Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

MSN chega a 10 anos como parte do cotidiano online

23 de julho de 2009 3

Reprodução, YouTube

O MSN Messenger é para os comunicadores instantâneos o que a Aspirina é para o acetilsalicílico: uma marca que se confunde com o produto. Nesta quinta, 10 anos depois do seu lançamento, o MSN comemora a marca de 330 milhões de usuários, num universo de redes sociais (como o Facebook – 250 milhões de cadastrados) e conversações online (com o Twitter - cerca de 18 milhões de usuários).

Desde 1999, quando o MSN foi lançado, o mundo da internet mudou. O bom e velho Napster hoje é um site de downloads pagos. O Google tem até sistema operacional na mão. E as redes sociais nasceram com ferramentas próprias.

Este é o grande feito do MSN, sobreviveu, enquanto que outros (ICQ, por exemplo) foram aos poucos caindo em desuso.

Confira, abaixo, o vídeo feito pela equipe do MSN celebrando o aniversário.

Nos dois primeiros meses de funcionamento, o MSN tinha 2,5 milhões usuários. Ao completar um ano, o MSN contava com 18 milhões de utilizadores. Hoje, com mais de 330 milhões de usuários, o MSN trafega 9,4 bilhões de mensagens diárias.

Tem mais, estimasse que um usuário logue-se no serviço três vezes ao dia, mais ou menos o número de refeições, né?

Eu me lembro da primeira vez que tentei baixar o MSN. Era o ano 2001, e eu não consegui por que lá onde eu estagiava a rede estava bloqueada para downloads (humpf!). Daí, tive que fazer aquele download esperto na discada em casa (ouch!).

Mas porque o MSN deu tão certo?

A resposta está além da praticidade e economia de se conversar por texto com pessoas que estão longe. Quando lançaram o G-Talk, por exemplo, como que eu expliquei para meus amigos noobies?

– É tipo um MSN.

Quando eu descrevi o Orkut, dizendo que as pessoas iam se ligando umas nas outras, o que dissera?

Ah! Tipo um MSN?

E o Skype, quando eu descobri e vi que dava para fazer chamadas entre usuários sem precisar gastar os créditos, o que pense?

– Mas o MSN não faz isso?

O MSN está incorporado ao nosso cotidiano (tive chefes que esbravejavam quando o serviço caía) e é referência para

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Comentários (3)

  • Ricardo Luis diz: 3 de agosto de 2009

    PS: coincidentemente, em 2009, a Aspirina faz 110 anos. Como será o MSN daqui a 100 anos?

    O que aspirina tem a haver com Windows Live Messenger?

  • Fabiano Moreau diz: 26 de julho de 2009

    É verdade, Guilherme. Abrimos a empresa há 9 anos e utilizando o messenger nas rotinas desde o 2º ano. É “uma mão na roda”.
    As comparações eram bem essas mesmo. Acrescento que na época do estouro do msn, o “pulo do gato” eram os bate-papos via IRC e ICQ.

  • Fabricio diz: 24 de julho de 2009

    Parabens pela reportagem… e é fato as compaarações quando qualquer software de comunicação ou ferramentas online como orkut`s… a primeira pergunta dos amigos é sempre a mesma… Tipo Msn?? heehehe

Envie seu Comentário