clicRBS
Nova busca - outros
22 fev10:56

As figurinhas do Navegay

Perucas coloridas, maquiagens reluzentes e desajeitados saltos altos tomaram conta da Avenida João Sacavem, no Centro, na tarde de ontem. Homens de todas as idades renderam-se aos trajes e trejeitos femininos para participar do Navegay, o maior bloco de sujos da região, que reuniu cerca de 30 mil pessoas para um desfile de alegria.

A animação começava no ferry boat que faz a travessia entre Itajaí e Navegantes – rota preferida pelos foliões que vieram de fora. Mesmo sob calor forte, meias-calças e roupas apertadas espalhavam-se pela embarcação.

E se engana quem pensa que só os jovens encontravam coragem e animação para caprichar no visual feminino. Aos 60 anos, Ademar Brun abusou das cores na maquiagem, que deram destaque ao robusto bigode. Sorridente, ele conta o segredo para fazer bonito no Navegay:

– Criatividade na hora de se montar, desta vez vim de vedete do teatro de revista

Banho com mangueira dos Bombeiros aliviou o calor de 34 °C

Cristiano Moreira, escritor, viu o bloco passar na sacada de casa usando vestido e uma tiara com laço no cabelo, fantasia montada pela mulher. Para ele, o Navegay simboliza mais do que uma brincadeira:

– Quebra a ordem em que a cidade vive o ano todo. Na avenida, não há hierarquia de classes.

A animação teve a companhia de trios elétricos, que fizeram os foliões dançarem até a noite. Mas, embora a música fosse a vedete da festa, a atração mais procurada era o caminhão dos Bombeiros Voluntários. Uma mangueira de combate a incêndio despejou água sobre o público e ajudou a aliviar o calor, que chegou a 34ºC – um banho de alegria.


Com maquiagem e um robusto bigode, Ademar Brun, de 60 anos, se divertiu ao estilo vedete de revista


Por

Comentários