Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dica Linux: Slax, minidistro ao gosto do usuário

27 de fevereiro de 2009 4

Instalar programas no Linux ainda põe muita gente que conheço pra correr. Alegando que operações complexas são mais difíceis nas distros livres, alguns usuários Windows, que até simpatizam com o pinguim, adiam a migração.

Para os avessos à complexidade, o slax é uma boa opção Linux, colocando os programas da web no desktop em segundos.

Reconheço que a instalação em Linux geralmente não é fácil mesmo. Baixar o programa, gerar um pacote para o Synaptic para então instalar pode ser muita mão pra quem está acostumado a dar dois cliques num arquivo .exe. E o terminal? Fora de cogitação.

Por isso o Slax é uma boa opção. O sistema operacional ocupa menos de 400MB no computador (roda tranquilo no pendrive, por exemplo). E você pode acrescentar módulos à sua versão enquanto o configura, antes de baixar, ou depois de tê-lo baixado.

Lembra um pouco essas lojas de aplicativos online para smartphones, já que é só escolher, clicar e  sair rodando.

Nos meus testes, aqui na redação do clicRBS, rodei ele direto num pendrive a instalei um emulador de Super Nintendo e o game Tux Race. A instalação durou segundos. Bastou clicar no link da instalação e pronto. Os programas rodaram bem, demorando um pouco para carregar, apenas.

Um bom tutorial com algumas funções do programa você encontra neste link, feito pelo KyNDeR. Vale a clicada.

>>> AVALIAÇÃO SLAX <<<

• Programas [7,5]: o slax, mesmo na sua versão “pelada”, vem com os programas básicos necessários para se trabalhar. O pacote K (Kwrite, Konkeror, etc), permite acesso à internet, edição de arquivos de texto e planilhas, e messemger, Kopelia.

• Interface [8]: é muito boa, leve e fácil de se encontrar os programas, via botão “iniciar”, na bara de tarefas.

• Portabilidade [10]: o slax pode ser instalado no pendrive ou em CDs, com a opção de baixar as aplicações extra pela internet. Ou seja, em qualquer máquina que o usuário colocar seu live CD/USB, o computador busca na internet as aplicações a mais, por uma conta criada no site.

• Fator migração [10]: o sistema com o KDE é bem amigável e similar ao Windows, ajudando bastante na “migração”.

Se você tiver alguma distro linux para recomendar, manda bala. Prometemos dar uma olhada!

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Comentários (4)

  • Neo diz: 28 de fevereiro de 2009

    Realmente o slax é muito bom. Agora uma observação: gerar pacote para o synaptic ? Comentário bem confuso… Quem tem synaptic tem mais de 20000 softwares a seu dispor. :-)

    —–

    É verdade, Neo, mas eventualmente tem algum que não se encontra lá. Já me aconteceu. Enfim. Eu ainda acho mais fácil, e seguro, o Linux que o Windows. Mas isso sou eu falando, né? Um abraço. (Guilherme Neves – redator clicRBS)

  • Adriano diz: 28 de fevereiro de 2009

    Interessante este Slax.Eu estou usando o big linux, que vem com muitas ferramentas .Eu mesmo, só baixei o google heart, pois o restou tem de tudo: Planilhas, browser, softwares de gravação de cds/dvds, aplicativos de mensagens instantâneas, etc…Além disso, ele instalou todos os drivers corretamente. Site: http://www.biglinux.com.br

    —–

    Adriano, estou devendo há um bom tempo uma avaliação do Big Linux. Faz tanto tempo que baixei a distro que acho que já atualizou, eheheh. A dica foi do Israel, que volta e meia pinta por aqui. Está anotado, também. (Guilherme Neves – redator clicRBS)

  • Leonardo diz: 27 de fevereiro de 2009

    Ae cara, dá uma olhada nesse: http://damnsmalllinux.org/

    ——

    Grande dica, Leonardo. O Damnsmall já tá na minha lista! (Guilherme Neves – Redator clicRBS)

  • ricardopil diz: 28 de fevereiro de 2009

    Sou um ófão do Kurumin que com a sua descontinuidade sai para procurar outra distro que fosse Brasileira, então fui apresentado ao Big Linux.
    Estou usando ele a um mês e estou muito satisfeito com o Big, não tenho nada do que reclamar, o sistema vem com emuladores de jogos, recursos 3D, conversor de audio e vídeo e muito mais. Vale apena conferir!
    http://www.biglinux.com.br/

Envie seu Comentário