Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Teste aponta que pombo-correio pode ser mais rápido que banda larga

12 de setembro de 2009 8
The following two tabs change content below.

Para quem quer comunicação em alta velocidade, a pedida na África do Sul não é apelar para a internet banda larga, mas para o tradicional pombo-correio.

A Unlimited IT fez um teste para provar que a transmissão de dados por ADSL na África do Sul é muito, mas muito lenta. No tempo levado pelo pombo Winston para carregar um cartão de memória com 4GB de dados num trajeto de 80km – cerca de duas horas -, apenas 4% das informações foram recebidas numa transmissão por banda larga para o mesmo destino.]

A Telkom SA Limited – principal provedora de acesso à rede do país – garante, segundo a “BBC“, que não tem culpa pela lentidão não internet.

Mas, conforme comentários dos internautas aqui do Infosfera, é bom que isso se resolva rápido, antes da Copa do Mundo. Ou então, com uma imensidão de jornalistas enviando informações pela internet para seus países de origem, os dados só vão chegar aqui após o final do evento.

Atualizado em 14/09/2009

Comentários

comentários

Comentários (8)

  • Markus diz: 12 de setembro de 2009

    Ficou faltando o nome da empresa.
    Telekom “o que”?

    Ah, imaginem essa velocidade toda durante a Copa do Mundo no ano que vem.
    Se agora já é assim, quando milhares de fotógrafos, jornalistas e demais pessoas da imprensa, cada um enviando material para os seus países de origem.
    É provável que muito material chegue apenas após o término da Copa.
    Resposta: Daí a gente usa o material na Copa de 2014. O nome da empresa estava errado, Markus, mas já foi corrigido no post. Abraço!

  • Markus diz: 13 de setembro de 2009

    A empresa chama-se Telkom SA Limited, e não Telekom.
    Parece que a BBC não sabe procurar no Google, ou não quer.
    Resposta: Embarquei com eles. Mas estava errado o nome da empresa que fez o teste (já corrigido agora).

  • Oberte Feijó diz: 13 de setembro de 2009

    Parece a Brasil Telecom…

  • Rafael Rosa Dias diz: 13 de setembro de 2009

    Lamento, mas as informações dessa notícia estão erradas. Quem realizou o teste foi uma empresa chamada Unlimited IT, após os funcionários se queixarem da baixa banda usada no país. Enviaram o pombo de um escritório em Pietermaritzburg até Durban. A Telekon anunciou uma rede de fibra ótica de 17.000 KM até o início da Copa, o que, segundo eles, irá aumentar a velocidade de conexão, e desafiarm o pombo para mais um teste.

    P.S. Como é ridícula essa obrigatoriedade de colocar um endereço URL para poder comentar. Neste caso, coloco o do maior site de TI do Brasil, onde poderão ler notícias com maior exatidão.
    Resposta: Valeu pelas correções, Rafael, já alterei no post. Sobre o link, valeu a dica.

  • Markus diz: 13 de setembro de 2009

    O nome da empresa está incorreto na matéria, o correto é Telkom SA Limited, uma googlada resolve isso

    Agora imaginem essa “velocidade” toda durante a Copa do Mundo no ano que vem.
    Se agora já é assim, como será quando milhares de fotógrafos, jornalistas e demais pessoas da imprensa, cada um enviando material para os seus países de origem?
    É provável que muito material chegue apenas após o término da Copa se não tomarem providências rápidas (mais rápidas que a atual internet deles).
    Resposta: Valeu, Markus, já arrumei o nome.

  • Nilson diz: 14 de setembro de 2009

    Não precisamos ir muito longe a Oi fornece conexão mais lenta que na Africa Do Sul.

  • felipe diz: 14 de setembro de 2009

    Isso é óbvio! Vc pode enviar daqui a SP um HD de 2TB por sedex 10 – não há banda larga para competir! Tanto que a Amazon adotou um sistema parecido para seus data centers (matéria já publicada). Isso prova absolutamente nada.

  • Luiz diz: 14 de setembro de 2009

    Gostaria que o mesmo teste fosse feito no RS com a ex-BrT e com os famosos 3G da Vivo e da Claro. Aposto que perderiam feio para o pombo correio

Envie seu Comentário