Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Oferta de alternativas começa a afetar o IE na UE

22 de março de 2010 6
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

O Internet Explorer (IE), navegador de internet da Microsoft, começou a sentir um recuo na faixa de mercado na União Europeia (UE). Em março, o uso do navegador diminuiu entre 1% e 2,5% na França, Itália e Grã-Bretanha. Por trás do fenômeno está, provavelmente, o fato de o Windows oferecer softwares alternativos ao browser da MS.

Números da Statcounter, empresa de estatísticas na web, indicam a retração na fatia de mercado.

Cerca de 200 milhões de computadores novos e antigos começaram a receber a atualização que habilitava a tela de navegadores no Windows – nas versões ativas (XP, Vista e 7).

A disponibilização segue acordo estabelecido com a UE após uma disputa judicial de anos movida pela Opera Software – desenvolvedora do navegador Opera – contra a prática da MS de embarcar o IE nas edições de seu sistema operacional.

Se o efeito será maior ainda, só o tempo dirá.

Comentários

comentários

Comentários (6)

  • Oferta de alternativas começa a afetar o IE na UE | Notícias Segundo a Segundo diz: 22 de março de 2010

    [...] Leia mais aqui…. [...]

  • Giovani diz: 22 de março de 2010

    Na verdade o IE vai ter que comer muito feijão ainda para chegar no nível do Firefox. Até o Opera esta anos-luz do browser do sr. Gates.

  • TecNews: Noticias Tecnofagia diz: 22 de março de 2010

    [...] Com informações de Infosfera [...]

  • Paulo diz: 22 de março de 2010

    Fantástica a relação de causa efeito que o pessoal da coluna encontrou.
    Realmente, super científico AH AH AH AH

  • Lucas Lightspeed diz: 22 de março de 2010

    Se a Microsoft inclui um browser no Windows, é monopólio.
    Se não inclui, é porque o SO é uma porcaria e incompleto.
    O pessoal perdeu completamente o senso crítico e só apela ao radicalismo agora.
    As pessoas tem a total liberdade de instalar outro navegador se assim quiserem, não precisa a Microsoft ficar oferecendo. Eu mesmo instalei o Firefox sem que tivesse de atualizar o computador para ter uma tela que me informasse dessa possibilidade.

  • Giovanni diz: 23 de março de 2010

    De cara ja declaro que não sou fã do Firefox, nunca fui.
    Mas de duas semanas pra cá comecei a utilizar a Google Chrome e estou adorando este browser, realmente é MUITO melhor do que o IE principalmente em relação a velocidade. Também é muito mais estável.

    Na minha opinião a Google vai dominar geral a Web hahahaha

Envie seu Comentário