Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sony vai parar de produzir disquetes

26 de abril de 2010 14
The following two tabs change content below.


 
A Sony anunciou para março de 2011 no Japão o fim da produção dos disquetes de 3,5 polegadas. A mídia de armazenamento, que em sua versão mais popular guarda 1,44MB de dados, perdeu espaço na última década para os CDs/DVDs, cartões de memória e dispositivos USB.
 
Na data de seu “funeral”, o discos flexível, ou floopy-disk, estará completando 30 anos de existência, conforme o “Crunch Gear“. O motivo alegado pela Sony para encerrar as vendas de disquetes é a falta de demanda – embora tenha comercializado 8,5 milhões de unidades no Japão em 2008.
 
O auge do produto ocorreu em 1995, tendo apresentado queda de mais de 90% nas compras desde então. A produção de leitores de disquetes já foi encerrada Sony em setembro do último ano.

Comentários

comentários

Comentários (14)

  • Nyx diz: 26 de abril de 2010

    Confesso que nunca fui muito fã dos disquetes. Meu primeiro computador eu tive lá por 2001, a unidade de disquete travava todo o computador, que na época até era bonzinho! Adeus disquete… já vai tarde!

  • Sony vai parar de produzir disquetes | Notícias Segundo a Segundo diz: 26 de abril de 2010

    [...] Leia mais aqui…. [...]

  • Vinícius diz: 26 de abril de 2010

    Bah, disquete…. 1.44 MB, pra depois chegar em casa e não conseguir abrir! Realmente, vai se transformar em artigo de museu…

  • Nickless diz: 26 de abril de 2010

    Faz anos que não uso mais..

    na epoca que fazia o ensino medio em 97…. compactava o demo do Quake em 17 disquetes, e na aula de informatica ficava la com a galera jogando em rede.. hehehe… as vezes um ou outro falhava ai tinha que ter sempre 2 copias…..

  • Marlon Tolksdorf diz: 26 de abril de 2010

    Já vai tarde demais!!!

    Não uso essa porcaria há anos!!!

    Desde 2007 já não compro computador com unidade de disquete.

    Só atrasou minha vida, quantos trabalhos perdidos!

  • Carlos Gustavo Lenz diz: 26 de abril de 2010

    Nem sabia que ainda era fabricado demoro pra desistirem de fabricar isso, será que tinha alguém que ainda estava usando isso.

  • Tobias diz: 26 de abril de 2010

    Vai deixar muita saudade… saudosos anos 90. Quem nunca usou o PKZIP pra compactar aquele jogo que usava 15 ou 20 disquetes, pra levar na casa do amigo e dar pau no 18º disco na hora de descompactar não viveu na era de ouro da informática. Internet só se ouvia falar… fazíamos gato e sapato com os disquetes que rolavam de um lado pra outro, até começar a criar BAD SECTORS. Aí o destino era a lata do lixo.

  • Fabio diz: 26 de abril de 2010

    todo mundo reclama… mas usava

  • Guid diz: 26 de abril de 2010

    Droga! E agora oq será da minha vida??

  • Merreca diz: 26 de abril de 2010

    faz parte do avanço da tecnologia.
    Agora, dizer que disquetes são ruins, é não acompanhar a evolução da informática.
    Lembro que no início eu usava um disquete de 8 polegadas, o leitor era externo, depois veio o de 5 3/4 com capacidade de 360Kb, eu tive computador que não tinha HD e fucnionava com dois drives, um para o sistema operacional e outro para os programas.
    depois veio os famosos 3 1/2, onde cabiam espantosos 1.44 MB, uma revolução.
    quem copmprava Windows original, como eu, recebia uma caixa com disquetes com o Windows 3.11, pacote office então, cada programa era 11 discos.
    Foi uma fase que realmente marcou, e foi bem aproveitada,

    Agora, como tudo evolui, nada mais normal que serem parados de fabricar.

    Mas pode deixar, aqui com um micro com sistema operacional DOS 6.22, windows 3.11 e word 2.0, o disquete de 3/12 sempre terá espaço.

    Té Mais
    Merreca.

  • Paulo – Casa dos Monitores diz: 27 de abril de 2010

    É uma pena que nunca tenha evoluído, até tentaram com o ZIP DRIVE(IOMEGA – grande fiasco) mas não colou.
    Foi uma grande ferramenta para os técnicos.

  • marcelo diz: 27 de abril de 2010

    ADEUS DISQUETES!! NÃO FARÃO FALTA NENHUMAA!!

  • Adalto diz: 28 de abril de 2010

    Trabalho em escola. No laboratório que trabalho ainda existe 10 micros com driver de disquete funcionando, mas muiiiiiiiito raramente são usados. Apenas quando ocorre algum probleminha com as portas USB, faço uso do disqueta apenas para copiar e colar aqueles arquivos pequenos e isso só ocorre se a rede interna e a internet não estivier conectado/funcionando.
    No meu entender deveria existir um suporte melhor para os novos micros com e as suas portas USB e banir definitivamente o disquete.
    Deveriam sumir também com os micros antigos que suportam conexões de rede, USB.
    Adalto.

  • Jorge diz: 30 de abril de 2010

    Confesso que já não usava mais disquetes há uns 4 anos, mas sim, vai deixar saudades. Muito usei o pkzip pra levar músicas em disquete de um micro para outro, quando mal se ouvia falar em mp3… Bons tempos mesmo, mas, tudo evolui, ainda bem!

Envie seu Comentário