Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Microsoft recua e libera jogos usados no Xbox One

20 de junho de 2013 8
The following two tabs change content below.

Os gamers não fizeram protestos como os que estão movimentando o Brasil, mas também tiveram uma vitória. A Microsoft recuou nas políticas restritivas anteriormente anunciadas para o Xbox One e liberou a utilização de games de outros usuários no console. Assim, será possível emprestar, alugar ou comprar jogos usados – alternativas para o público que quer variar sem gastar muito.

Também foi abolida a necessidade de validação online a cada 24 horas para jogar. Logo, quem for para o meio do mato poderá seguir usando o videogame normalmente.

Leia também
>> PlayStation 4 aceitará jogos usados livremente e Sony alfineta Xbox One
>> Sony pode impedir que jogos do PlayStation sejam emprestados a amigos. Você concorda? Participe!
>> [Participe] novo modelo de PlayStation 3 é para barrar os desbloqueios?
>> Frame denuncia farsa em vídeo que supostamente mostra PlayStation 4
>> [Dica] Como escolher o idioma nos games do PlayStation 3

A empresa disse ter levado em conta o feedback dos consumidores. Vale lembrar que a Sony, uma das grandes rivais na atual guerra dos videogames, fabricante do PlayStation 4, também alfinetou a política da Microsoft (veja o vídeo abaixo).

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons no @crespani

Comentários

comentários

Comentários (8)

  • Marcio diz: 20 de junho de 2013

    Agora não adianta voltar atrás. O marketing foi estúpido e burro, se é que foi só isso. Nesta altura do campeonato, os fãs deveriam estar sonhando com a chegada do novo xbox, mas, porém, na verdade, entretanto, estão todos com raiva e indignados, na mesma proporção que estão anciosos pela chegada do concorrente PS4.

  • felipe diz: 20 de junho de 2013

    CooL!!!!!

  • PANDA diz: 20 de junho de 2013

    BATEM NA CARA E DEPOIS PEDEM DESCULPAS!!!…. POR MIM A M$, .NET, INTERNET EXPLORER, PODEM IR P/ O INFERNO… PROGRAMO EM JAVA, AMO PS3, E USO O CHROME!… A ÚNICA COISA Q PRESTA DA M$ É O WIN E O OFFICE, RESTO É LIXO.

  • Juliano diz: 20 de junho de 2013

    Cara, a pior cagada que a Microsoft faria, seria continuar com a história do XboxOne ser funcional somente com a conexão na internet.. agora lendo isso dos jogos, vejo que eles se ligaram e voltaram atrás… mas ainda assim eu fico com a Sony.

  • Rodrigo diz: 20 de junho de 2013

    Boa notícia, André.
    Embora a medida a recoloque na disputa em condição de igualdade com a Sony, considero imperdoável a tentativa da M$oft de testar até que ponto os consumidores engoliriam suas políticas absurdas de DRM.
    Ficarei com o PS4, obrigado.

  • Ismael diz: 21 de junho de 2013

    Lembrando que nesse escândalo todo do PRISM(Sistema espião do governo americano), muito se falou de Google, Facebook e outras.

    A MS, como de costume, não ganhou manchete, quanto muito ficou escondidinha nos textos. Mas sendo justo: pode ser pela irrelevância no mundo internet q ela tem (o que é bom).

    Pois bem, a MS foi a primeira das grandes a entrar no programa, se atirou gostoso. È aliás um costume dela.

    Lembram um ou dois anos atrás quando o Google resolveu sair da china quando descobriu de espionagem lá? Pois bem, o que disse a MS?

    Que o Google podia ir, a MS ia é ficar.

    E sim, tem a ver com video game, hoje muita gente usa isso pra acessar internet.

  • Jorgelei diz: 22 de junho de 2013

    Olá André!
    A notícia é boa, mas creio que veio tardia. Há um ditado que diz: “Três coisas nesta vida são irrecuperáveis; a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.” Pois é! A Microsoft perdeu a melhor oportunidade de emparelhar-se com a Sony. Mostrou o console primeiro e tinha tudo pra arrebatar novos fãs. Mas deu um tiro no próprio pé. Talvez a ganância ou a falta de sintonia com os gamers acabaram por tornar o Xbox One um fiasco. Só posso lamentar e esperar ansiosamente venda do PS4.

  • Felipe Honatel diz: 7 de setembro de 2013

    Mesmo assim ainda está muito caro.

Envie seu Comentário