Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Yahoo soube da Operação Aurora antes do Google, e não disse nada

16 de janeiro de 2010 2
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

Quanto mais se remexe, mais controvérsia aparece. Foi divulgado neste sábado, pela agência Reuters, que o Yahoo tinha descoberto os ataques da Operação Aurora antes do Google ter vindo à público revelando os ataques, mas preferiu não comentar.
                 
A atitude, que pega muito mal para o rival das buscas, seria procedimento padrão. “O Yahoo não costuma comentar tentativas de ataque”, revelou uma fonte da Reuters.
                
Segredos dessa natureza na ciberwar não são muito bem vistos. A colaboração é um dos maiores trunfos das empresas. Mas, parece que outars empresas de peso, como Microsoft, Intel e Cisco têm se mantido no seu cantinho, afinal, o mercado chinês vale um bico fechado – dizem analistas -  e vulnerabilidades nunca pegam bem com o público consumidor.
              
Desde os ataques, reportados pelo Google, Adobe, Juniper Networks e Rackspace foram as únicas vítimas a se revelar, de uma lista aparentemente extensa.
              
Especialistas em perícia de segurança web já apontaram que o grau de sofisticação dos ataques jamais seriam vistos no ambiente comercial. Já em ataques mirando no governo, sim. Ao que tudo indica, apontam os experts, o próprio governo chinês deve ter apoiado o ataque.
             
Nenhum dos pesquisadores, no entanto, se arriscou a afirmar categoricamente que a China está por trás do ataque. Eles nem querem dizer porque levantam essa possibilidade.
                
Enquanto isso a Google levanta a bandeira da liberdade sozinha.

Comentários

comentários

Comentários (2)

  • Infosfera » Blog Archive » Será que o Internet Explorer faz bem para a China? diz: 18 de janeiro de 2010

    [...] de uma complexidade incomum e teve um foco específico.               Em dezembro, Google e outras corporações foram vítimas de um ataque, até agora chamado de Operação Aurora, com o objetivo acessar dados [...]

  • Infosfera » Blog Archive » Bill Gates: se o Google resolver sair dos EUA, dou crédito a eles diz: 27 de janeiro de 2010

    [...] no meio corporativo. Empresas que detectaram a Operação Aurora antes da gigante das buscas não se manifestaram no assunto e, provavelmente, outras companhias também optaram por não alardear nem romper com um mercado [...]

Envie seu Comentário