06 jul10:07

Obituário: Ricarda de Andrade

Dois de julho, Dia do Bombeiro, era especial para Ricarda de Andrade, já que os dois filhos faziam parte da corporação. Orgulhosa, ela costumava ligar para os batalhões e parabenizar os profissionais. Em 2001, um dos filhos morreu. Natural de Taió, Ricarda foi em busca da vida perto do mar, em Itajaí.

E, justo no Dia do Bombeiro, um câncer no útero a venceu, aos 70 anos. O corpo foi enterrado no Cemitério de Gaspar. Haverá missa de sétimo dia sexta-feira e domingo.

Por Jornal de Santa Catarina

Por

Comentários