Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Assassino do Facebook pega prisão perpétua no Reino Unido

08 de março de 2010 9
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

O britânico Peter Chapman, 33 anos, que utilizou um perfil falso no Facebook para marcar um encontro com a estudante Ashleigh Hall, 17 anos, a sequestrou, estuprou e matou, foi condenado à prisão perpétua no Reino Unido. Ele confessou os crimes diante do júri.

A sentença poderá acabar antes do tempo – mas somente após 35 anos de cumprimento, Chapman pode pedir a soltura – ele terá 68 anos então.

Hall foi encontrada morta no ano passado, em outubro, em um terreno descampado. Ela tinha sinais de estrangulamento.

A menina foi atraída por Chapman pensando que o criminoso – já condenado por crimes sexuais – era um garoto um pouco mais velho do que ela. Segundo os advogados de acusação, a garota sofria de baixa autoestima e os garotos não se interessavam muito por ela. Era uma vítima fácil para alguém acostumado a seduzir crianças.

É um caso ocorrido longe do Brasil, mas a rede e os perigos nela são os mesmos. Cabe sempre ressaltar que jamais se deve aceitar encontros com pessoas conhecidas apenas na internet.

Fornecer informações pessoais é outro risco, uma vez que alguém com más intenções poderia juntar informações sobre alguém (de posts em redes sociais como “indo para a aula em Tal Lugar”, “saindo da aula”, “tá uma confusão aqui na Rua TAL, perto de casa”). Todo o cuidado é pouco.

As informações são do jornal britânico The Guardian.

Comentários

comentários

Comentários (9)

  • kau *-* diz: 8 de março de 2010

    Sim, realmente em redes sociais certas pessoas se “esquecem” que nem todo mundo é amigo e legal… E nesse ponto também o controle dos pais de forma discreta mas efetiva funciona.
    P.S. Falando em encontrar quem se conhece pela internet, todos os blogs fazem encontros… que tal um dos leitores, Infosfera, canal dos Games, Não clique Aqui e Mundo Insólito?

  • André diz: 8 de março de 2010

    Aqui ele estaria livre com 3 anos de prisão por “bom comportamento”.

  • Alessandro diz: 8 de março de 2010

    Isso foi onde? No Brasil ? ……. ahhh não foi no Reino unido né, por que se fosse aqui o cara pegaria no máximo 30 anos, sendo que se for réu primário e tiver bom comportamento passa para metade da pena, se não 1 quarto da pena, tem no mínimo 4 saídas por ano e teria respondido em liberdade, talvez por ter residência fixa, trabalho e etc….. Gostaria que nossa lei fosse do mesmo nível, por que o sujeito pensaria duas vezes antes de cometer um crime seja ele qual for.

  • Angela diz: 9 de março de 2010

    Ainda bem que se faz justiça em alguma parte do nosso planeta, pois no Brasil ainda estamos bem longe de ver isso!!!!!

  • Gisiane Andrade diz: 9 de março de 2010

    Sinceramente, acho que ele vai tentar fugir.

  • salomao de Paiva diz: 9 de março de 2010

    No mundo de hoje todo cuidado e pouco. Essas pessoas que se conhece pela internet
    sao gente comum. Há um velho ditado da epoca que não existia computador que vale:
    “ESMOLA DE MAIS O SANTO DESCONFIA”. Nunca devemos expor nossa vida em internet
    e so sutilmente. Nunca se deixe levar pela tecnologia, porque na realidade estamos
    lidando com pessoas que as vezes são LOBOS VESTIDO DE CORDEIRO.

  • Luiz diz: 9 de março de 2010

    Esta condenação deveria servir de exemplo, para nossos polítcos mudarem a lei para crimes hediondos.

  • Infosfera » Blog Archive » Após assassinato, Facebook alerta contra desconhecidos diz: 9 de março de 2010

    [...] a condenação de Peter Champan pelo assassinato da adolescente Ashleigh Hall, a rede social Facebook, onde vítima e assassino se [...]

  • Infosfera » Blog Archive » Especialista liga Facebook à contaminação por sífilis diz: 25 de março de 2010

    [...] uma ferramenta, e não só para os sifilíticos. Recentemente, o site esteve envolvido num caso de sequestro, violência sexual e assassinato. Todo cuidado é válido nas redes [...]

Envie seu Comentário