Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Usuários do YouTube poderão cobrar de quem assistir a seus vídeos

04 de maio de 2010 13
The following two tabs change content below.


 
Os usuários que postam vídeos no YouTube poderão cobrar um valor em dinheiro de quem assistir a seus vídeos. Conforme o diretor de produto do site, Hunter Walk, qualquer pessoa poderá cobrar a taxa.
 
Atualmente, para gerar receita aos detentores dos vídeos mais populares é utilizado o YouTube Partnership Program. Pelo programa, conforme o G1, profissionais do YouTube selecionem os vídeos e acrescentem publicidade.
 
O novo serviço será diferente, dispensando a publicidade e permitindo cobrança diretamente dos usuários.

Comentários

comentários

Comentários (13)

  • Usuários do YouTube poderão cobrar de quem assistir a seus vídeos | Notícias Segundo a Segundo diz: 4 de maio de 2010

    [...] Leia mais aqui…. [...]

  • tiago diz: 4 de maio de 2010

    ridículo…
    eu, assim como a maioria, sou um que não pago R$0,01 pra ver algum vídeo
    acho que quem cobrar vai ver seu video praticamente sem acessos

  • Carol diz: 4 de maio de 2010

    O YouTube será divido em duas categorias: os vídeos bons e que não precisam ser pagos (a publicidade já os paga), e os vídeos ruins que ninguém irá ver (pagos).

  • Flávio diz: 4 de maio de 2010

    Não é ridículo, é uma opção. Cada um escolhe se quiser.

  • Sil Matos diz: 4 de maio de 2010

    O youtube já acabou. Quando começam a mudar algo que está dando certo, quando a ganância fala mais alto, já era …

  • tiago diz: 4 de maio de 2010

    talvez no exterior isso vai funcionar bem, TALVEZ, pq sempre vai ter um video igual e gratuito…
    certamente aqui no brasil serão raros os acessos pagos

    falei que acho ridiculo porque é um serviço gratuito, até onde sei a inteção do youtube era o compartilhamento de vídeos, e compartilhamento é gratuito… cobrar acesso dentro de um serviço grátis?

  • elvis alex diz: 4 de maio de 2010

    paga nada tao ficando louco hein eu que nao gasto nada pra assitir video nenhum

  • Bruno diz: 4 de maio de 2010

    é esse tipo de coisa que abre espaço pra concorrência crescer, e substituir o youtube.

  • Alexandre diz: 4 de maio de 2010

    Para vídeos voltados a empresas ou profissionais pode ser uma boa opção. Acho que vai ampliar o campo de atuação do Youtube.

  • Gus Dreyer diz: 4 de maio de 2010

    Ridiculo!

    E se eu não gostar do video? Se for propaganda enganosa? Dizer que o video é de uma coisa e ser de outra? E o que acontece com o usuário que posta um episodio dos simpsons por exemplo, que é protegido por copyright e quer cobrar, isso é crime!

    Napster 2…. fadado ao fracasso!

  • paulo diz: 4 de maio de 2010

    mtos que criticaram aqui provavelmente pagam TV a Cabo/Satelite…

    que tal economizar a mensalidade que vc paga pra ter 100 canais e mal e mal assistir um ou outro e gastar esse dinheiro para assistir seriados/filmes/shows pelo youtube??

  • Rodrigo diz: 4 de maio de 2010

    Gente, gente…

    Isso é somente um passo para o youtube também oferecer conteúdos de grandes produtoras, tipo séries e filmes.

    Obviamente não é direcionado ao carinha que toca violão na webcam…

    Eu pagaria um ou dois dólares para ver, por exemplo, o primeiro episódio da próxima temporada do Dexter no mesmo dia que for ao ar nos EUA… E sim, eu sei que existe o pirate bay… ok?

    Falow!

  • Nery diz: 5 de maio de 2010

    claro Paulo, eu vou ficar carregando um video de 2 horas no youtube, e youtube nao passa futebol ao vivo (H), e Tambem concordo com o Rodrigo, isso seria ótimo, episodios no mesmo dia de lançamento, mas eles teriam que fazer um sistema de cadastro, sei la algo que “justifique” a cobrança pelo video, pq se nao até mesmo eu posso chegar la e colocar algo “que tem que pagar”.

Envie seu Comentário