clicRBS
Nova busca - outros
11 jul10:59

Exercício é a atividade mais adiada

Por Diário Catarinense

Você adiou a prática de exercício físico recentemente? Deixou de lado aquele livro recém-comprado? Protelou o início da dieta? Pensou em planejar as finanças, mas ainda não botou em prática? De acordo com uma pesquisa recente, é muito provável que você tenha respondido sim a pelo menos uma dessas questões.

Exercício físico, leitura, saúde e planejamento financeiro foram as alternativas mais escolhidas quando a empresa Triad Productivity Solutions, realizadora da pesquisa, perguntou pela internet a 4.102 pessoas de 22 estados brasileiros o que elas tinham adiado nos últimos meses. Protelar a ida à academia ou qualquer outra prática de exercício físico foi o item campeão, com 68% das indicações do grupo, enquanto os outros receberam, respectivamente, 64%, 53% e 47% dos votos.

Outra pergunta incluída na pesquisa foi: você procrastina atividades ao longo de sua rotina? Quase todos (97,4%) disseram que sim. “É da nossa natureza, ninguém é robô, programado para fazer tudo na hora certa”, afirma o especialista em produtividade Christian Barbosa.

De maneira geral, as tarefas pessoais acabam sendo as mais adiadas, com 26% dos consultados afirmando que procrastinam na vida pessoal contra 13% assumindo o mesmo em relação a atividades profissionais. “Talvez porque na vida pessoal, em alguns casos, ninguém fique cobrando que você leia determinado livro, ou que organize seu armário, etc. No trabalho, você tem chefe, colegas e clientes que esperam o resultado de sua produção e ficam no seu pé”, afirma Barbosa.

São muitos os motivos que levam as pessoas a procrastinar. Entre os itens apontados pelos entrevistados, a distração com a internet (e-mails, redes sociais, blogs) é o maior deles, com 62,3% das indicações. Em segundo lugar, está a falta de energia para fazer as atividades, com 60,4%.

“Não há nada de errado em procrastinar de vez em quando, o problema é quando isso começa a ficar crônico e passamos a adiar frequentemente coisas que não poderiam ser adiadas. Há pessoas que adiam viver com qualidade, adiam sua saúde, seus relacionamentos, seus sonhos e ideias. O importante é entender que nem sempre esse é um comportamento negativo”, destaca o especialista.

Por

Comentários