Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Os netbooks dão conta do recado?

27 de janeiro de 2009 11

Os netbooks, portáteis menores e mais baratos que notebooks, foram (ainda são?) um fenômeno de 2008. As vendas explodiram e ajudaram a popularizar a mobilidade. Mas como está a satisfação dos consumidores desses ultraportáteis? Segundo a empresa de pesquisa de mercado Biz 360, nem tudo é o paraíso quando se fala em netbooks. 

Eles fizeram uma pesquisa em comentários postados em redes sociais e fóruns específicos em que se comenta sobre gadgets. O resultado: o percentual dos que defendem as vantagens dos netbooks é 40% inferior ao dos que defendem os notebooks. Os principais comentários negativos referem-se ao tamanho, às dificuldades com o trackpad e à velocidade.

– O resultado da análise indica que há uma oportunidade para melhorar os produtos. Fabricantes têm um desafio importante com consumidores cujas expectativas são baseadas em anos de uso de desktop – considerou o diretor da Biz 360, Stephen Foster.

Você, internauta do Infosfera e que tem netbook… está satisfeito com ele? O que poderia ser melhor?

Postado por Leo Corrêa

Comentários

comentários

Comentários (11)

  • Piero diz: 27 de janeiro de 2009

    Eu tenho um EEE PC 701, e estou satisfeito com ele. O único problema são os 4 GB de HD. Fora isso, está rodando melhor e mais rápido que os desktops que uso.

  • QUEVEDO diz: 27 de janeiro de 2009

    Netbooks ou notebooks, o q interessa é q a pesso q compra tem q ficar satisfeita. Geralmente a bateria não dura a quantia q os fabricantes garantem. Qdo a pessoa compra sempre tem uma historinha q não ficou bem esclarecida. Exemplo assinei a claro banda larga livre, a rede cai umas dez vezes por dia. Comprei um Notebooks da Dell, acho q a bateria dura 60 ou 70 m. E agora? Problemas, problemas, problemas.

  • Eduardo Ramos Rodrigues diz: 27 de janeiro de 2009

    Tenho um Acer Aspire One e estou plenamente satisfeito com ele. Máquina leve, pequena e de desempenho adequado, que se pode levar para qualquer lugar.

  • Felipe Pereira diz: 27 de janeiro de 2009

    Eu acredito que o maior erro dos usuários ao adquirirem um notebook é que eles visam somente o preço e não o propósito final do aparelho.
    Por exemplo, para pessoas que necessitam do notebook para uso profissional e que utilizam softwares pesados é necessário uma configuração mais agressiva e conseqüentemente mais caro, porém as pessoas costumam compara com o preço do seu desktop de casa o que acaba fazendo ele comprar algo mais em conta, e que não irá render o esperado.

  • Carlos diz: 27 de janeiro de 2009

    Só vejo vantagem. Com a mesma configuração o notebook é bem melhor que o desktop. Além da mobilidade não existe a necessidade de acoplar periféricos.

  • Sergio diz: 27 de janeiro de 2009

    O maior problema é a falta de um boa GPU (Processador Gráfico) claro que existem modelos que acompanham, mas, o preço fica nas nuvens… outro grande problema é chuva de marcas de péssima qualidade que as grandes redes estão vendendo.

  • Fábio diz: 27 de janeiro de 2009

    no meu caso, que possuo um inspiron 1525, gostaria que ele fosse menos barulhento quando o cooler fosse acionado e menos quente na parte que fica do lado do mouse pad.

  • Everton diz: 27 de janeiro de 2009

    Uso notebook próprio a 2 anos.Antes disso eu tinha os desktops.Pensei em adquirir um netbook para poder carregar pra faculdade e em caso de viagens curtas.Quando fui à loja ver um, mexer, pesquisar, percebi que ele é muito pequeno. 8″ ou 9″ é muito pouco pra quem está acostumado com monitores maiores.Sem contar o tamanho do teclado.Prefiro carregar um peso de 2,5KG.

  • Nestor Kiefer diz: 27 de janeiro de 2009

    Comprei meu MSI Wind em set/08, fiz um upgrade, agora está com 2GB de mem. e HD de 250GB. Trabalho com ele em tempo integral, e não tenho reclamações. Atende perfeitamente para atividades do dia-a-dia. Hoje não voltaria a usar um notebook normal.

  • Rafael diz: 27 de janeiro de 2009

    Com certeza o que poderia melhorar é o processamento de vídeo. Tenho um laptop com 1Gb de RAM, onde 256MB são alocados diretamente para vídeo sem possibilidade de ajuste. O desempenho desses 256 é péssimo, que acabam fazendo falta para a memória principal.

  • Gilberto de Souza diz: 27 de janeiro de 2009

    Comprei em dezembro de 2008 o meu Note. Sou advogado e uso editor de texto e um corel 8 (que é leve). Comprei com monitor de 14 polegadas, 2Gb de RAM, HD de 160 Giga, dual core de 1,86ghz, que está me deixando muito satisfeito. Minha preferência inicail era um de 12 polegadas e Coro 2 duo, mas era muito caro.
    O que comprei está cumprindo perfeitamente as funções que eu necessito. Assim, estou plenamente satisfeito, além de que na luz gasta muito menos energia que um desktop (65w contra 300w).

Envie seu Comentário