Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Banda larga popular pode ficar entre R$ 25 e R$ 35 por mês no Brasil

18 de março de 2010 14
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, declarou nesta quinta-feira que o governo quer criar um programa que garanta acesso à internet banda larga com preços acessíveis. Os valores estão em discussão ficam na faixa de R$ 25 a R$ 35 por mês. A rede de fibra ótica da antiga Eletronet, que agora pertence ao governo, deve ser utilizada em parceria com a iniciativa privada.

– A empresa terá o acesso à fibra ótica e vai fornecer para o usuário. Vamos condicionar que tenha um preço compatível – explicou Paulo Bernardo.

Segundo Bernardo, não poderá haver, nesse caso, venda casada, em que a operadora oferece a internet com o telefone fixo, uma vez que isso ampliaria os custos para o usuário. A ideia é que, depois de lançado, o projeto de uso da fibra ótica se dissemine pelo país em dois anos.

Nada se falou da velocidade da banda nesta entrevista, concedida pela manhã num programa do governo.

O ministro também afirmou que a utilização da cabos de eletricidade está sendo testada pelas distribuidoras de energia elétrica e pode ser mais uma opção de acesso à banda larga com preço menor. Em alguns locais onde não há cabos de eletricidade ou fibra ótica poderão ser usados sistemas de rádio ou acesso via satélite.

De acordo com ele, o debate sobre o assunto foi interrompido por conta da elaboração do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. Segundo o ministro, o assunto deverá voltar à pauta de conversa com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final deste mês ou em abril, após o lançamento do PAC 2.

Para o ministro, o Plano de Banda Larga, que está sendo elaborado pelo governo, deve ser aprovado pelo Congresso Nacional com rapidez.

Comentários

comentários

Comentários (14)

  • kau *-* diz: 18 de março de 2010

    Aiai.. Não importa em que velocidade a banda larga será oferecida. O importante eh manter a Eletronet na mídia, já que a empresa pediu falência em 2003, e esse fato de utilizar sua rede de fibra ótica deixou muita gente que tinha essa informação, antes de virar notícia, com o saldo da conta bancária bem gordinho.

    P.S. Nada é pelo simples bem social. ><

  • Rafael diz: 18 de março de 2010

    O que a kau falou é realmente algo que devemos ficar de olho.

    A Eletronet falida era de uma empresa estrangeira, que por causa das dívidas enormes da Eletronet vendeu por preço simbólico a um “investidor” brasileiro, cujo nome me foge agora, mas que tem contatos com o Zé Dirceu, atualmente “consultor” de assuntos políticos em Brasília e que certamente saberia qual o destino seria dado à malha óptica da Eletronet.

    Agora é aguardar pra ver, tem que apurar tudo e ver se houve ou não caso de informação privilegiada.

    Até os próximos capítulos, folks!

  • NEO_Matrix diz: 18 de março de 2010

    Banda larga popular!
    Velocidade não importa?? Como assim? Banda larga tem a ver com velocidade. Não adianta chamar de banda larga e colocar velocidade de internet discada!!! COERÊNCIA!!!!

  • Lucas diz: 18 de março de 2010

    Por favor, preciso me livrar com urgência da conexão 3g instável, limitada e de baixa qualidade!!!

  • paulo diz: 18 de março de 2010

    Pessoal

    Acordem, estamos criando a bolsa família da internet. Todos vocês que, assim como eu, trabalhamos e pagamos impostos, para variar, vamos NOVAMENTE pagar esta conta eleitoreira.
    O Lula quer eleger o seu sucessor com medidas populistas e vai deixar a conta para alguém.

    Pensem nisto!

  • Povão diz: 18 de março de 2010

    É disso que tenho medo, imagino a qualidade de serviço que será disponibilizado.
    Internet pro povão que mal sabe onde investir um tostão.

  • Ronaldo Costa diz: 19 de março de 2010

    Esperando que não seja apenas mais uma “mutreta” para enriquecer os que se dispoem a bajular os donos do poder, como foi largamente insinuado por grande parte da imprensa nas ultimas semanas, a possibilidade de dar acesso a banda larga a uma parcela maior da população é uma atitude louvável e bem vinda pelos benefícios que trará a médio/longo prazo. É claro que tal fato só ocorrera se a velocidade de tráfego for compatível com o atualmente aceito internacionalmente como adequada, isto é, algo no mínimo em torno de 5Mb/s, pois qualquer coisa menor já nasce anacrônica e irá merecer o rótulo de “medida eleitoreira” pois só servirá para mostrar serviço e iludir quem nunca trafegou em “banda larga”. Querendo acreditar nos atuais detentores do poder, torço para que neste setor eles saibam sair honradamente.

  • Lise diz: 19 de março de 2010

    Olha, acho excelente este negocia de b larga pro povo.Eu mesmo to procurando os partidos politicos pra ver em quem votar né, mas como tenho discada, não consigo ver nada!!!!!!!
    toda hora cai, caiu agora mesmo….
    assim quando tiver a banda larga vou poder ver direitinho a fotinho dos politicos e os partidos e dai ver em quem votar, são todos tão legais que fica dificil saber em quem votar. gostaria de poder votar em todos.
    § : )

  • Eleitor Antigo diz: 19 de março de 2010

    Não existe banda larga popular no Brasil e nem haverá. Todos sabemos que a “banda larga” brasileira é a mais cara do mundo e R$ 25,00 por mês ainda será impróprio para uma enorme parcela da população que ainda tem que pagar pelo uso da telefonia, também absurdamente cara. E eu lembro quando “aquele presidentezinho” dizia que a concorrência faria os preços baixarem e teríamos serviços melhores, só pra justificar a privatização. Foi o enterro da decência a venda da Telebrás. A propósito: alguém viu aquele dinheiro?? Foi pra onde?? Era um monte de dinheiro, mas sumiu…

  • edson diz: 19 de março de 2010

    finalmente a exploração vai acabar para usar o acesso internet no brasil pagamos um preso muito alto estamos muito atrasado na area …..

  • Marco Rodrigues diz: 19 de março de 2010

    Pessoal,
    alguem com virtua 3mb na Alberto Bins ou proximidades poderia me informar como anda a conexão (velocidade) pq a minha tá um caos.

  • Twitter Trackbacks for Infosfera » Blog Archive » Banda larga popular pode ficar entre R$ 25 e R$ 35 por mês no Brasil [clicrbs.com.br] on Topsy.com diz: 25 de março de 2010

    [...] Infosfera » Blog Archive » Banda larga popular pode ficar entre R$ 25 e R$ 35 por mês no Brasil wp.clicrbs.com.br/infosfera/2010/03/18/banda-larga-popular-pode-ficar-entre-r-25-e-r-35-por-mes-no-brasil/ – view page – cached O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, declarou nesta quinta-feira que o governo quer criar um programa que garanta acesso à internet banda larga com preços acessíveis. Os valores estão em discussão ficam na faixa de R$ 25 a R$ 35 por mês. A rede de fibra ótica da antiga Eletronet, que agora pertence ao governo, deve ser utilizada em parceria com a iniciativa Filter tweets [...]

  • Tiago diz: 26 de março de 2010

    Esta modalidade de internet pelos cabos da energia elétrica citada no post eu conheço, pois meus pais moram no interior do estado, numa região de cobertura da companhia elétrica “Certel” que oferece sinal de banda larga também, a “Certelnet” (http://www.certelnet.com.br/). Me parece que o presidente desta companhia elétrica trouxe a idéia da Alemanha. A banda larga tem qualidade/velocidade razoável, e a conta vem junto com a conta da energia elétrica.
    Acredito que seria uma coisa boa se a CEEE implantasse um serviço parecido na capital, onde somos explorados pelas GVT, NET, OI da vida que só trabalham com esses pacotes de venda casada. Quem quer só banda larga, acaba tendo que pagar valores absurdos…

  • Carlos diz: 5 de junho de 2010

    O governo SABOTOU o projeto BEL da COPEL, que iria levar para todo o estado do Paraná
    velocidades de conexão de 10Mb até 100Mb a um preço acessível. Essa gentalha de Brasilia fica levando por fora pra manter o país ajoelhado, servindo aos interesses de empresas cucarachas que tratam os brasileiros como lixo.

Envie seu Comentário