Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Opinião: iPhone 6 de tela grande é como quando Grêmio ou Inter contratam um ex-craque do adversário

10 de setembro de 2014 13
The following two tabs change content below.

iphone61

Antes de iniciar já preciso admitir: esse texto é só para incomodar mesmo. Porque não sou defensor da Apple, nem da Samsung, nem do Android. Mas não foram poucas as vezes que vi fanboys da Maçã atacando funcionalidades e características da concorrência que, na edição seguinte, apareceram nos seus próprios gadgets.

>> iPhone 6 e Apple Watch: destaque e características dos lançamentos

capaCom um olhar imparcial, é possível ver vantagens e desvantagens em tudo. Meu xará de ruivice mesmo, o Piangers – que é um dos maiores fãs da Apple que conheço ao vivo – criticava o fato de o Samsung ter a traseira plástica, removível, permitindo enxergar a bateria. Pois bem, no SXSW, ele mesmo conta que ficou com cara de bobo quando a bateria do seu iPhone acabou, deixando-o na mão, enquanto os usuários do Galaxy recebiam a todo momento – DE GRAÇA – baterias carregadinhas para trocar.

16862986Outra coisa que o “Marco Véio” reclamava era o do tamanho da tela, o telefone que mal cabia no bolso – embora admitisse que era muito bom jogar Candy Crush na tela grande. Pois bem, ontem a Apple mostrou os novos iPhone 6. Com telas maiores, e em tamanhos diferentes – exatamente como modelos dos concorrentes. As semelhanças não param por aí. Até o design do iPhone deu uma boa mudada, arredondando as laterais e ficando bem parecido com um Galaxy.

Compare Galaxy S5 e iPhone 6 (respectivamente)

lado

Compare iPhone 5S e iPhone 6

apple-7-540x303
É necessário dizer, não é exclusividade da Apple “homenagear” as invenções adversárias. Já na falecida coluna do Infosfera na ZH uma vez eu havia comentado que, no mundo da tecnologia, ocorre um “avanço com os pés alheios“. A concorrência lança algo, que será aperfeiçoado e lançado no meu produto, e, em seguida, o mesmo ocorrerá no do oponente.

Isso, para mim, é como quando Grêmio ou Inter (troque por Figueirense e Avaí se estiver me lendo em Santa Catarina) contratam um ex-craque do adversário. Que fique claro, ex DO ADVERSÁRIO, mas ainda craque. Estamos admitindo, nesse caso, que o “inimigo” tinha algo que a gente admirava e queria – o que não é, penso eu, nenhuma vergonha.

gremio

O que não dá mais é para dizer que a Apple é a inovação do mundo e que as outras marcas só copiam. Ou o que os fanboys da Apple vão dizer desse iPhone 6 Plus grandalhão que parece um Galaxy?

E sobre o Apple Watchaplle

Para não dizer que não falei de smartwatch. Ontem, quando estava acompanhando os lançamentos, alguém comentou: Steve Jobs jogaria esse relógio na parede. O problema do Apple Watch é, para mim, no entanto, o de todos os relógios inteligentes: ainda não é legal.

VJames_Bond_(Roger_Moore)_-_Profileocê fica pensando em um dispositivo estilo James Bond, e o que vem é algo para compartilhar seus batimentos cardíacos. Muito útil para sua mamãe certificar-se que você está bem. E ainda é obrigatório ter um iPhone para usá-lo, o que torna o relógio um periférico, não um aparelho em si.

Todavia, faço uma ressalva: quando a Apple mostrou o primeiro tablet, o primeiro iPad, eu torci o nariz. Os netbooks estavam em alta e eu achava aquela prancheta sem teclado dispensável. Hoje, meu tablet é de longe o aparelho que mais uso, pela praticidade e bom tamanho da tela para ler quadrinhos. Quem sabe, em algum tempo, vou estar enfiando os dedos na tela do relógio.

Comentários

comentários

Comentários (13)

  • Gabriel diz: 10 de setembro de 2014

    Beleza, falou da aparência e tal, oque é fato, ainda que o iPhone 3GS já fosse “arredondado”.
    Agora e quanto a “beleza interior”? Foi apenas um cópia e cola das marcas concorrentes ou voltou a se destacar???

    Apple não chegou onde chegou simplesmente pela aparência dos aparelhos (ao contrário da samsung), mas sim pela qualidade interna de seus aparelhos.

    Não sou Applemaniaco, já tive iPhone, atualmente tenho um aparelho android e um ipad e honestamente, sinto falta da qualidade que um iPhone proporciona….

  • guilherme diz: 10 de setembro de 2014

    Excelentes comentários…lucidos e verdadeiros…parabens…

  • joao diz: 10 de setembro de 2014

    que comparação idiota, só podia vir da rbs

  • Felipe Ferreira diz: 10 de setembro de 2014

    Se a gente for pensar bem a Apple nao se baseou no Galaxy em realaçao ao “arredondamento”…os primeiros iPhones eram arredondados! Foi mais uma volta as origens.

  • zoom diz: 10 de setembro de 2014

    Na verdade o iphone 6, Galaxy S5 (tenho este), Xperia X2, Nokia 1020 são todos ótimos aparelhos. Se um for melhor que o outro é por misero detalhe. É mais o gosto pessoal que define qual ter.

  • Geison diz: 10 de setembro de 2014

    Gabriel, respondendo sua pergunta: “Agora e quanto a “beleza interior”? Foi apenas um cópia e cola das marcas concorrentes ou voltou a se destacar???” Sim, foi apenas um cópia e cola! heheheheh Todo lançamento a mesma coisa, ignorantes da apple, achando que o mundo mudou, enquanto tudo já esteve ai!!

  • Cleber diz: 10 de setembro de 2014

    Concordo com o ‘zoom’. Entre os tops de cada fabricante não há grandes diferenças, a não ser gosto pessoal.

  • Cristiano Oliveira diz: 10 de setembro de 2014

    Os caras continuam falando em Apple e Samsung, enquanto a Motorola esta arrebentando em termos funcionalidades, usabilidades e inteligencia. O moto x é o melhor smatphone da atualizadade. o telefone que verifica tudo a redor, comandos UTEIS de voz, comandos UTEIS de estados (Dormindo, dirigindo, em casa, etc…), resumindo o hardware e os aplicativos interagem entre si para dar o maximo de experiencia para o usuario. Do que adianta ter um Hardware potente se não tem o que fazer com ele.

  • Luana diz: 10 de setembro de 2014

    O design não é cópia do galaxy, é bem como você disse um retorno às origens, lembra o iphone 3gs. Não gostei muito do design, mas o que importa é a qualidade e “o que tem dentro” e um android nunca será um ios!

  • Lucia diz: 10 de setembro de 2014

    não vou criticar essa tua opinião… pois opinião é que nem … todo mundo tem, outra coisa “… como quando… ” não tem revisor ??? só na RêBêÉsse mesmo…

  • Thaty diz: 10 de setembro de 2014

    Mto legal..mas pra mim tanto faz..nunca vou ter um iphone 6 msm kk

  • Ismael diz: 11 de setembro de 2014

    Crespani, assim você não vai longe na vida. Sendo sereno, equilibrado e imparcial… Não é assim que a internet funciona, tem de ser polemista. (Só um jeito mais ameno de elogiar o texto)

    Sobre o relógio, vai fazer sucesso, crianças vão adorar essa tela cheia de coloridinhos. Quem sabe na parada gay também, os paulistas lá vão a loucura pensando que foi homenagem.

    Sério, que coisa bizarra.

    Acho o Moto 360 bem bonito, mas todos esses relógios tem um problema: são relógios.

    Parei de usar isso nos anos 90(sim, to velho), antes de ter celular. Porcaria que só atrapalhava, e eu vivia raspando ele em tudo q é lugar, a velha descoordenação.

    Todos esses relógios me parecem um desespero por inovação, por achar um novo nicho.

Envie seu Comentário