Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Ubuntu poderá ter atualizações diárias

25 de novembro de 2010 10
The following two tabs change content below.

O sistema operacional open source Ubuntu - uma das mais populares distribuições Linux - pode passar a ter atualizações diárias. Atualmente, os usuários recebem um pacote novo a cada seis meses. A afirmação teria sido feita pelo fundador e CEO da Canonical, Mark Shuttleworth.

Conforme o “TechWorld“, Shuttleworth considera que duas atualizações por ano não são suficientes em um mundo orientado para a internet. Dentre as vantagens, softwares (como Firefox e Open Office) e dispositivos (como impressoras e roteadores) instalados no sistema operacional seriam mantidos atualizados mais facilmente.

A versão mais recente do Ubuntu é a 10.10, lançada em outubro com o nome de Maverick Meerkat (imagem acima). Tradicionalmente, os nomes começam com letras sucessivas do alfabeto. A próxima, esperada para abril, será a 11.04, denominada Natty Narwhal.

Comentários

comentários

Comentários (10)

  • Ivan Brasil Fuzzer diz: 25 de novembro de 2010

    Melhor reverem suas fontes, em momento algum Mark Shuttleworth disse isto. O que ele disse foi “Em um mundo voltado para a internet, nós temos que ser capazes de lançar algo novo todo dia. Isto é uma área na qual colocaremos muito trabalho nos próximos cinco anos”, muito diferente da afirmação feita aqui.

    Resposta: Ivan, de fato, parece que houve uma má interpretação do que foi dito. A fonte da interpretação anterior está no post.

  • vladtche diz: 25 de novembro de 2010

    Se atualizem galera. Esta noticia já foi desmentida.

    Resposta: Valeu, eu vi. Acabei de chegar por aqui, mas vou publicar, obrigado. Abraço.

  • João da Silva diz: 25 de novembro de 2010

    Seria interessante também publicarem o desmentido: http://www.networkworld.com/community/node/68860.

    “Ubuntu is not changing to a rolling release. We are confident that our customers, partners, and the FLOSS ecosystem are well served by our current release cadence. What the article was probably referring to was the possibility of making it easier for developers to use cutting edge versions of certain software packages on Ubuntu. This is a wide-ranging project that we will continue to pursue through our normal planning processes.” (Gerry Carr, director of platform marketing for Canonical)

  • Moa diz: 25 de novembro de 2010

    Já desmentiram essa notícia faz horas…
    se atualize

    Resposta: Calma, moçada, acabei de chegar aqui na redação ; )

  • Thiago C diz: 26 de novembro de 2010

    Essa notícia foi desmentida pela Cannonical hoje. Vai continuar mais ou menos como está hoje.

    Abrz,
    Thiago

  • Ismael diz: 26 de novembro de 2010

    Crespani, teu título e primeiro parágrafo fazem parecer que o sistema nunca é atualizado.

    “pode passar a ter atualizações diárias”

    Mas, já se tem *atualizações* diárias quase. Quando se encontra um bug, falha de segurança, principalmente, ela é corrigida e atualizada quase imediatamente.

    “Atualmente, os usuários recebem um pacote novo a cada seis meses.”

    Aqui piorou a confusão.

    E na verdade toda notícia se trata de Upgrades, não updates.

    Qual a diferença tio? É que ao invés de só atualizar os erros, viria uma versão nova quando for lançada. E sem precisar baixar e reinstalar todo sistema .

    Com o Firefox isso já aconteceu, e serve como exemplo:

    O Ubuntu 8.04 ainda é atualizado para segurança. Ele veio com Firefox 3.5, quando havia atualização de segurança, ela era baixada, então o firefox passava a ser 3.5.1, 3.5.2 …

    O firefox 3.5 seguia sendo atualizado, mesmo com o lançamento do 3.6 .

    Então seria, além de atualizar os bugs, poder baixar uma “major version” de forma simples e rápida.

    Hoje é possível instalar, mas a pessoa precisa procurar e baixar por conta própria.

    Resposta: Valeu, Ismael. Li notícias com o mesmo tipo de referências – atualizações – em sites sobre Linux. Acho que a ideia é essa mesmo, substituir a “versão” semestral pela introdução das melhorias conforme forem criadas. Só essa distinção entre “update” e “upgrade” parece meio específica demais, afinal, quando instalamos uma versão nova do sistema, a mensagem é que ele foi “atualizado para a versão X”. De toda forma, parece que a Canonical já desmentiu a coisa toda : /

  • Ismael diz: 26 de novembro de 2010

    Faltou completar sobre o exemplo do Firefox…

    Ao contrário do que costumava acontecer, o Firefox 3.5, foi então substituído pelo 3.6 .

  • Augusto diz: 26 de novembro de 2010

    Desculpe meu amigo, mas postagem não é clara.

    Do modo como ela está escrita, para que o ubuntu só recebe atualizações a cada 6 meses, o que é mentira. Diariamente é possível atualizar, através das verificações realizadas pelo gerencimamento de atualizações. A cada 6 meses é disponibilizado uma nova versão do sistema operaciona, tradicionalmente em Abril e Outubro .04 .10. Isso, diariamente, seria impossível. Seria como o Ubuntu 11.01.01, Ubuntu 11.01.02, com 365 atualizações ano…

    Resposta: Augusto, isso foi o que disse o CEO do Ubuntu. Acredito que a ideia seria substituir essa nova versão semestral pelas atualizações diárias, introduzindo as novidades conforme forem lançadas, e não reunindo o pacote da nova versão.

  • Lucas diz: 26 de novembro de 2010

    Na realidade, o que aconteceu foi uma mal interpretação por parte da mídia das palavras do CEO do Ubuntu. No blog do cara, ele explica que foi mal compreendido: http://theravingrick.blogspot.com/

  • Ubuntu não vai mudar para distribuição “rolling release” | Infosfera diz: 26 de novembro de 2010

    [...] O Ubuntu não vai mudar para um sistema operacional com distribuição “rolling release” (de desenvolvimento contínuo). A informação foi dada pelo Diretor de Engenharia do sistema, Rick Spencer, em seu blog, após especulações feitas sobre declarações do fundador e CEO da Canonical, Mark Shuttleworth. [...]

Envie seu Comentário