Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bug no Twitter pode contaminar computadores

21 de setembro de 2010 5
The following two tabs change content below.

Guilherme Neves

Jornalista, fã de gadgets e traquinanas tecnológicas em geral. Linux user convicto, mas não xiita.

Uma falha no Twitter tem causado alvoroço nesta manhã. Na prática, um código publicado em perfis de usuários redireciona os internautas para outros sites, alguns deles podendo ter intenções criminosas. Segundo o site Mashable, o bug é particularmente perigoso porque ativa uma nova janela, ou uma mensagem, quando o usuário passa o ponteiro do mouse sobre o link. Ou seja, a regra do “não clique aqui” não se aplica.

A dica é: NÃO ACESSE O TWITTER PELO NAVEGADOR.

Graham Cluley, analista da empresa de segurança Sophos, diz em seu blog que milhares de perfis têm mensagens explorando a falha. Nem todas, no entanto, são prejudiciais:

“Parece que alguns usuários estão utilizando o código só por brincadeira (foto), ou para jogos. Mas há um potencial óbvio para o redirecionamento dos usuários para sites com códigos maliciosos ou a ativação de pop-ups”.


Tudo acontece com a publicação de um código na linguagem JavaScript, que utiliza o recurso onMouseOver. Quando utilizado, o recurso executa uma ação a cada passagem do ponteiro do mouse sobre um texto.

Entre as vítimas do código está a mulher do ex-primeiro ministro britânico Gordon Brown, sara Brown. No seu perfil, uma mensagem redireciona os internautas para um site asiático com conteúdos pornográficos.

A dica de Cluley para ficar longe dos males do mouse over é não acessar o Twitter via navegador, pelo www.twitter.com, mas sim acessar as informações através de aplicativos de terceiros como o TweetDeck ou o Seesmic.

Explorar esta falha neste momento, dias após o anúncio de uma nova interface par ao Twitter, revela um oportunismo grande por parte de crackers. Muitos usuários, com certeza, aguardam pela nova “cara” do site, que já começou a aparecer nas contas norte-americanas (que aliás, diz o TechCrunch, não são afetadas pelo bug).

O negócio é segurar a curiosidade.

Por hora (10:26, horário de Brasília), tanto o blog do twitter quanto o Twitter Status não reconheceram a falha ou informaram sobre medidas de correção do bug.

Comentários

comentários

Comentários (5)

  • Alysson diz: 21 de setembro de 2010

    Eu consegui freiar esse código. Para desativá-lo digita na caixa onde envia recado.
    http://a.no/@“onmouseover=”false”/

  • Paulo Kretcheu diz: 21 de setembro de 2010

    “Computadores não são contaminados por vírus é o Sistema Operacional” http://www.kretcheu.com.br/?p=78

  • Edson Lima diz: 21 de setembro de 2010

    Alô galera,
    Bacana a matéria de acompanhamento dos fatos, mas o lance é que computadores não pegam vírus e sim os sistemas operacionais. ;-)

    Abraços

  • Fernanda diz: 21 de setembro de 2010

    Sofri o problema mas instalei o TweetDeck, e até agora, não tenho nenhuma crítica. Pelo menos não tem aquela baleia chata que incomoda a gente.

  • Rodrigo diz: 21 de setembro de 2010

    Já possuo a nova interface do Twitter. Na minha timelina tem, pelo menos, dois “infectados”. Pórem, o link é desconexo e confuso, o que causa certo “medo” em clicar.

Envie seu Comentário