Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Apoio ao software livre pode colocar Brasil na lista negra do copyright

05 de março de 2010 28
The following two tabs change content below.

O apoio ao software livre pode render ao Brasil o ingresso na lista negra do copyright. A proposta é da Aliança Internacional pela Propriedade Intelectual (IIPA em inglês). Segundo a “Tic Brasil”, a organização entende que o incentivo aos programas de código aberto significa que o país tem uma política inadequada contra o abuso dos direitos de propriedade intelectual.
 
Em documento de 498 páginas, enviado pela aliança aos representantes do comércio dos EUA, a IIPA pede também que países como a Índia, Tailândia, Vietnã e Indonésia sejam incluídos na lista. Caso seja aprovado, sanções de comércio poderão ser aplicadas para forçar as nações a adequarem a leis de acordo com os padrões exigidos pela entidade.
 
Conforme a organização, a opção por software livre em agências governamentais enfraquece a indústria de tecnologia, além de acabar com a competitividade. De acordo com o documento, o setor público passaria a preferir empresas com esse tipo de solução, impedindo companhias “legítimas” de participar de negociações.
 
A IIPA aponta ainda casos constatados de pirataria. O Brasil é citado diversas vezes como ameaça ao mercado de músicas e games devido a esses casos e ao número de arquivos compartilhados em redes P2P.

Comentários

comentários

Comentários (28)

  • israroot diz: 5 de março de 2010

    Depois nao sabem porque tanto odio de estrangeiros com os EUA.

  • root diz: 5 de março de 2010

    Mais uma vez o Brasil sendo vitmia de manipulação externa. E como é um país que gosta de viver na mão dos “grandes”, provalvemente vai concordar com isso e deixar o Software Livre de lado, o qual tem grandes esperanças de desenvolver o mercado tecnologico do nosso pais..

  • Guilherme Mac diz: 5 de março de 2010

    Software livre fortalece a industria tecnologia, gera inovações, gera emprego, gera competitividade. Será que esse pessoal vive no planeta Terra? Como eles podem ser tão desinformados assim? Claro que só pode ser manipulação de certas empresas que não querem o mercado ativo, competitivo, e querem permanecem líderes a qualquer custo, espalhando mentiras e sabotando a industria tecnologia bem como a política de cada país.

  • Igorhotroot diz: 5 de março de 2010

    O Brasil jamais quem que se entregar a estas empresas que manipulam o mercado do mundo, onde podemos e devemos ser livres para atuar com objetivos proprios… principalmente os paises emergentes, claro nao devem deixar o mercado livre a piratarias, mas ao direito de cada cidadao de usar o software que mais a ele se adequada, para que inclua todos e tudo na evolução do mundo e ficar mais proximo dos primeiro mundo, onde infelizmente nos impõe e criticam em vez de apoiar este recurso do SOFTWARE LIVRE para todos(LINUX).

  • Frederico diz: 5 de março de 2010

    Dizem que é insignificante a adesão ao Linux ou software livre MAS poucos se perguntam o que é mais seguro? Servidores rodam anos a fio sem problemas e sem chance de invasão, VEM o tio SAM inventar uma baboseira de lista negra e por que? São os autores? Claro que não. Já divulguei mais de uma vez que o LINUX é o unico que se mantém rodando nas situações mais adversas, acredito que em qualquer parte do Universo. A Microsoft está dando mostras do quanto é bom o Software Livre com tamanha preocupação. Querem PODAR os direitos universais do indivíduo privando a todos de livres escolher o que é melhor para sí. Quando ficar impossível sustentar e a etacombe da M$ junto com os EUA (Queda do Império Americano) que está a caminho, será impossível operar qualquer sistema que não seja LINUX e software livre. Claro que é retaliação pela canga que botamos neles quanto aos subsídios vexatórios em tudo que querem empurrar e também ao ALGODÃO (vencemos) eles estão pré mortos e LOGO APAVORADOS !!! QUEDA A ELES.

  • Rainor diz: 5 de março de 2010

    Absurdo! No que usar software livre fere os direitos autorais? Esse tal de IIPA é uma entidade ridícula que trabalha para as grandes empresas de softwares pagos. Isso é o mesmo que colocar numa lista negra quem vai à praia por deixar de gastar dinheiro num shoping center. Cada coisa que eu vejo…….

  • Ubuntu diz: 5 de março de 2010

    Ridículo!
    Essa IIPA deve ser um joguete nas mãos das majors.

  • Roberto Moraes diz: 5 de março de 2010

    “Conforme a organização, a opção por software livre em agências governamentais enfraquece a indústria de tecnologia, além de acabar com a competitividade. De acordo com o documento, o setor público passaria a preferir empresas com esse tipo de solução, impedindo companhias “legítimas” de participar de negociações.”

    Até onde me lembro, quem foi mestre no setor de informática de acabar com a competitividade foi a Mico$oft, que com certeza é que patrocina essa tal IIP .. fala sério ..

  • Alexandre Nunes diz: 5 de março de 2010

    Parece tema de filme de ficção científica.
    Comando Delta Windows 35

  • André Luiz Müller diz: 5 de março de 2010

    Eles esqueceram que um dos maiores apoiadores do software livre é o Google.

    Pequeno detalhe…

  • Marcos diz: 6 de março de 2010

    impressionante como os detentores de códigos fechados estão entrando em desespero, primeiro pq código livre é o futuro presente da internet, é gratuito e qualquer um que tenha dominio e conhecimento sobre isso pode perfeitamente aperfeiçoar o software e distribuir sem custo algum, coisa que não acontece com programas de código fechado, uso LINUX faz anos e vou usar até o fim dos meus dias, diga NÃO a programas de codigo fechado, eles só tiram seu dinheiro e em troca lhe dão uma tremenda dor de cabeça.

  • Lauro diz: 6 de março de 2010

    Ou seja, então vamos parar de usar HTML, Ajax, Java, etc, e, além disso, vamos começar a cobrar os preços que o “mercado” americano cobra para desenvolver software, só pagando licenças. Quero ver quantas fábricas de software e empresas de informática vão permanecer aqui no país…

    E se os governos optam por software livre, é por causa do próprio sistema econômico que eles impõem: a redução de custos a qualquer “custo”, pois é dinheiro do cidadão, etc,etc,etc.

    E por último, por que eles não incluem a China como maior “mercado cinza” do mundo nesse relatório? Será porque eles são a “fábrica barata” dos Estados Unidos?

  • livree! diz: 6 de março de 2010

    Que venha a lista negra, então! Software livre é o futuro. Não há como segurar…

  • Juliano Andrade diz: 6 de março de 2010

    O que querem é manter o monopólio e cobrar valores absurdos por softwares já tiveram seus custos de desenvolvimento pagos. Abre o código os desenvolvedores que quiserem, e os que não quiserem devem ter a consciência de que irão arcar com as consequências, á menos que abram mão das margens absurdas de lucro e se tornem mais acessíveis, ganhando pela quantidade vendida. Isso serve para o mercado de música também!!

  • monux diz: 6 de março de 2010

    - Com esta despolitica externa, submissa e purpurinada do Lula, é bem possivel ser proibido o uso do software livre,somente para agradar os gringos, e ele continuar sendo o “cara” . E o interesse nacional que se exploda.
    - SOFTWARE LIVRE NÃO É PRODUTO PIRATA .
    - Oque deveria ser combatido é a pirataria ,mas não é .
    - Enviar ajuda para outras nações, nas condições que o Brasil está. É a prova mais concreta desta Despolitica Externa Brasileira .

  • flavius diz: 6 de março de 2010

    O choro é livre!!! Mas o motivo é BESTA!!

    Empresas como o Banco do Brasil possuem mais de 100.000 computadores (desktops, servidores e terminais de auto-atendimento), usando linux BB!! Imagine o custo de comprar o Windows para todos? E mais… o linux BB carrega mais rápido e é mais leve!!

    Há toda uma equipe interna de desenvolvimento de soluções específicas e a segurança da informação é elevada. 1º – empregos; 2º – imagine uma mudança no sistema operacional de uma empresa “legitima” quanto tempo levaria?

    Esse é o exemplo de UMA empresa… imagine as vantagens somadas de todas?

  • flavius diz: 6 de março de 2010

    Além disso, não há QUEBRA DE PATENTE, há livre ESCOLHA!!!

    Eles querem impor ao consumidor o produto deles? Que coisa mais antiga, não condiz com o mercado atual.

  • Jean diz: 6 de março de 2010

    Imagine a União, os Estados, DF e os Municípios comprando Sistema Operacional pago (Micro Soft, claro!), seriam bilhões por ano, fatia deliciosa que a MS perde por querer ser tão egoísta. Já era MicroSoft, vc já perdeu!! Open Oficce é melhor e mais eficiente..

  • Paulo diz: 6 de março de 2010

    Sabe o maior absurdo: fanatismo (de qq natureza).
    Não se trata de software livre ou não software livre. Este governo faz tudo baseado no populismo e não na razão.
    O mais absurdo é que esta “suposta” economia é feita com o nosso dinheiro.

    Exemplos: software livre, bolsa família, etc…

  • José diz: 6 de março de 2010

    Quem deve ir para a lista negra da competição são exatamente eles, esses gringos decadentes, que querem ganhar reserva de mercado no grito. Eles é que devem ser denunciados.

  • Rafael Tâmega, BHte – MG diz: 6 de março de 2010

    É bom ter em mente q temos candidatos à presidência q são quase que teleguiados pelos interesses dos EUA e não poderão não ter o menor dos escrúpulos em atender a esses grupos para não arranjar problemas com a ‘matriz’. Quem bom da cabeça quer arrumar confusão logo com o Tio Sam?! Não estou com isso a dizer q os outros candidatos são melhores, mas sim q nesse tema em especial há alguns q sõa mais previsíveis q outros! Já tivemos até ex-presidente (existe um palestra gravada pela Tv Cultura de SP q mostra isso) q acreditava piamente na palavra dos EUA de q o Iraque tinha as tais armas químicas…. Que cada um então pesquise bem e reflita antes de votar. Seja com a direita ou a esquerda devemos como país ter caminho próprio até quando o assunto é software. E aliás defender a bandeira do software livre é beeem diferente de defender a pirataria mesmo pq o pau q dá no Chico dá tb no Francisco e existem inúmeros produtos criados por brasileiros e q foram tb pirateados, desde um avião inteiro da Embraer pelos chineses até aquela famosa tesoura bolada por gaúchos e cuja idéia foi tb surrupiada pelos mesmos de sempre.

  • Jair diz: 6 de março de 2010

    “A IIPA aponta ainda casos constatados de pirataria. O Brasil é citado diversas vezes como ameaça ao mercado de músicas e games devido a esses casos e ao número de arquivos compartilhados em redes P2P.”

    O Brasil é excluído do mercado dos games (distribuição e representação) devido à a pirataria ou seria o contrário a pirataria surge desta exclusão?

    Pirataria existe desde o tempo das fitas K7! Vai de cada mercado desenvolver ações que valorizem o consumo legal de seus produtos.

  • cidadão diz: 6 de março de 2010

    Quem quiser que pague R$ 1.000,00 pelo office como custava a alguns anos. o BRoffice ou oppenofice é degraça e muito superior ao pacote da microsoft.

    Graças ao softerware livre o brasileiro pode comprar um computador e ser inserido no mundo digital.

    Povo que não tem virtude acaba por ser escravo, diz o hino riograndense.

  • marcio diz: 6 de março de 2010

    isso se chama F.U.D. se der colou..

  • leandroimortal diz: 6 de março de 2010

    Fim do mundo!!! Cercear a liberdade é pouco pra isso que foi escrito sobre o nosso país!!! Sou obrigado a comprar sistema operacional? Só o que me faltava!!! Uso Linux (aprendi sozinho, comprando dois livros), me acostumei com as facilidades e leveza no uso. Não baixo músicas, mas não condeno quem faz, tá na rede e quem sabe o que tu está usando prar pegar essas músicas? Windows legítimo ou Linux? Os dois!!! Agora concordo que se a Microsoft, por exemplo, faz um produto ela tem direito de cobrar o quanto quiser por isso. Precisamos das alternativas a ela, porque senão teremos um monopólio inconcebível!!Eles só enfiam isso “goela abaixo” porque é num país pobre e do terceiro mundo. Vai na Europa propor isso pra ver…

  • Guilherme Mac diz: 7 de março de 2010

    Paulo, do comentário mais acima, não entendeu ainda o que é software livre. Ele (e muitos), na sua falta informação (não quero ofender, mas é falta de informação mesmo), pensa que é só pra economizar, quando na verdade além de economia do dinheiro público, ele chega a ser mais eficiente, gera empregos no país, desenvolve tecnologia nacional e muito mais. Software Livre é um modelo econômico, saiba disso.
    Recomendo que veja essa palestra e leia a entrevista:
    - http://www.youtube.com/watch?v=XDV2ABbzhVY
    - http://info.abril.com.br/aberto/infonews/042008/22042008-0.shl

  • Diego diz: 8 de março de 2010

    Acho que o pessoal da tal “IIPA”, não sabe o que esta dizendo com relação ao software livre, concordo que se alguém cria um software e disponibiliza o mesmo para venda, deve-se respeitar o trabalho do cidadão que fez, mas agora querem proibir de se usar um software que é GRATUITO, porque quem cobra ta com medinho, por favor, daqui a pouco vai ter outra “organização” que vai dizer que não se pode ter remédios gratuitos ou acabar com os genpericos, pois vai estar ferindo os direitos de um laboratótio se o o remédio for distribuido gratuitamente.
    Acredito que quem acha que esta tendo seus direitos feridos, que ingresse na justiça e busque o que é seu de direito, mas agora vir proibir os outros de usar um recurso gratuito e vir ameaçar, por favor, se começar assim, aonde vai parar isso…

  • Fernando diz: 25 de maio de 2010

    Muito engraçado, pois minha entrada no universo Linux foi justamente para fugir do uso de programas piratas…

Envie seu Comentário