Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ataque maciço no Facebook usa o velho golpe da modelo de biquíni

18 de maio de 2010 0
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

A empresa de segurança na internet AVG Technologies detectou um ataque maciço, com mais de 300 mil ameaças – taxa três vezes superior à registrada em dias comuns – no site de relacionamento Facebook. A isca: uma modelo trajando biquíni.

O alerta foi dado por Roger Thompson, Chief Research Officer da AVG em seu blog.

Curiosos atraídos pela isca instalam um visualizador de adware que trava o recebimento de e-mails e exibe sem cessar propagandas indesejadas. Em princípio, só era chato, mas não era viral. No último sábado, no entanto, os servidores da AVG detectaram mais de 200 mil ataques desta ameaça em particular, atingindo 300 mil até o fim da noite de domingo.

Somente para efeito de comparação, o segundo maior ataque atingiu um pico 10 vezes menor. Para se proteger, Thompson recomenda.

• Quando um site pede para instalar um visualizador para assistir a um vídeo, algo provavelmente não está certo. Evite fazer downloads oferecidos por esses endereços e prefira acessar o site oficial do aplicativo e baixá-lo por lá.

• Verifique se o seu antivírus está atualizado.

• E a dica da casa: controle-se não esqueça da vida ao ver uma modelo de biquíni.

Comentários

comentários

Envie seu Comentário