Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cuidado com famosos mortos que podem criar computadores zumbis

26 de agosto de 2010 0
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

Os TrendLabs, laboratórios de pesquisa da Trend Micro – multinacional especializada em segurança digital, receberam recentemente uma mensagem de spam que veiculava notícias falsas sobre a morte de celebridades de Hollywood e atletas famosos.  O e-mail foi encaminhado em dois formatos:

• O primeiro continha um.ZIP anexo com o arquivo malicioso news.exe detectado como TROJ_DLDER.AU. Este se conecta a uma URL para o download do TROJ_BREDOLAB.XY.

• O segundo tinha um.HTML anexo detectado como JS_REDIR.BB, que encaminha o usuário a dois redirecionamentos de URL para o download do arquivo malicioso HTML_REDIR.BA. Este se conecta a uma nova URL, provavelmente para fazer o download de mais um malware, mas este endereço está inacessível neste momento.

Curiosamente, a descrição do incidente que teria causado a morte dessas celebridades baseia-se em um acontecimento real: a morte do secretário de Comércio dos Estados Unidos, Ronald Brown, em 1996. Todos os detalhes mencionados nos e-mails são idênticos ao do acidente que matou Brown. Fazer uso dos detalhes de um incidente que realmente ocorreu é uma tentativa de deixar as mensagens de spam mais verossímeis para os leitores.

Algumas das celebridades já usadas na tática

Heath Ledger - Quase ao mesmo tempo em que o mundo ficou sabendo da morte precoce de Heath Ledger, criminosos digitais começaram a usar o falecimento do ator como técnica de engenharia social. Poucas horas depois da notícia, URLs maliciosas apareciam imediatamente, assim que os usuários digitavam os termos de busca “heath” e “ledger”.

Farrah Fawcett – Criminosos digitais inundaram a internet com links maliciosos para atrair usuários que procuravam notícias sobre a morte da estrela de “As Panteras”, Farrah Fawcett, que perdeu a luta contra o câncer aos 62 anos.

Michael Jackson - Por ser um dos músicos mais populares de todos os tempos, os últimos momentos do rei do pop antes do anúncio de sua morte levaram a uma proliferação de links maliciosos na internet por meio do aplicativo de mensagens instantâneas MSN.

Eminem - Recentemente, mensagens de spam afirmando que o rapper norte-americano Eminem havia morrido em um acidente de carro se espalharam. As mensagens de spam tentavam enganar os usuários, dizendo ser oriundas de fontes legítimas de notícias.

Outros ataques no passado envolveram as mortes de Corey Haim, de Brittany Murphy e da presidente filipina Corazon Aquino. A Trend Micro Smart Protection Network protege os usuários dessas ameaças, bloqueando mensagens de spam e sites maliciosos, e também detectando os arquivos maliciosos relacionados.

Envie TECNO para 46956 e receba as últimas novidades do mundo tecnológico. O custo por mensagem recebida é R$ 0,31 para todas as operadoras.

Comentários

comentários

Envie seu Comentário