Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

"Mininote" da Asus: contra e favor

11 de fevereiro de 2008 0

Reprodução
Todo mundo que vê, especialmente as mulheres, diz: oooooooo, que bonitinho!! O segundo comentário é %22eu quero%22. Depois: o que ele faz? Nessa interrogação é que você vê se quer MESMO um Eee PC. O computador da ASUS é chamado de subnote pela web, com a configuração 512 RAM, HD  4 GB e processador da Intel – existem modelos mais potentes, mas este é o que testamos.
 
Assim, antes de desembolsar cerca de R$ 1 mil – preço em Porto Alegre, onde é vendido desde o fim do Carnaval – você deve se perguntar: pra que que eu quero um desses?
 
Se você procura um ultra-portátil capaz de executar as funções básicas de um notebook normal, ou mesmo de um desktop, o Eee tá mais que bom. Nele você pode editar qualquer documento do pacote Microsoft Office (ele vem com Open Office 2.0) – em alguns PDAs só é possível visualizar. É o computador ideal para quem acha o note convencional muito pesado.
 
Agora, se o caso for ler um CD ou DVD, esqueça. O Eee PC não vem com drives para estas mídias (só a tampa de um drive de CD já mede a altura do %22notezinho%22). 

Sem CD e DVD, só USB

Ver filmes ou ouvir música no Eee PC é uma questão de USB. O micro vem com três entradas para o que você quiser, pendrives, HDs externos, joysticks, drives externos, e o que mais você imaginar.

Além disso, vários programas podem ser acessados pelo comando de voz do Eee, tudo em inglês, claro. Confira um teste abaixo.

O Eee detecta sozinho redes wireless, e vem também com uma entrada para cabo de rede e uma para telefone. Webcam e microfone vêm embutidos. O monitor tem sete polegadas, e o teclado é mais ou menos 80% menor que um normal. E tudo isso (ou só isso) pesa 900 grama.
 
>> Conclusão: se o mais importante pra você é a mobilidade, vai fundo. Mas, se você quer um note para ficar em cima da cama assistindo um filminho locado no final de semana, esqueça – a não ser que você passe ele para um pendrive.

Assim:

>> PRÓ:
• portabilidade
• conexão wi-fi
• possibilidade de edição de arquivos

>> CONTRA:
• teclado e monitor pequenos
• não lê CDs e DVDs
• HD limitado, comparado ao notebooks de outras marcas

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Envie seu Comentário