Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Só se for de grátis

17 de julho de 2007 0

Muita coisa na web é free, mas nem sempre é seguro/Reprodução/clicRBS
Após alguns meses suando a camiseta, caro leitor, adquiri um computador portátil (notebook, se preferir). A questão é que a máquina veio pelada. Totalmente não, mas os softwares que tem não se prestam muito para o que pretendo fazer. Assim, fui catar na web versões livres que quebrassem o meu galho “de grátis”.

Se você está na mesma situação, seguem os links e uma breve descrição dos programas. Muitos já são velhos conhecidos, aceitam-se novas sugestões, bem como lembretes de velhos softwares livres esquecidos aqui também – é só comentar lá embaixo.

Pacote OpenOficce
No site oppenofice.org você encontra a versão 2.0 do Open. Ele inlcui um editor de texto, de tabelas, de banco de dados, de slides, projetos gráficos e uma calculadora turbinada.

EditPad Lite
Este aqui me ganhou porque parece o Firefox, com essas abinhas. Ideal para quem precisa editar ou modificar textos simultaneamente. Se possível, esse vem aqui para a redação. Só não tem corretor ortográfico. Mas parece muito bom. Melhor de tudo, as teclas de atalho dão ao programa uma ótima funcionalidade, tornando-o prático no manuseio para coisas que precisam ser feitas rapidamente. Outro ponto positivo: não suja o código fonte – se você bloga sabe do que estou falando.

Picasa 2
Para imagens, Picasa 2, precário mas utilitário. Mais um produto Google.

Audacity
Acrescento ainda o Audacity, para gravar e editar arquivos de áudio. Ótimo para se fazer podcasts.

Bom, era isso. Basta clicar aí nos nomes dos ditos para dar uma conferida. Coloco aqui ainda uma lista que encontrei na minha empreitada com vários softwares livres com utilidade educacional, do cálculo de peso molecular a viagens espaciais.

LEMBRETE: muita cautela ao sair fazendo downloads por aí! Num bate-papo com o nosso mestre das máquinas aqui do clicRBS, Alexandre Perin, duas dicas ficaram claras:

1) cuidado com os sites falsos. Podem ser identificados pela URL, que diferirá da que se esperaria de um endereço oficial. Procure sempre o site da corporação no Google para não correr riscos;

2) na dúvida, NÃO BAIXE.

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Envie seu Comentário