clicRBS
Nova busca - outros
22 fev09:25

Hotéis do Litoral passam o Carnaval com a casa cheia

Janaina Cavalli
janaina.cavalli@diario.com.br

Acabou o feriadão mas o setor hoteleiro continua comemorando. Este foi o melhor Carnaval dos últimos anos, com taxas de ocupação acima de 90% no Estado. Os estabelecimentos de Balneário Camboriú e das praias de Florianópolis lotaram. 
E para muitos hotéis de SC, o Carnaval não marca o final da temporada. O bom tempo e o começo oficial do ano trazem um novo público em março. 

Para João Eduardo Moritz, presidente da Associação Brasileira da Indústria dos Hotéis do Estado (ABIH/SC), a expectativa de 90% de ocupação nos hotéis de Santa Catarina neste feriado com certeza foi superada. Fazem parte da associação 210 estabelecimentos do Estado. 

Em Florianópolis, a projeção do sindicato local é de ocupação de cerca de 85% dos quartos, um aumento de quase 20% sobre a taxa do ano passado, e o melhor resultado dos últimos cinco anos para o período (veja quadro). O Majestic Palace Hotel, na Avenida Beira Mar Norte, área nobre da Capital, registrou uma taxa de ocupação de 98% no Carnaval, um aumento expressivo sobre os 85% do ano passado. Para o gerente operacional Júlio César Dias, o que fez a diferença foi a data do Carnaval deste ano, mais cedo do que em 2011 (no dia 8 de março), estimulando o turista a prolongar as férias.   

— O feriado foi só no início da volta às aulas, e as famílias conseguiram se programar melhor para viajar do que no ano passado, com o Carnaval tardio. Para ajudar, o tempo se manteve firme — observou o gerente. 

O mesmo motivo garantiu o crescimento das reservas do hotel Costa Norte, nos Ingleses, no Norte da Ilha. De acordo com a gerente de hospedagem Márcia Freitas, até o Carnaval, fevereiro registrou 83% de ocupação. A taxa para o mesmo mês do ano passado foi de 75%.

Nos dois hotéis, a expectativa é de que o movimento caia um pouco, em março, mas continue aquecido. Júlio César afirma que, no Majestic, o ano começa em março para o público de negócios e eventos. Já a gerente do Costa Norte conta com o calor e os preços das reservas em queda, depois do feriadão, para manter uma ocupação de 75% no hotel. O movimento vai até a semana de Páscoa, quando o estabelecimento alcança lotação máxima novamente. 

Tarcísio Schmitt, presidente do Sindicato dos Hotéis de Florianópolis, acrescenta que, a partir do Carnaval, a cidade oferece opções para um novo público, o que prefere descansar. A temporada só fecha mesmo depois da Páscoa, quando, segundo o Schmitt, os uruguaios comparecem em peso. 

— A próxima data importante para a hotelaria é a semana santa, principalmente por causa do feriado de 10 dias no Uruguai — afirma.  

Segundo o presidente da ABIH-SC, os hotéis-fazenda e de águas termais também se destacaram, acompanhando os registros de ocupações próximas dos 100% no Estado. No Resort Plaza Caldas da Imperatriz, em Santo Amaro da Imperatriz, todos os quartos foram ocupados. Segundo o assistente da gerência, Flávio Barcelos, o hotel, que costuma receber turistas do Norte de Santa Catarina, neste Carnaval, hospedou uma maioria de gaúchos e paranaenses.

Por

Comentários