Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mais uma pesquisa prevê o fim dos e-mails

18 de novembro de 2009 5
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

Mais uma vez os e-mails são jurados de morte. Desta vez, uma pesquisa realizada pela universidade de Kent, no Reino Unido, prevê o fim do correio eletrônico pela sua lentidão, inconveniência e estar saindo da moda. O prazo do e-mail dado pelos pesquisadores é de 10 anos.

E quem é rapidinho, user friendly e super fashion? Twitter, claro.

Não necessariamente o site do Twitter acabará com o e-mail, mas sim ferramentas similares, no mesmo formato de envio de mensagens.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, apenas 51% dos entrevistados pela empresa TalkTalk diz que o e-mail é o seu meio de comunicação principal. Foram entrevistadas pessoas com idades entre 15 e 24 anos.

O estudo também mostra que a “velha guarda” de internautas é que mantém o e-mail na ativa. São 98% das pessoas com cerca de 65 anos, e 96% dos usuários na faixa 45-64, usando suas caixas de entrada frequentemente.

– O e-mail é o meio dominante de comunicação na internet pelos últimos 20 anos, mas isso não significa que será assim para sempre – alerta Mark Schmid, da TalkTalk.

Por mais que os entendidos coloquem o e-mail no corredor da morte, vale lembrar que nossos leitores ainda usam o correio eletrônico.

Comentários

comentários

Comentários (5)

  • Kau *-* diz: 18 de novembro de 2009

    eu uso correio eletrônico no trabalho, para agendar compromissos, guardar arquivos,
    mas para conversar mesmo , uso outros recursos, como MSn, Gtalk, Skype, essas coisas;
    Não prevejo a morte do e-mail não, mas sim a ampliação de suas funções.

    Kissu.

    Boa Semana Meninos.

  • Victor Hugo P.C. diz: 18 de novembro de 2009

    O email do yahoo e do google é integrado ao seu messenger, de forma que o histórico das mensagens online vira e-mail, e o e-mail vira mensagem… O msn melhorou bastante quando passou a enviar mensagens instantâneas ‘offline’, ou seja, não são ‘instantâneas’ são como um e-mail, e de todo jeito, o nome de usuário do msn é o mesmo do email. Enfim, é tudo a mesma coisa, apenas a mensagem vai na hora, online, se ambos estiverem online e vai offline, se o destinatário ficar offline. Quando você envia um arquivo e a pessoa sai offline, a tranmissão do arquivo cai, e quando você envia um anexo, o email entrega o arquivo depois, quando o destinatário se reconectar, enfim, o email vai evoluir integrado com as outras ferramentas, talvez adicionado de criptografia para garantir privacidade e autenticidade… Eu acho que essas pessoas que prevêem o futuro e a morte do email são as mesmas que prevêem o fim do papel, o fim do telefone, o fim da televisão… Nada vai ter fim enquanto for útil…. Só se aparecer algo que substitua completamente. Como mandar um arquivo ou um texto longo assíncronamente se não for por email? Twitter só serve para recados curtos e grossos, à lá sms de celular, e até os celulares estão evoluindo para enviar e receber email, em vez de sms, e conectar no msn, com vários interlocutores ao mesmo tempo, em vez de completar uma única chamada de voz por vez…

  • Portal TechBr » Pesquisa diz que e-mails estão perto do fim diz: 18 de novembro de 2009

    [...] Via Infosfera [...]

  • Infosfera » Blog Archive » E-mail só vai desaparecer quando os robôs matarem a todos nós diz: 21 de novembro de 2009

    [...] só vai desaparecer quando os robôs matarem a todos nós Nos últimos meses falamos pelo menos duas vezes aqui no Infosfera sobre o fim do e-mail. Em ambas, a morte do correio eletrônico foi pregada por pesquisadores que veem em formas mais [...]

  • O fim da comunicação tradicional | Blog do Estúdio de Comunicação diz: 12 de março de 2010

    [...] começar pelo fim do e-mail. Uma pesquisa realizada no Reino Unido prevê o fim do e-mail em 10 anos, pois apenas 51% dos entrevistados [...]

Envie seu Comentário