Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

"A Wikipedia precisa das pessoas", diz palestrante da Wikimedia no fisl12

29 de junho de 2011 6
The following two tabs change content below.

Barry Newsted, chefe do departamento de Desenvolvimento Global da Wikimedia - companhia responsável pela famosa enciclopédia online Wikipedia – falou na tarde desta quarta-feira no 12º Fórum Internacional Software Livre (fisl12). Ele destacou a forma como o conhecimento disponibilizado no site é feito em total parceria com os usuários.

Se dizendo muito satisfeito por estar no evento, o palestrante começou provocando impacto ao pedir que ficassem de pé os espectadores presentes que já haviam usado a Wikipedia. Todos os ouvintes levantaram (eu, inclusive). Em seguida, ele falou sobre a visão da empresa: um mundo em que cada ser humano tenha livre acesso à soma de todo conhecimento.

Esse acesso, para Barry Newsted, dá-se pelo trabalho dos colaboradores que redigem, editam e opinam sobre os artigos:

- A Wikipedia precisa das pessoas - disse.

Conforme destacou o representante da Wikimedia, não há um “editor-chefe” que se responsabilize pela qualidade da informação; ela é construída pelos próprios usuários da enciclopédia online. Ele admitiu que muito lixo é escrito, são os autores que devem refletir antes sobre as informações que publicam.

O palestrante também salientou o interesse da companhia de estreitar seus laços com museus e bibliotecas – que, segundo ele, têm medo da Wikipedia. Leia no post anterior a cobertura ao vivo da palestra de Barry Newsted.

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@bloginfosfera

Comentários

comentários

Comentários (6)

  • Emanuele diz: 29 de junho de 2011

    Curtam esse vídeo com muita loucura…

  • Rogério diz: 29 de junho de 2011

    este negócio de cadastro realmente é chato de fazer. Quanto a Wikipedia, tenho 5 livros publicados e, como escritor, tentei colocar meu verbete lá. DELETARAM. Essa Wikipedia aceita lixo e não aceita coisas sérias, por isso desisti da Wikipedia e pelo jeito ela está perdendo visitantes, acho que é desespero deles.

  • Thiago diz: 29 de junho de 2011

    Grande cobertura, André.
    O Barry está certo em falar que precisam de pessoas, o que falta apenas é uma cultura de conhecimento colaborativo no Brasil. Isso faz parte da formação moral das pessoas, e dos valores que lhes são ensinados. Precisamos acabar com a idéia de que só devemos fazer algo quando vamos receber um valor monetário em troca.

    Resposta: Valeu, Thiago. E é verdade, muita gente torce o nariz para propostas colaborativas.

  • P@ulo diz: 30 de junho de 2011

    Deveria pedir para ficar de pé quem já tinha usado o wikipedia e acreditava no que estava escrito. Está é uma boa forma de medir o nível de ignorância atual da humanidade.

  • Ismael diz: 1 de julho de 2011

    Rogério diz:

    “tenho 5 livros publicados e, como escritor, tentei colocar meu verbete lá. DELETARAM. ”

    O que alegaram ? O texto foi bem escrito, não ficou com cara de auto-promoção ?

    Um problema que a Wikipedia tem na minha opinião é forçar o retrabalho. Um artigo é escrito independentemente por idioma.

    Além da questão do retrabalho, no caso do Português, ainda se tem a dificuldade que os resposáveis pelo idioma na wikipedia parecem ser muito mais rigorosos que no inglês. As vezes classificam algo como irrelevante q não é tanto assim, principalmente se tratando de um meio eletrônico, onde o custo é baixo.

  • Ismael diz: 1 de julho de 2011

    P@ulo

    “Deveria pedir para ficar de pé quem já tinha usado o wikipedia e acreditava no que estava escrito. Está é uma boa forma de medir o nível de ignorância atual da humanidade.”

    Eu acesso diariamente, procuro principalmente verbetes da minha área, computação. E geralmente são bem escritos (em inglês), completos e corretos.

    Quem dera ter isso na época que estava na faculdade, tem conteúdo lá resumido melhor que ensinado em aula de alguns professores.

    Artigos de política e história tendem a ter mais problema devido a terem grande influência de opinião.

    Mas vale o mesmo que as antigas enciclopédias, ninguém vai aprender neurocirurgia ali. Serve como um apanhado geral e indicador de onde procurar mais fontes para se aprofundar.

Envie seu Comentário