Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Flagrante de pedofilia no Orkut. Como agir?

31 de março de 2008 1

As imagens foram desfocadas para inviabilizar a identificação/Reprodução
Relatório da SaferNet, ONG responsável pela Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, contabiliza mais de 35 mil denúncias, apenas em 2008. Somente de pornografia infantil, motivo da maioria das queixas, são cerca de 500 por dia.

Um dos sites mais visados é o Orkut. Neste final de semana, recebi, através de uma lista de jornalistas, quatro links para perfis de pornografia infantil. A idéia era reportar à página como bug o maior números de vezes para que saísse do ar.

Nas páginas, meninas intitulandas %22safadinhas%22 apareciam em roupas de banho, ou nuas. Cada um dos três perfis dava acesso a outros, também de meninas, em poses insinuantes. Dos quatro links, um já tinha sido desativado.

A pedofilia no Orkut tem dado trabalho à Justiça brasileira. Nove meses após seu lançamento, em 2004, foram publicadas as primeiras denúncias de crimes virtuais, como pedofilia, racismo, nazismo e xenofobia.

Desde então, mais queixas foram feitas, e a Google, mantenedora do Orkut, foi condenada a retirar do ar certas comunidades e páginas pela Justiça brasileira.

>> Mas, caso você se depare com páginas de conteúdo pornográfico criminoso, como agir?

O conselho de quem tem coberto crimes virtuais é encaminhar os links para o site da Safernet, que trabalha em parceria com o Ministério Público (MP), e não reportar para o Orkut, já que se a comunidade for desativada pode impossibilitar a localização dos administradores responsáveis pelo crime.

Tanto o Ministério Público Federal quanto a Polícia Federal dizem que é importante preservar as provas a fim de encontrar os criminosos. As crianças podem estar em risco mesmo e, pelos detalhes, a Justiça pode chegar até elas.

%22Eles recomendam até que a gente salve as páginas e mande para eles por e-mail%22, escreve a jornalista Tatiana Farah. Todas essas medidas foram tomadas por mim.

O que não ajudaria é entrar na página de recado e xingar, ou ameaçar. Isso pode alertar criminosos para possíveis investigações, dando tempo de %22fugirem%22.

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • Ketilin diz: 31 de março de 2008

    Bem interessante, acho até que deveria ser criada uma comunidade no orkut ( se é que ja não tem), falando sobre o site e sobre o assunto. Até porque muitos não tem conhecimento…

Envie seu Comentário