Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Deboche da concorrência no Twitter dá demissão

11 de dezembro de 2009 1
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.


Um funcionário da operadora de telefonia móvel Vodafone foi demitido depois de twittar uma mensagem debochando de problemas técnicos na concorrente T-Mobile, na Hungria. Segundo informações do site The Next Web, o post foi ao ar no dia 4 de dezembro e resultou na demissão do responsável pelas postagens no microblogg da Vodafone.

Tudo aconteceu assim. A T-Mobile estava com problemas na sua rede. Enquanto tentava solucioná-lo, resolveu enviar tweets com informações sobre o status da solução.

Uma das postagens da T-Mobile, supostamente para acalmar alguns clientes mais indignados, dizia:

“Teremos um comunicado oficial (released) sobre o problema com a rede. Por favor, sejam pacientes!”

Ao ver a mensagem, o futuro ex-funcionário responsável pela conta da Vodafone resolveu dar um RT no post – retwittar, ou seja, enviar novamente a mesma mensagem para sua lista de seguidores – com uma pitada de sarcasmo. Ele escreveu um: “Ok, dá uma ligadinha ;)” antes da mensagem da operadora.

Não pegou nada bem.

Mais tarde, a própria Vodafone (companhia que empregava o espirituoso piadista) declarou que estava colaborando com a T-Mobile na solução do problema, que a declaração não fora autorizada e que não era apoiada pela empresa. E… o twitteiro seria demitido. Tisc-tisc.

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • Twitter Trackbacks for Infosfera » Blog Archive » Deboche da concorrência no Twitter dá demissão [clicrbs.com.br] on Topsy.com diz: 12 de dezembro de 2009

    [...] Infosfera » Blog Archive » Deboche da concorrência no Twitter dá demissão wp.clicrbs.com.br/infosfera/2009/12/11/deboche-da-concorrencia-no-twitter-da-demissao – view page – cached « #57 – Pirataria que faz chorar e downloads que dão cadeia Arte que vem do disco rígido » [...]

Envie seu Comentário