Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Como preparar-se para o turismo geek internacional

28 de outubro de 2009 1
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

Você vai viajar para outro país, mas não quer só aproveitar as belezas naturais, a arquitetura ou o tempo livre para descansar. Você PRECISA trazer um gadget, um acessório, nem que seja um cartãozinho de memória, na bagagem. Na verdade, quer trazer tudo que couber nos US$ 500 livres de impostos e que não extrapole o limite da bagagem.

Repare que não estou falando de ir até a fronteira, mas sim de um passeio mais longe, em que o motivo principal não seja compras de eletrônicos.

Enfim… a questão é, como preparar-se para fazer isso? “Internet”, você pensou. Certo! Mas nós buscamos mais do que informações na rede, procuramos referências de quem já conhece o mercado, obter dicas de lojas, por exemplo.

# 1º passo – descubra outros geeks: dar uma busca no Google por blogueiros de tecnologia no país de destino é uma ótima dica. Muitas vezes é possível descobrir meios de contato com as pessoas – perfil no Twitter, Skype, sites de relacionamento.

# 2º passo – entre em contato: o próximo passo é mandar uma mensagem à pessoa que você descobriu. Caso o idioma seja muito desconhecido para você, use ferramentas de tradução online. Uma boa é o Nice Translator. Frases simples ajudam o site a fazer uma tradução melhor. Não se esqueça de se identificar como estrangeiro, e geek (risos), isso poderá despertar a “empatia” do seu interlocutor.

# 3º passo – agora sim, vá para a internet: de posse dos nomes das lojas indicadas você pode pesquisar os produtos oferecidos, buscar opiniões de outros internautas sobre a loja, comparar preços, até saber a distância da sua hospedagem e como chegar lá.

Barbadinha, né?

Num exemplo prático, fiz um teste com uma viagem ao Peru. Descobri, após indicação de lojas por uma jornalista em Lima, que um iPod Touch que aqui custa R$ 679, lá custa S/. 799 (sóis peruanos). Quando convertemos tudo para a mesma moeda, o gadget peruano custa R$ 481 – sem falar na redução da pechincha.

Não só mais barato, como abocanha pouco mais da metade da cota a que se tem direito nas viagens. É só arrumar espaço na bagagem de mão.

Crédito da imagem acima: Divulgação, Apple

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • Infosfera » Blog Archive » [Dicas] Sete Peru facts, por quem já esteve lá diz: 18 de novembro de 2009

    [...] em relação ao real. Por isso você encontra muitas barbadas por lá. Antes da viagem, falei sobre o iPod Touch, que aqui custa R$ 679 e lá saia por R$ 481. Isso ocorre com quase tudo. Eletrodomésticos, [...]

Envie seu Comentário