10 jun06:37

Groupama vence Regata In Port e abre vantagem na Volvo Ocean Race

Dagmara Spautz – Enviada especial, Portugal  | dagmara.spautz@santa.com.br

A equipe Groupama venceu a regata In Port neste sábado, em Lisboa, e abriu vantagem sobre a Telefónica, que já havia perdido a liderança na travessia entre Miami (EUA) e Portugal. Penalizados por uma manobra supostamente irregular, os espanhóis terminaram a prova em último lugar e conquistaram somente um ponto. 

A apenas uma etapa da grande final, o resultado significa, para os franceses, estarem mais próximos de vencer a Volvo Ocean Race – embora a diferença entre os quatro primeiros colocados ainda seja muito pequena. 

Groupama liderou boa parte da prova, e chegou com folga à reta final. Já o Telefónica sofreu a penalidade após ter encostado no barco Puma. Para completar a maré de pouca sorte dos espanhóis, a corda que segura a vela balão arrebentou, justo no momento em que a equipe ensaiava uma recuperação.

Responsável pelo cumprimento das regras no Telefónica, Luís Sáenz Mariscal disse que a equipe não concorda com a posição dos juízes. Segundo ele, o Puma deveria ter se movido de forma a evitar a colisão que resultou no atraso da equipe espanhola. 

Mariscal acredita que o resultado da regata teria sido outro se a equipe não houvesse sido penalizada. Apesar disto, não há possibilidade de recurso.
Iker Martinez, comandante do Telefónica, deixou o veleiro com expressão preocupada. Em entrevista, logo após a regata, disse não entender a posição do juri:

— Estou 100% certo de que tínhamos razão, estou muito desiludido e desanimado — confessou Iker, que espera que o mau desempenho na etapa de Lisboa não venha a definir o resultado da equipe.

Diferente do comandante espanhol, o líder do Groupama, Franck Cammas, era só sorrisos quando desceu do barco junto à Vila da Regata. Disse que a vitória aumenta a confiança da equipe para a próxima etapa, que será disputada na França. Mas prefere não falar em vantagem:

— Não tenho certeza de que estamos em vantagem, porque todas as equipes conhecem muito bem a costa francesa. Precisamos é de vento, porque nossos concorrentes são muito rápidos — disse Cammas.

Próximo trajeto será decisivo

Embora tenha conquistado mais seis pontos com a vitória na Regata In Port, somando 189, a diferença entre Groupama e Camper, quarto colocado, é de apenas 23 pontos. O trajeto entre Lisboa e Lorient conta 30 pontos para o vencedor – e, portanto, pode levar qualquer um dos quatro primeiros a liderar a prova.

É esta a expectativa que move Ken Read, comandante do Puma. A equipe ficou em segundo lugar na Regata In Port, e não espera nada além da vitória:

— Estamos brigando pelo primeiro lugar — avisou.

A largada ocorre neste domingo, a partir das 13h no horário local – 9h no Brasil

TABELA

Regata In Port Lisboa
1 – Groupama
2 – Puma
3 – Camper
4 – Abu Dhabi
5 – Sanya
6 – Telefónica

Classificação Geral
1 – Groupama – 189 pontos
2 – Telefonica – 181
3 – Puma – 176
4 – Camper – 166
5 – Abu Dhabi – 107
6 – Sanya – 34

JORNAL DE SANTA CATARINA

Por

Comentários