Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Lan houses são o segundo lugar de maior acesso à internet no Brasil

11 de dezembro de 2009 0
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

Dos 56 milhões de pessoas que acessaram a internet em 2008, 47,5% o fizeram de mais de um local, sendo que o mais citado foi a própria casa (57,1% dos que acessaram). O segundo local de onde mais se teve acesso à internet foi o centro público de acesso pago ou lan house (35,2%), que em 2005, ficava em terceiro lugar, atrás do local de trabalho (31,0% em 2008).

Os dados são da Pesquisa nacional por amostra de domicílios (Pnad) divulgada pelo IBGE.

Regionalmente, houve algumas diferenças. No Norte e Nordeste, o centro público de acesso pago foi o local de onde mais as pessoas acessaram a internet (56,3% e 52,9%, respectivamente). No Norte, 34,1% acessaram do domicílio em que moravam e no Nordeste, 40,0%.

Enquanto os homens apresentaram um percentual de acesso no local de trabalho (33,6%) ligeiramente acima do das mulheres (28,5%), estas acessavam mais que eles do estabelecimento de ensino (18,7% contra 16,3% dos homens) – fato que foi observado em todas as grandes regiões.

Das pessoas que tiveram acesso somente em um local (52,5% do total), 45,9% o fizeram do domicílio em que moravam; 29,5% de um centro público de acesso pago; 12,1% do local de trabalho; 4,8% do estabelecimento de ensino; 0,8% de um centro público de acesso gratuito e 6,9% de outro local.

Os locais de utilização da internet estavam associados à faixa etária do usuário. Os mais jovens, de 10 a 17 anos de idade, a acessavam principalmente nos centros públicos de acesso pago (53,3%) e no domicílio em que moravam (43,1%), enquanto as pessoas com 40 anos ou mais de idade, no domicílio em que moravam (78,6%) ou no local de trabalho (50,9%).

Esse fato também pode ser verificado pela idade média das pessoas que acessavam a Internet (28,1 anos, em 2005 e 27,6, em 2008) segundo cada local de acesso: no domicílio (30,6 anos) e no local de trabalho (34,6 anos) a idade média era maior que nos demais locais.

Os rendimentos médios mensais domiciliares per capita das pessoas que utilizaram a internet no domicílio em que moravam (R$ 1.336) e no local trabalho (R$ 1.523) foram mais elevados que os das que a usaram nos demais locais.

Os menores rendimentos foram os dos usuários de centro público de acesso pago (R$ 536) e centro público de acesso gratuito (R$ 825). No confronto com 2005, houve redução do rendimento mensal domiciliar per capita das pessoas que acessaram a Internet de todos os locais, exceto do trabalho (aumentou 0,4%).

Comentários

comentários

Envie seu Comentário