Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Três maneiras de ouvir música de graça (e evitar a pirataria)

26 de maio de 2014 0

Superplayer (www.superplayer.fm)

1

O Superplayer é uma serviço de transmissão online, na qual os usuários encontram estações personalizadas e listas feitas pelos desenvolvedores para vários momentos diferentes. Por exemplo, a lista “Jantar à luz de Velas” tem uma seleção tranquila e romântica para curtir a dois, enquanto a lista “Fritando o Melão” tem batidas frenéticas e alucinadas. Não é possível encontrar uma música específica, apenas as coleções prontas para ouvir de forma aleatória.

Na versão gratuita é possível ouvir todas as listas direto pelo navegador (sem precisar baixar um programa, só fazer um login simples) e até usar o aplicativo móvel (para Android e iOS). O único ponto negativo da versão gratuita é que as listas parecem pouco diversificadas, com a impressão das músicas se repetirem demais. Já na versão paga do aplicativo não há propagandas entre as músicas, os áudios são em alta qualidade e é possível sincronizar as seleções com o iTunes.

Grooveshark (www.grooveshark.com)

2

 

O Grooveshark é um catálogo aberto de artistas, músicas e álbuns para ouvir direto no navegador. Diferente do Superplayer, ele permite encontrar títulos específicos e montar playlists personalizadas. A variedade de opções é bem grande, inclusive os covers e versões diferentes das mesmas músicas. Os usuários ainda podem disponibilizar as próprias músicas (serviço bem interessante para novos cantores e bandas divulgarem seu trabalho) e montar transmissões (rádios online) para outros ouvintes acompanharem.

Está disponível na versão para dispositivos móveis, como também tem uma versão paga - para tirar as propagandas e melhorar a qualidade da transmissão (além de poder baixar o programa para ouvir no computador e sincronizar com outros serviços).

Spotify (www.spotify.com/br)   

3

O Spotify estreia sua versão brasileira e estará disponível para todos em 28 de maio, mas algumas pessoas convidadas já estão usando o serviço de transmissão de música pela internet. Segundo o próprio serviço, hoje seu banco de dados tem mais de 20 milhões de músicas, de diversos artistas e estilos.

A versão gratuita permite ouvir prontas e montar personalizadas playslits temáticas (como no Superplayer), acessar rádios online, seleções de mais ouvidas e álbuns de forma aleatória. Já a versão paga elimina as propagandas (que são bem inconveniente: por exemplo, você está ouvindo uma rádio de rock e, entre as músicas, aparece uma propaganda de pagode) e permite ouvir músicas em sequência personalizada, além de ser possível baixar as músicas para ouvir offline.

Diferente dos dois serviços anteriores, o Spotify tem um sistema bem preciso de recomendação: pelas primeiras músicas que o usuário marcar como favoritas, o sistema oferecerá outros artistas relacionados (bem interessante para quem gosta de garimpar sons). Já a versão para dispositivos móveis tem um bom desempenho mesmo com a qualidade precária de sinal de internet.

Envie seu Comentário