Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Teste a digital do seu navegador de internet

24 de fevereiro de 2010 7
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

 
Conforme publicado na coluna do caderno ZH Digital desta quarta-feira, dividimos com vocês nossos testes das “digitais” de alguns navegadores de internet mais conhecidos, em três plataformas diferentes – Linux (Ubuntu 9.10), Windows (Vista) e Mac. Os navegadores: Internet Explorer, Firefox, Chrome e Safari.

Primeiro, do que se trata a “digital” de um navegador?
              
Segundo a Electronic Frontier Foundation (EFF), que desenvolveu o site utilizado pelo teste, a digital de um browser cumpre o mesmo objetivo daquela que aparece na sua carteira de identidade – identificação.
                 
Certas informações sobre o computador do usuário e plugins em uso tornam o navegador identificável para sites, mesmo que certas precauções, como desabilitação dos cookies (arquivos com informações que permitem rastrear o usuário).
               
Para entendermos melhor, os cookies guardam informações sobre acesso a sites, por exemplo, no navegador. Pelo cookie, é possível saber se uma pessoa acessou pela primeira vez uma página na internet, ou se já passou por ali antes. Muita gente pensa que desabilitando os cookies está livre da identificação.
                
A ideia da EFF é que não, e o Panoptclick foi criado para provar isso. O acesso a um site dá à página acesso a diversas informações sobre o computador: sistema operacional, versão do navegador, plugins – é assim que as empresas de medição de mercado muitas vezes obtêm suas estatísticas.
                
O que o serviço da EFF faz é pegar essas informações e compará-las com o banco de dados já existente de outros internautas que passaram pelo mesmo teste. O resultado é um score de quão único é o seu navegador.
               
Nos testes aqui, todos deram o mesmo resultado: 19.36 bits de informação utilizável para identificá-los. Confira os testes. Para fazer o seu, clique aqui.
             
Windows Vista
• Internet Explorer: 19.36
• Firefox: 19.36
• Google Chrome: 19.36
           
Linux (Ubuntu 9.10)
• Firefox: 19.36
• Google Chrome: 18.36
            
Mac
• Safari: 19.36
• Firefox: 19.36
       
Quanto maior o número, mais identificável é o usuário – representando mais informações que permitem o rastreamento. Os modos de navegação privada deram os mesmo resultados.
           
Amanhã, daremos dicas de como diminuir sua digital.

Comentários

comentários

Comentários (7)

  • Luis Machado Reis diz: 24 de fevereiro de 2010

    Deu a mesma coisa .. 19.36!

  • Guilherme Mac diz: 24 de fevereiro de 2010

    Aqui no Ubuntu 9.10 (32-bit):
    Mozilla Firefox – 19.36
    Google Chrome – 19.36
    Opera – 19.36
    Konqueror – 19.36

  • Carlos Almeida diz: 25 de fevereiro de 2010

    19.37 no Ubuntu Lucid 10.04

  • Marcel diz: 27 de fevereiro de 2010

    deu 19.38

  • Como configurar el Email en un Celular Básico diz: 6 de março de 2010

    [...] Infosfera » Blog Archive » Teste a digital do seu navegador de internet [...]

  • Infosfera » Blog Archive » Oito entre 10 navegadores podem ser identificados pela digital virtual, diz EFF diz: 17 de maio de 2010

    [...] os testes começaram, nós aqui do Infosfera participamos. Agora, a Electronic Frontier Foundation (EFF) divulga os resultados dos testes da digital dos [...]

  • Laryukov diz: 23 de agosto de 2010

    Praticamente inútil, como ele testa as fontes do sistema e os plugins extras e dá altas notas por eles, se você tem algumas fintes extras ou como grande parte dos usuários tem plugins extras variados, sua pontuação será muito maior, para não ter nada, só não instalando nada, além de ter um um bom e velho firewall razoavel que seja.

Envie seu Comentário