressão Digital diz: 14 de agosto de 2014

    […] Secret é mais um dos muitos aplicativos polêmicos. Ele é anunciado como uma nova maneira de compartilhar ideias e sentimentos, mas, diferente de […]

Envie seu Comentário