Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Microsoft critica modelo de negócios do Nexus One

08 de janeiro de 2010 12
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

O que o celular do Google tem de diferente? Uma mesma empresa (Google) desenvolvendo software e estabelecendo padrões para o hardware – o que a Apple já faz. Além disso, o Nexus One é vendido livre de operadoras pela própria Google, medida vista por muitos como “revolucionária” no mundo da telefonia móvel. Assim, Google faz o aparelho, a plataforma e a loja – com algumas parcerias, claro.
         
Este pacote com um “G” bem grande foi criticado por um executivo da Microsoft. Robbie Bach delcarou na CES 2010, segundo o jornal The Telegraph, que a Google levará tempo para impactar o mercado.
         
A suposição de Bach é que o Google afastará outros parceiros do Android – que até agora está bem.
         
– Fazer os dois (hardware e software) do jeito que eles estão tentando fazer é, na verdade, muito, muito difícil – declarou.
         
Na prática, quando lançado, o Nexus One contou com a presença de executivos da HTC (fabricante do aparelho) e da Motorola (fabricante do Droid – O celular com Android da atualidade) no palco. Além disso, o Telegraph relata que muitas operadoras ao redor do mundo já estão de olho no Nexus One e na parceria com o Google.
         
Pensando bem, não admira que a Microsoft pense assim. Parceria é tudo para a empresa, desde o Windows para PCs aos smartphones com Windows Mobile. Do outro lado, porém, a Apple ensina que assinar hardware software não é uma má ideia, dependendo, claro da qualidade do produto.
         
Enfim, possivelmente dor de cotovelo.

Comentários

comentários

Comentários (12)

  • Diego diz: 8 de janeiro de 2010

    Eu diria que é dor de cotovelo sim, agora porque a MS tem uma política ela acha que tudo mundo tem que rezar comforme a cartilha dela, esquece, como foi dito no post a Apple já provou que possível ter a sua parcela de mercado trabalhando com as duas pontas. Agora imaginem a Google, que já possui um “universo” de serviços que vão estar dentro de um celular. É a MS tem que abrir o olho mesmo.

  • Twitter Trackbacks for Infosfera » Blog Archive » Microsoft critica modelo de negócios do Nexus One [clicrbs.com.br] on Topsy.com diz: 8 de janeiro de 2010

    [...] Infosfera » Blog Archive » Microsoft critica modelo de negócios do Nexus One wp.clicrbs.com.br/infosfera/2010/01/08/microsoft-critica-modelo-de-negocios-do-nexus-one/ – view page – cached O que o celular do Google tem de diferente? Uma mesma empresa (Google) desenvolvendo software e estabelecendo padrões para o hardware – o que a Apple já faz. Além disso, o Nexus One é vendido livre de operadoras pela própria Google, medida vista por muitos como “revolucionária” no mundo da telefonia móvel. Assim, Google faz o aparelho, a plataforma e a loja – com algumas parcerias,… Read moreO que o celular do Google tem de diferente? Uma mesma empresa (Google) desenvolvendo software e estabelecendo padrões para o hardware – o que a Apple já faz. Além disso, o Nexus One é vendido livre de operadoras pela própria Google, medida vista por muitos como “revolucionária” no mundo da telefonia móvel. Assim, Google faz o aparelho, a plataforma e a loja – com algumas parcerias, claro. View page [...]

  • Infosfera » Blog Archive » # 61 – CES 2010 e a orkutização do Twitter pelo BBB diz: 8 de janeiro de 2010

    [...] as novidades da semana, o celular do Google – Nexus One – entra na pauta. Além disso, o projeto Natal vem aí, bem como Call of Duty [...]

  • Alex Yamaguti diz: 8 de janeiro de 2010

    Nossa!!! Agora vc tocou no ponto G da Microsoft…qualidade do produto…coisa que vai demorar muito pra acontecer…

  • Ismael diz: 8 de janeiro de 2010

    Não lembram na época de lançamento, um pouco antes talvez, do Iphone ??

    Steve Ballmer, o internacionalmente conhecido Monkey Boy, lançou uma daquelas previsões que devem entrar para história recente:

    “There’s no chance that the iPhone is going to get any significant market share. No chance.”

    (…)

    “I’d prefer to have our software in 60% or 70% or 80% of them, than I would to have 2% or 3%, which is what Apple might get.”

    Excelente, mas claro, não é uma previsão tão boa quanto aquela antiga e genial do Bill Gates dizendo que não via porque um computador precisaria um dia ter mais que 640k de memória.

  • Ronaldo diz: 8 de janeiro de 2010

    Não é essa a mesma empresa que levou anos para se dar conta da Internet!? Heim!? A modéstia dessa empresa não permite elogiar os outros, nem ver um futuro diferente daquele que seus executivos prevêem. Ainda bem que ainda existe concorrência inteligente para enfrentar a Microsoft! O mundo seria muito mais lento e cheio de erros se a Microsoft levasse todas!

  • IvanNeris diz: 8 de janeiro de 2010

    Ao meu ver, se fosse a MS ficava bem caladinha porque quando a Apple foi lancar o IPHONE, chagaram a rir e zombar dizendo quem vai querer comprar isso a $S 500,00 ??? e vejam o sucesso! E indiretamente ela acaba ajudando a divulgar ainda mais…

  • Canal dos Games » Arquivo » Podcast Backup# 61 – CES 2010, Games e a orkutização do Twitter pelo BBB diz: 8 de janeiro de 2010

    [...] as novidades da semana, o celular do Google – Nexus One – entra na pauta. Além disso, o projeto Natal vem aí, bem como Call of Duty [...]

  • lordmartin diz: 8 de janeiro de 2010

    O que eu acho mais incrível é a visibilidade que a mídia dá para a opinião de um executivo da Microsoft. Já não é de hoje que fazer software não é mais mistério para ninguém. Já tem até sistemas operacionais completos com código-fonte livre para qualquer um ler e aprender! Se a MS não abre o código, chegará um dia que isto não será mais necessário, pois não vai mais interessar a ninguém. A única coisa que salva a Microsoft é o visual do Windows, aquele padrão de ícones, aquele pano de fundo com grama e céu azul, aquele painel de controle, aqueles sons do MSN, que são mais “marca” do que qualidade, porque fazer o servico que o Windows faz a maioria dos softwares modernos também faz -e são gratuitos… o que a Microsoft vende hoje em dia é mais o “visual” e não o sistema -ou seja, vive mais da marca do que da qualidade.

  • Isaias Malta diz: 8 de janeiro de 2010

    Será que a Microsoft está com invejinha? Aconselha a prudência esperar o inimigo cair para chutar e nunca antes.

  • Charles diz: 8 de janeiro de 2010

    Claaaaaro. O Google tá errado mesmo. Certo estão eles, que não mudam o modelo de negócio em plataformas mobile há 10 anos. Vou te contar, a M$ é uma especialista em deixar a chance passar. Há uma década atrás, eles eram pioneiros no mercado mobile, e o invés de evoluírem, estagnaram. Patético…

  • Twitter Trackbacks for Infosfera » Blog Archive » Microsoft critica modelo de negócios do Nexus One [clicrbs.com.br] on Topsy.com diz: 8 de janeiro de 2010

    [...] Infosfera » Blog Archive » Microsoft critica modelo de negócios do Nexus One wp.clicrbs.com.br/infosfera/2010/01/08/microsoft-critica-modelo-de-negocios-do-nexus-one/ – view page – cached « Jovem joga videogame por mais de 55 horas e quebra recorde Google para smartphones ganha recurso de localização » [...]

Envie seu Comentário