Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Para mijar no escuro e manter o casamento

28 de abril de 2008 1

Xixi ou não xixi.../Reprodução
Diz-se que uma das perrengas mais comuns na vida conjugal gira em torno da tampa da privada – nos ateremos aqui ao assento, já que o fechamento da tampa depende da baixada deste.

Ocorre, leitor, que a escatologia masculina opera em dois modos: assento levantado (número 1, ou mijada) e assento baixo (número 2, que por eliminação se pode saber o que é). A feminina, obviamente, é modo único.

No caso dos homens, especialmente nas urinadas noturnas, quando o sujeito cambaleia até a privada sonolento – com uma roda nos pijamas por culpa daquele sonho em que estava no mictório – saber se o assento está ou não levantado pode significar gotas indesejadas onde sua amada postará o traseiro na manhã seguinte.

Assim, o sensor para vasos sanitários que percebe quando uma pessoa se aproxima e ilumina o local, de acordo com a posição da tampa, ajuda a evitar crises conjugais por um motivo tão banal como o xixi.

Se a tampa do vaso estiver fechada, ele emite luz vermelha; se ela estiver levantada, luz verde. É tipo semáforo, entendeu?

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • Camila Saccomori diz: 28 de abril de 2008

    Hahahahaha, sensacional! Quando chega no Brasil esse maravilhoso invento? Hehe.

Envie seu Comentário