Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O fim dos spams sobre remédio para impotência sexual?

20 de março de 2011 1
The following two tabs change content below.

Uma rede de spams que fazia ofertas falsas de medicamentos para combater a disfunção erétil foi desmantelada pela Microsoft, em uma ação conjunta com o laboratório Pfizer - fabricante do remédio Viagra - e com a empresa de segurança em informática FireEye. Chamada Rustock, a rede botnet usava cerca de um milhão de computadores infectados, controlados remotamente, para encaminhar as mensagens – a maioria oferecendo versões falsas de remédios e falsos anúncios de loteria.

Conforme explica um dos advogados da Microsoft, Richard Boscovich, a máquina era contaminada quando, por exemplo, o usuário visitava um site infectado e clicava em uma publicidade falsa, ou quando abria um documento anexado no e-mail. Os proprietários dos computadores invadidos não sabiam que seu equipamento estava sendo utilizado como zumbi.

Será esse o fim dos spams sobre remédio para impotência sexual? Acho difícil, já que cibercriminosos se multiplicam aos montes (opinem nos comentários).

Ainda assim, de acordo com a agência AFP, a Rustock era considerada uma das maiores redes do mundo, com capacidade de enviar até 30 bilhões de lixos eletrônicos por dia. Pode não ter acabado, mas, pelo menos, será um alívio na caixa de e-mail.

Envie TECNO para 46956 e receba as últimas novidades do mundo tecnológico. O custo por mensagem recebida é R$ 0,31 para todas as operadoras.

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@bloginfosfera

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • Marcelo diz: 21 de março de 2011

    Ainda bem que isso poderá diminuir os spams sobre impotência, pois de tantos e-mails que eu recebia sobre o tema, já estava começando a crer que eu precisava.
    Ou será que eles realmente me descobriram? :-)

Envie seu Comentário