Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

[Enquete] Será que Steve Jobs odeia você?

27 de maio de 2010 10
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.


Mat Bisher tem o seu ganha pão no flash, aquele que o iPad, da Apple, não roda. E para se “vingar” da Apple, o publicitário criou a campanha Steve jobs hates you (Steve jobs, o CEO da Apple, odeia você, em português). A ideia é simples: o guru Macintosh ostenta um dedo médio digitalmente alterado enquanto olha para o internauta, com uma mensagem no estilo erro de plugin – este site não pode ser visualizado e blá-blá-blá.

Basta dar uma clicada neste endereço (do seu iPad ou fora dele) para ter acesso ao site.

Lançado no início deste ano, o iPad não tem suporte ao flash, deixando de lado uma fatia considerável do conteúdo da internet. Por ocasião de seu lançamento aposta no HTML5 cresceu.

Na semana passada, no entanto, com o lançamento da nova versão da plataforma Android, chamada de Foryo, rodando flash, a briga segue acesa. A próxima cartada será da Apple, que em 7 de junho dá início à conferência de desenvolvedores WWDC, nos Estados Unidos. Palco de lançamentos de peso da empresa no passado, espera-se um novo iPhone, com multitarefas, entre outras novidades..

Enquanto isso, perguntamos

Comentários

comentários

Comentários (10)

  • Ronaldo Prass diz: 27 de maio de 2010

    Infeliz a enquete, o flash é um lixo mesmo, deveriam fazer uma campanha contra o uso do flash… ou melhor flash + IE6 juntos no inferno

  • Jairo Loewenstein diz: 27 de maio de 2010

    A própria Adobe começou a lançar anúncios anti-apple semelhantes a esse. É apelação e vai acabar se revelando uma grandessíssima bola nas costas. Não sou fan-boy da maçã, concordo com algumas críticas, mas o Jobs está certo quando diz que a internet não pode virar refém de um programa proprietário. Na boa, Flash é tão essencial assim? Pra quê? Streaming de Vídeo? Ora, até mesmo pela pressão do sucesso do Iphone e Ipad (quem diria isso há três meses atrás ¬¬) já estão se proliferando os sites em h.264 e html5. Esse último vai resolver a parada dos jogos on-line (googlem projeto Akihabara). E, na boa, é do carvalho abrir no aifone um site de portal e não ter aquelas irritantes propagandas em flash atrapalhando a visualização =P

  • awe diz: 27 de maio de 2010

    E você acha que não vão surgir propagandas em HTML 5 em breve? Seria muita inocencia pensar que “o mundo sem flash é um mundo sem propagandas chatas”… Pra não dizer burrice, né? E se a desculpa da Apple é pq o Flash é proprietário, etc e tal, o que falar dos produtos da própria? O próprio Jairo disse que “pela pressão do sucesso do iPhone… estão se proliferando os sites em h264 e html5″. Então viramos oq? Reféns do iPhone? Acho que feliz é a Google e o Android! =)

  • Infosfera » Blog Archive » [Enquete] Será que Steve Jobs odeia você? – jobs diz: 27 de maio de 2010

    [...] http://wp.clicrbs.com.br/infosfera/2010/05/27/enquete-sera-que-steve-jobs-odeia-voce/E?topo=77,2,18,,,77 para se “vingar” da Apple, o publicitário criou a campanha Steve jobs hates you (Steve jobs, [...]

  • Odone Machado diz: 27 de maio de 2010

    Concordo com Ronaldo Prass, infeliz esta enquete. Goste ou não, Jobs lança tendencias e o mercado corre atras dele e espera o próximo. O flash já teve o seu tempo e hoje está pesado demais. Independente de ser windows, linux ou mac, flash exige muita memória e cpu e tem as montes em qualquer pagina que acessamos, Pesa muito em qualquer sistema e gera instabilidade mesmo em máquinas potentes. Precisamos de tecnologias mais leves e não de monstros engessados como o flash.

  • Luiz diz: 27 de maio de 2010

    nunca vi tanto bobagem junta escrita em dois comentários, o flash é muito útil, da um visual mais estiloso para as páginas e possibilita(e facilita) a criação de jogos na web, dentre a infinidade de suas funcionalidades. Agora uma empresa não adaptar flash no seu aparelho por uma intriguinha boba, sendo que qualquer celular de m…. hoje em dia tem suporte a flash, nos faz pensar, o lixo é o flash ou o aparelho?

  • Nilson Ramos diz: 28 de maio de 2010

    A questão não e o flash ser essencial ou não, e que do mesmo jeito que a internet não pode ser refém da Adobe, Steve Jobs não pode ditar as regras.

  • gabriel diz: 28 de maio de 2010

    o nome é froyo. do 2.2 nao foryo. acrescente a essa capada do flash mais outras imbecilidades do sjobs – conteudo pornografico -.

  • Pedro diz: 28 de maio de 2010

    Sério, Steve tá 100% certo.

    Pega o Froyo, que foi lançado agora, e roda flash nele. A performance é sofrível. A plataforma é toda mal programada, com graves falhas de segurança, consumo de CPU desnecessário – o que acaba consumindo muita bateria.

    O futuro da internet está nas linguagens abertas, HTML5 e JavaScript. E, os sites que não quiserem perder clientela (já que o IE9 NÃO vai rodar flash também), vão ter que se adaptar.

  • John diz: 29 de maio de 2010

    Não odeio o Jobs e seus produtos, (pelo contrário, acho o totalmente estrategista e genial) odeio a massa que diz que tem q comprar um IMac ou um IPhone porque isso diz sobre a personalidade dela, quando na verdade o que ela realmente deveria gastar é com terapia.

    Comentar sobre a bateria, que é a única vantagem do IPad é realmente ridículo, opnião de quem nao quer dar o braço a torcer, nao duvido se a HP por exemplo nao está trabalhando com uma bateria que use uma tecnologia que você possa usar por 2 ou 3 dias sua HP tablet usando flash tirando fotos e fazendo mais um monte de outras coisas ao mesmo tempo (A TABLET DA HP É DEFINITIVAMENTE MELHOR DO QUE O IPAD, GOOGLE IT). É só pensar na EVOLUÇÃO DOS CELULARES, um celular com uma bateria dos primeiros modelos ficavam tanto tempo ligado quando os modelos de hoje. Lembra do seu primeiro “tijolinho”? Pois é a tecnologia mudou, as baterias também mudaram.

    Quanto ao fim do Flash: Muitas pessoas estão subestimando uma empresa gigantesca e ótima chamada ADOBE. Eles com toda certeza surpreenderão.

Envie seu Comentário