Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Software livre deveria se curvar ao Bill Gates?

06 de dezembro de 2007 32

A idéia era que o pessoal escrevesse defendendo seu browser favorito, mas o Pedro Alcântara, em cerca de cinco minutos, fez um breve tratado a favor da Microsoft e contra o Linux. Segue a íntegra, Pedro, e pra quem mais quiser discordar ou concordar também. A propósito, as “declarações idiotas” referidas no início são minhas mesmo.

“Com estas tuas declarações idiotas em relação ao IE, resta saber se elas são propositais para alguém ler esse monte de asneiras e, assim, comentá-las ou se realmente teu grau de desinformação e INVEJA chega a este nível mesmo.

Vcs nerds do software livre deveriam se curvar ao Bill Gates pela contribuição que ele deu ao mundo da TI. Vcs, filinhos de papai que tem a faculdade paga pelos pais, acham bonito ir num barzinho gazear aula e falar mal da Microsoft pelos cotovelos. Certo?

Qdo se formarem quero ver do que vcs viverão. Software livre? Babaca é pouco para definir os amantes do software livre. Ignorância galgada em %22é bonito dizer que a Microsoft não presta.%22

O Linux de vcs é tão usado no mundo que mesmo sendo FREE(só a capa mesmo) perde para a plataforma Windows do Bill Gates que é paga, e bem paga por sinal. Então, qual o melhor e mais confiável produto??? Tudo que vcs têm no XURUBUNTUCU vem direta ou indiretamente da história de de sucesso da MS.

Abraço a todos”

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Comentários (32)

  • Marcelo Schlindwein diz: 5 de janeiro de 2008

    Software livre roda em qualquer plataforma; software da MS roda unicamente no Windows e nas pouquíssimas plataformas que a MS deseja que ele rode (como o MS Office no Mac). Ponto. A propósito: escreve-se “filhinhos”, com “h”.

    Certas pessoas estão tão bitoladas pela MS que acham que o único cliente de e-mail que existe se chama Outlook, e que o único tratamento de texto que existe é o Word. Lamentável. Mas mais lamentável ainda é ter de ler asneiras desse tipo.

    Saudações!
    Marcelo Schlindwein

  • Guilherme diz: 6 de dezembro de 2007

    Concordo com o Pedro em relação a importância que o bill gates tem…..só discordo das ofenças

  • fernando diz: 6 de dezembro de 2007

    da uma olhada naquele filme. “piratas do vale do silicio” e perceberas que estas errado.o bill gates nao inventou o windows ,ele simplismente copiou o operacional mac.na maior cara de pau.

    e quanto ao lixanet explorer,sempre foi prodre e cheio de falhas.uso o firefox a 3 anos. e considero o melhor

  • Papadoc diz: 6 de dezembro de 2007

    Concordo!!! So os nerds mesmo pra usar LInux! EU uso Microsoft SEMPRE! Gogo Gates!

  • Marcelo Correia Pinheiro diz: 6 de dezembro de 2007

    Além disso, não podemos esquecer que a própria MS usou código SL: alguém aí lembra da famosa história da pilha TCP-IP com licença BSD que o Windows 2000 passou a utilizar?

    Se o Windows é um sucesso entre os brasileiros, lembre-se que é graças ao “jeitinho brasileiro” de copiar o CD de instalação do técnico-de-final-de-semana…

  • ricardo teixeira lemos diz: 6 de dezembro de 2007

    a questão não é se o Windows é pago ou caro. A questão é o monopólio que têm de ser combatido. A popularização do Linux têm contribuido muito para isso. O Ubuntu, particularmente, é um excelente sistema operacional.O motivo pelo qual a esmagadora maioria das pessoas utiliza Windows é porque não conhecem ou não sentem necessidade de conhecer o linux uma vez que obtém cópias piratas fácilmente, com uma dose de tolerância da Microsoft. Quando tiverem realmente de pagar vão pensar diferente.

  • Marcelo Correia Pinheiro diz: 6 de dezembro de 2007

    Trabalho tanto com plataforma Microsoft como Linux e Unix-like. Obviamente que, por pior que seja, Bill Gates colaborou muito no setor de TI… agora, NADA justifica essa agressão gratuita ao Software Livre.

    Se são NERDS filhos-de-papai que zoam em butecos, que bom para eles. Pouco me importo quanto a isso, essa é uma declaração típica de quem sente inveja! Lembre-se que muitas idéias boas surgiram em lugares e situações inusitadas…

  • Bruno diz: 7 de dezembro de 2007

    Não defendo nem um nem outro, pois gosto do Linux mas não posso deixar o Windows de lado.
    Mas pensem bem, o dinheiro que é movimentado com a criação de antivírus, vacinas, etc, etc. Será que não tem gente que trabalha para os dois lados? Quanto dinheiro a mais essas empresas ganham quando aparece um vírus novo? Será que algumas informações importantes não acabam vazando propositalmente?

  • beto diz: 6 de dezembro de 2007

    Sim, a MS e a Apple um dia foram inovadoras e contribuiram e muito pra informatica. Mas nao sao mais (especialmente a microsoft). O Windows eh melhorado mas nao traz nada de novo ha muitos anos. E quando a MS integra tecnologias ao Windows (so que vem fazendo nos ultimos anos), ela nao esta ajudando em nada o desenvolvimento do Mercado. MS sabe que o monopolio de OS vai terminar, nao pelo Linux mas por “browsers”.

  • Lucio diz: 7 de dezembro de 2007

    Radicalismos a parte, se o enfoque for a empresa M$ e seus prod., minha opiniao é que cada um se especializa na tecnologia que quiser, e o mercado vai regulando. Tanto profissional qto empresas vao ter que estar ligados na tecnologia q adequa melhor(isso daria 1discertação). Mas qto ao IE, por mais imparcial que se tente ser, não tem como negar que a M$ pisa na bola direto, desde a briga com o Netscape, nao respeitando normas w3c e ainda hoje tem muitos bugs o q causa mtos transtornos p/todos.

  • Ronaldo Prass diz: 6 de dezembro de 2007

    Pois é, o software livre é tão ruim não é, mas responde aqui no blog, por que então o site do clicrbs é feito em jsp, jsp é software livre, java é software livre, o servidor TomCat que esta rodando, e graças a esse blog está no ar, tambem é software livre. Curioso não! Onde estão mesmo os produtos da microsoft?

  • lemes diz: 6 de dezembro de 2007

    Concordo que o Bill Gates contribuiu muito com a área de TI,mas o guilherme neves falou algo estupido em relação ao software livre, todos usam o produto da MS, mas quantos pagam ? o software livre é bem mais que isso seu guilherme…..

  • Agostinho Bombassaro Junior diz: 7 de dezembro de 2007

    Separando alhos de bugalhos!

    Pessoal, a MS desenvolve melhor interface que um programa pode ter. Está aí o Office. O pessoal que desenvolve SL deveria aprender com a MS. Agora sejamos francos que recomendaria uma solução 100% MS para o departamento de defesa dos EUA, Israel, UK, fala sério servidor Windoes e SGBD SQL Server é de rir.

    Para minha casa para a empresa de pequeno e médio porte que não tenha sistemas críticos tudo bem, mas servidor de verdade é UNIX e sua versão free LINUX.

  • Marcelo Cougo diz: 7 de dezembro de 2007

    Essas palavras do pedro Alcântara, que ironia essa de ser o nome daquele que proclamou nossa independência, são o resultado de anos e anos de investimento na descerebralização dos indivíduos…e funciona!!! Parabéns, Pedro, a Microsoft te merece!

  • Wagner diz: 6 de dezembro de 2007

    Achei pesado e fora de propósito essa reação.

    De toda forma, por “livre” entendia-se “gratuito”, coisa que há muito deixou de ser. Claro, isso caso você for utilizar o Linux como plataforma para suporte a sistemas de missão crítica. Nesse caso, certamente você vai atrás de alguém que lhe forneça suporte e atualizações confiáveis e aí o PILA COME.

    E muito chato que esse tipo de discussão se transforme num embate ideológico onde ninguém tem razão.

  • Rene diz: 7 de dezembro de 2007

    O que não se fala aqui é que a MS se fez clonando(copiando) programas de pequenas empresas (startups) em todo o mundo.

  • Marcelo Hartmann Terres diz: 6 de dezembro de 2007

    Realmente, o Bill Gates contribuiu muito com a área de TI, principalmente após começar a plagiar os softwares da Apple.
    Marketing ele sabe fazer bem, pena que a empresa dele não sabe fazer softwares que funcionem de maneira decente.
    E quanto ao uso do Windows de forma massiva, é fácil quando a quase totalidade de usuários usa pirata ou ainda pior, é obrigado a comprar uma máquina com ele instalado (Venda casada ??? Imagina…). Queria ver se não tivesse como piratear, quantos usariam Windows…

  • Marcelo Hartmann Terres diz: 6 de dezembro de 2007

    Ah, e por falar sobre viver de software livre. Eu vivo e muito bem, obrigado.
    Eu e todos meus colegas.
    Abraço a todos.

  • Marcelo diz: 7 de dezembro de 2007

    Bem amigos, só sei dizer que sendo ruim ou não, é desenvolvendo softwares para plataforma Microsoft que eu pago as contas de casa, e muito bem pagas pra falar a verdade, são 10 anos de experiência em desenvolvimento de softwares empresariais e até hoje NUNCA uma empresa me pediu para desenvolver sistemas em plataforma Linux. Quando você faz uma entrevista, alguém pergunta se você domina Open Office? Abraço.

  • Leovan Tavares da Silva diz: 6 de dezembro de 2007

    Acho que cada um é livre para usar o que quiser e ter opinião sobre este ou aquele software. O que não se pode é tornar a discussão passional e partir para a agressão. Eu trabalho com SL, formalmente, a 2 anos e meio e dá pra ganhar dinheiro com isso sim. Além disso, como formando em Engenharia de Computação, acredito que os sistemas livres cooperam ainda para o crescimento tecnologico, pois possibilitam que se aprendam com eles. Nem vou comentar os termos xenófobos sem fundamento usados no text

  • Pedro Boavida diz: 6 de dezembro de 2007

    Não só ao Bill mas também ao Steve Jobs e outros que nas antigas foram os precursores revolucionários, plágio ou não, ninguém pode dizer que o Bill não contribuiu para a massa tecnológica que temos hoje. A propósito a licença do Windows não é cara e sim um valor justo, quando fizemos um trabalho temos que receber por ele, a microsoft só tá fazendo o dela.

  • Guilherme Neves diz: 6 de dezembro de 2007

    Lemes, ainda não entendi o que eu disse sobre o software livre que achaste estúpido. Levar a culpa por criticar o IE tudo bem, mas por coisa que eu não falei também é injusto. Esclarece aí! Abraço.

  • Pedro Boavida diz: 6 de dezembro de 2007

    Aliás Guilherme Neves como formador de opinião não deverias te posicionar a favor ou contra nesses assuntos polêmicos.

  • Guilherme Neves diz: 6 de dezembro de 2007

    Só pra relembrar, este post é uma compilação de uma série de comentários em um outro post logo abaixo. O texto é deste internauta, como diz o primeiro parágrafo.

  • Pedro Alcântara diz: 6 de dezembro de 2007

    Direito de defesa: Caro Guilherme, se a idéia era a de dar um UP no teu blog na base da polêmica, parabéns! Temos aqui quase 20 respostas. Como o leitor anterior comentou, tu deves se abster de comentários próprios afinal PRIMEIRA PESSOA não combina com o papel deste blog. Então limite-se aos fatos, não fique avacalhando uma empresa que não é líder por acaso há décadas. O que pode enriquecer teu blog é justamente isso, a INFORMAÇÃO LIVRE. Livre de percepções tuas ou de amigos Linux-Fãs. Abraço.

  • WANDER DORNELES MARIANO diz: 7 de dezembro de 2007

    Claro que sim. Vamos começar tirando todos os sites que usam o Apache como servidor. Depois paramos os sites que usam banco de dados livres como MySql e Postgress. Tem os firewall que usam linux também…. tire eles do ar.

    Aproveitando o ensejo.. tiremos os servidores da Akamai do ar pq eles usam Linux (software livre). Vai ser um probleminha pra microsoft que esconde seus servidores windows atrás dos servidores da Akamai (que usa Linux).

  • Joao Luis diz: 6 de dezembro de 2007

    Acho que Bill Gates teve uma função importante no mundo da informática quando popularizou os sistemas operacionais gráficos. Mas a competição fez a Microsoft melhorar. Acho que muitas tarefas corporativas podem ser delegadas ao Linux e esta competição força os preços (muito salgados) da Microsoft para baixo. Acho saudável a disputa e ganho bastante dinheiro usando um mix de produtos da Microsoft e Linux, portanto, acho leviano dizer que não há como ser remunerado usando-se software livre.

  • Marco Antonio diz: 6 de dezembro de 2007

    Para chegar a este ponto precisou do DOS praticamente pronto pela IBM e da Interface gráfica da APPLE para os Macs. O nome disso é espionagem industrial e plágio. Assim até eu…

  • José Marques Silveira diz: 6 de dezembro de 2007

    Também concordo que o Bill Gates fez coisas importantes. Mas não precisava ser tão ofensivo.

  • Rafael diz: 6 de dezembro de 2007

    Faça uma pesquisa entre os usuários domésticos para ver quantos de fato pagam pra ter os softwares da Microsoft …

  • Olegário Miranda diz: 6 de dezembro de 2007

    Concordo, depois que a microsoft obteve sucesso todo mundo tira uma casquinha. Igual aos EUA, todo mundo fala mal, mas quando juntam uns trocados, vão para lá nas férias. Em relação ao software livre, coisa de nerd comunista, no papel funciona, mas na prática é outra coisa….

  • Ilo Paiz diz: 6 de dezembro de 2007

    Hoje programo para windows e utilizo alguns SL que são simplesmente fantásticos. Entre eles o Firefox…qdo foi lançado o IE 7 eu fiz diversos elogios (afinal de contas eles copiaram várias coisas boas que o Firefox lançou). Mas tive que retirar meu elogio qdo uma máquina foi infectada por um spyware que se instalou no IE 7 e não aparecia nos complementos. Isso é uma falha grave… infelizmente a MS sempre peca nestes casos. Mas no final gosto o windows e adorei o Vista apesar de ser muito pesa

Envie seu Comentário