Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Hologramas podem salvar os DVDs?

27 de abril de 2009 1

Reprodução

Há algum tempo já escrevi sobre o fim dos DVDs, em função dos pendrives, cartões e outros dispositivos de armazenamento mais práticos. Mas… ler sobre a possibilidade de multiplicar a capacidade de armazenamento de um disco por 100, me fez ter dúvidas quanto à extinção da mídia.

Trata-se de uma descoberta de General Electric. Usando a tecnologia holográfica, a empresa conseguiu colocar 500 GB de informação numa mídia do tamanho de um CD normal. Haja informação!

Enquanto usuário, e não especialista em armazenamento holográfico ou em mídias de armazenamento, minha “queixas” contra os CDs continuam.

Antes do boom da internet, quando revista com software era Ô negócio, eu tinha um estojinho com uns 24 CDs, ia visitar os meus amigos e trocava softs como se fossem figurinhas. Nada de cópias ou coisa parecida. Era só no instala e devolve a mídia.

Hoje, todos os meus 24 CDs caberiam num pendrive. Na verdade, os programas rodariam direto do pendrive, como rodariam do CD, só que mais rápido, e sem a necessidade de um estojo.

Lá em casa, CDs e DVDs são os novos álbuns de fotos e backups daqueles arquivos que certamente não editarei tão cedo – devo ter uns 50, e a coleção está crescendo.

Se eu conseguir chegar a quinhentos num disco só, melhor!

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • fabio ilmar diz: 29 de abril de 2009

    ja faz um tempo que percebi que escrever nome nos dvds era perder dinheiro!
    eu so uso dvds-regravaveis numerados de 00 ate 50 ,
    e um software qualquer de catalogo no pc!

    outra coisa é um bom programa pra gerar e montar imagens iso !
    nao vale a pena deixar pegando poeira em casa um cd de impressora (650mb),
    sendo que dentro dele so tem +- 180mb, ele e todos os outros cds
    vao parar dentro da pilha de 50 DVD-rw!
    e a midia fisica cd vai pro lixo reciclado!

Envie seu Comentário