Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Diário de uma migração - configurando a internet

27 de abril de 2008 2


Minha vida inteira utilizei Windows. Era mais um menos como ser Católico no Brasil: em todo Atlas diz que a religião “oficial” era a Católica. Mas, graças a Deus e ao Linux, religiões e sistemas operacionais default podem ser mudados, infelizmente não sem alguma dificuldade (me estenderei mais sobre o assunto posteriormente) .

Recentemente eu, resolvi mudar de credo e migrar para a igreja de São IGNUcio. A distro: Ubuntu. Minha conversão se iniciou numa máquina zero bala e parruda, o suficiente para editar vídeos. Mas, a conexão não pegava, apesar de ter o sistema já instalado e tudo.

Liguei para a empresa que me fornece o serviço. Por telefone, nada resolvido. Mandaram o técnico. Pela seguinte justificativa, vocês já terão uma idéia do desfecho da visita:

– Tentei os comandos de WINDOWS mas não funcionaram.

Alô! Essa é uma distribuição Linux!!! Tudo bem, o problema não resolvido, mas sou de boa paz.

Como resolvi meu problema? Fóruns na comunidade. A força coletiva me savou. Bastou uma reiniciada, uma reconfigurada – diferente da que o técnico fez na máquina – e pronto. Este post nasceu.

Aos poucos, mais das minhas agruras migratórias pra vocês.

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Comentários (2)

  • Marcelo Martins diz: 28 de abril de 2008

    Olá Guilherme, a um tempo atrás escrevi sobre problemas de migração Windows-Linux.

    Segue:
    http://erainfo.blogspot.com/2006/03/linux-windows-e-tudo-mais.html

  • Renata Scheibler diz: 24 de janeiro de 2009

    Pior, é muito raro esses técnicos saberem se virar fora do padrão com que estão acostumados… muitas vezes, sabem apenas instalar as coisas já prontas e, se tiverem de `burlar` o programinha de instalação de alguma forma pra que tudo funcione, eles não sabem como…

Envie seu Comentário