Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Games memória: Internacional Superstar Soccer

20 de dezembro de 2007 30

Superstar Soccer, o pai dos bons jogos de futebol/reprodução, André Crespani/clicRBS
Internacional Superstar Soccer é o pai de todos. Só assim eu consigo definir esse jogo, simplesmente uma das maiores sensações futebolísticas da história do videogame. Lançado para o Super Nintendo pela Konami (mesma empresa do Winning Eleven), o game foi o precursor de uma nova jogabilidade em termos de futebol, que contribuiu para o sucesso da famosa série de PlayStation que viria depois.

Mesmo quem não gostava de futebol se impressionava com a fidelidade (para a época) das partidas. O jogo dava um laço nos antecessores, como o Fifa, da EA Sports, com seus goleiros batedores-de-roupa. A mobilidade dos atletas, o fato de eles cansarem ao longo da partida, a possibilidade de fazer balõezinhos, pedaladas, tudo contribuía para o realismo do game. Claro, existiam defeitos; os mais irritantes eram os gols de %22manha%22, como aqueles cruzamentos de escanteio pelo lado inferior esquerdo do ataque, que invariavelmente resultavam em gols de cabeça, ou o corte para a direita em cima do goleiro. Mas nada que treino – ou até uma mudança para goleiro manual – não resolvesse.

Além da versão original, o jogo teve ainda um plus, o Internacional Superstar Soccer Deluxe, que era ainda mais %22perfeito%22 e impressionante. Nesse game, era possível introduzir alguns códigos, e o mais inesquecível é a transmutação do juiz em um cachorro (literalmente). Quem sabe era um protesto contra os árbitros sacanas?

Afora isso, a pirataria correu solta. Foi lançada uma versão para Mega Drive (o grande adversário do Super Nintendo na época) que tinha uma jogabilidade bem diferente e manhas particulares. O mais curioso, no entanto, foram as versões extra-oficiais para o próprio Super Nes, que introduziram no game times, jogadores e até campeonatos que não estavam no original da Konami. Assim surgiram o Campeonato Brasileiro, Ronaldinho Soccer e até o Campeonato Argentino, todos com jogadores que atuavam nos clubes na época e com sua inconfundível narração em bom %22portunhol%22 que gritava %22GRANDE JOGADA%22 a cada lance de efeito ou – com uma voz soturna – sentenciava um %22você perdeu%22 quando ocorriam derrotas.


Em tempo, essa frase eu ouvi poucas vezes. Quando rolava algum campeonato noturno entre a gurizada, o pessoal inclusive fingia que estava com sono pra eu ir dormir e eles poderem jogar sozinhos, sem precisar me enfrentar. Claro, são outros tempos, hoje devo estar enferrujado.

Mas, como o Guilherme Neves, meu colega aqui do blog, está se vangloriando de ser nível cinco no Superstar Soccer, acompanhe em breve por aqui o duelo de redatores. Quem ganhar a partida (se houver um ganhador) conta a vitória no próximo post sobre o jogo.

VEJA MAIS FOTOS DO JOGO

Postado por André Crespani

Comentários

comentários

Comentários (30)

  • josenilson diz: 7 de dezembro de 2008

    Cara,todos os dia jogo esse super-star-soccer com meu cunhado…e muito legal, velho ainda nao achei ninguem que vença mais de duas vezes de mim cara ele nao da um caldo pra mim ,mais esse jogo nao troco por esses de hoje,tenha uma boa noite.

  • marcelo diz: 20 de dezembro de 2007

    Putz, esse jogo era o mais bala, lembro que um dia aluguei na locadora sem saber bem do que se tratava… mas lembram dos campionatos e os pequenos passwords… hehehe eu tinha um caderno com os passwords

  • Ezequiel diz: 20 de dezembro de 2007

    Com certeza tudo que eu jogo hj de Winning Eleven se deve ao International Super star soccer… o realismo era impressionante, as jogadas e sem contar no fato de poder jogar um grenal no video-game, isso foi a melhor.

  • alessandro diz: 20 de dezembro de 2007

    Baita jogo
    quem não se lembra do allejo, sieke e outros craques.

  • alessandro diz: 20 de dezembro de 2007

    Baita jogo
    quem não se lembra do allejo, sieke e outros craques.

  • Taner diz: 20 de dezembro de 2007

    Caraca, eu jogava muito isso.

    Tanto o international quanto o deluxe.

    Sugiro que tragam um post sobre o primeiro “Winning Eleven” para playstation, era campeonato japonês, lembro que tinha até o Rui Ramos e o Edílson Capetinha.

  • Elton diz: 20 de dezembro de 2007

    Eu era fã de jogar com o juiz cachorro.. hahaha
    me lembro ate hoje da manha…
    2 pra cima, 2 pra baixo, pra tras, pra frente, pra tras, pra frente, B, A

  • André Crespani diz: 20 de dezembro de 2007

    Para transformar o juiz em cachorro, é só apertar na tela de início do jogo, no controle 2: dois para cima, dois para baixo, esquerda, direita, esquerda, direita, B e A.

  • Rovaine Severo diz: 20 de dezembro de 2007

    Cara!! teve uma epóca que eu preferia jogar esse futebol do que jogar Zelda do N64!!!

  • Guilherme Neves diz: 20 de dezembro de 2007

    Desafio aceito, André. Relembro que só não tenho um nível maior porque não existe. Ahahah. Prepare-se para o massacre. PS: a narração que mais ouço é “E A FALTA EH!!!”.

  • Filipe diz: 20 de dezembro de 2007

    quem nunca jogo um torneio a madrugada toda q atire a primeira pedra o melhor jogo da época nós fazia-mos torneio de ida e volta nos finais de semana casa dum e depois no outro mto massa

  • rafael diz: 20 de dezembro de 2007

    cima,cima,baxo,baxo,tras,frente,tras,frente,B,A (ou A,B),- Juiz Cachorro!

  • Marcio Lopes diz: 14 de janeiro de 2008

    Lembro do meu snes..eu ainda jogo campeonatos desse game(no pc)..jogo o dia todo ainda!Sou fera

  • Gabriel diz: 20 de dezembro de 2007

    Saía o maior quebra-pau quando eu jogava com o meu irmão. “Juiz ladrão.” “Foi penalty, seu sem-vergonha.”
    Uma coisa que até hoje é imbatível é a jogabilidade dos penaltis. Apertando o botão de chute duas vezes o chute saía mais forte, mas a chance de jogar para fora era maior. Em compensação, se apertasse o botão apenas uma vez, o chute saía fraco e o goleiro poderia esperar a cobrança para acertar o canto (tinha que ter bons reflexos). Que saudade.

  • Hélio Filho diz: 21 de dezembro de 2007

    Nossa isso relembra meus velhos tempos, este jogo era o melhor, dá até saudades…

  • Gabriel Jost Muniz diz: 20 de dezembro de 2007

    Sem comentário!!! Baita jogo, até quem não curtia futebol gostava do jogo!!!

    Muito tri o Super Nes!!!!!

  • Zidani diz: 20 de dezembro de 2007

    Cara, graaande lembrança!! E os golzinhos de lambreta no goleiro?? Hehehe. Que época boa, madrugada virada em campeonatos de futebol no Super Nes, não tem preço…Abraço

  • Hehe diz: 20 de dezembro de 2007

    …Mas com goleiro manual dava pra tirar os gols de manha nos escanteios sim!!! hehe

  • Luiz Marin diz: 20 de dezembro de 2007

    BAhhhh q besteira!!! Tmb vendi meu Super Star Soccer Deluxe!! ainda lembro paguei R$ 126,00 na época!!

  • Marcos Henrique da Silva Brasil diz: 20 de dezembro de 2007

    Que saudade dos velhos tempos do super nintendo, pena que fiz a besteira de vender meu super nintendo e o meu super star soccer deluxe. Será que daqui há uns 10 anos vamos ter a mesma saudade de Winning Eleven Pro Evolution Soccer 2007? Um abraço!

  • Ângelo diz: 21 de dezembro de 2007

    Sugiro mais posts sobre clássicos que ajudaram a construir a história do videogame. Muito bom!

  • Bandini diz: 20 de dezembro de 2007

    Qual é o código para transformar o árbitro em cachorro ?

  • Wagner Machado diz: 20 de dezembro de 2007

    Bah. Baita jogo. Quem nunca ouviu falar bem dele, não conhece videogame.

  • Guilherme Rebollo diz: 20 de dezembro de 2007

    “Viva Senna”….quando tinha a substituição!!!

    Esse jogo era muito legal, grande precursor do futebol na telinha!

  • SAMUEL RAMM diz: 20 de dezembro de 2007

    caramba !!! td q a galera falou é a pura verdade …. graças a este jogo hj temo WE, Fifa e por ai vai … sem falar q eu e um primo varava noite jogando isto …. “grande jogadaaaaaaaaa” “saque do goleiro” “tirooooooooo” “periiiigoo” bha muito afude … bons tempos !!!!!!!

  • Luiz Gonzaga diz: 20 de dezembro de 2007

    Tempos que não voltam mais…

    Ainda bem que inventaram o Znes, pra relembrar os tempos de Super Mário, Donkey Kong e Cia…

  • João Renato Alves diz: 20 de dezembro de 2007

    Maior seleção brasileira de todos os tempos:
    Da Silva, Ferreira, Cícero, Paco e Vicento; Roca, Beranco, Santos e Pardilla; Gomez e Allejo

  • Rodrigo diz: 20 de dezembro de 2007

    BAH, classico velho… que saudades do meu super ness…

  • kaio venãncio diz: 30 de maio de 2008

    Um dos melhores jogos para o super nintendo, inesquecível!!! Alguém poderia me ajudar a encontrar o Campeonato Brasileiro(versão pirata do Internacional superstar soccer, sem ser o Deluxe).

     

    Oi, Kaio. A resposta é: Google, um abraço. – Guilherme Neves

  • Richard diz: 27 de agosto de 2009

    Bah, vcs se lembram q o deluxe tinha uma manha ridícula dos 59 gols???? Era tri difícil mas funcionava. O cara vinha na própria goleira, encostado na trave e saía com a bola. O juiz não marcava nada. Aí, um cara do outro time fazia uma falta no teu jogador. Cobrava-se a falta com o B contra a rede e a bola voltava pra ti. Por fora do campo, sem encostar na linha da lateral, se fazia a volta e ia atrás da outra goleira, virando com o jogador pra dentro e fora da rede. Muito engraçado!

    Resposta: Bah, Richard, essa manha eu não conhecia. Vou tentar fazer também, valeu!

Envie seu Comentário