Marcílio Dias

10 jun06:57

Metropolitano bate Marcílio Dias em jogo-treino

O Metropolitano levou a melhor sobre o Marcílio Dias em jogo-treino, nesta sexta-feira, no Estádio Guilherme Jensen. Com dois gols do atacante Rafael Costa, o Metrô bateu o Marinheiro por 2 a 1. Os dois gols do time de Blumenau foram marcados na primeira etapa. O Marcílio descontou na etapa complementar, com o atacante Pablo.

No sábado, o Verdão volta a campo para outro jogo-treino. O time blumenauense vai até Indaial, também às 15h, para enfrentar o XV de Outubro, no Estádio Gigante do Vale.

Metrô e Marcílio se preparam para a Série D do Brasileiro, que segue sem data definida para iniciar.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
29 mai10:03

Marcílio Dias comemora mais tempo de preparação para Série D

Everton Sieman, Jornal de Santa Catarina

Futebol é imprevisível. A frase, surrada, ganha contornos de realidade com a indefinição que se instalou nas divisões inferiores do Campeonato Brasileiro. Seis dias depois de terem sido suspensas por ordem da Justiça Desportiva, as séries C e D seguem sem data para a bola rolar. As duas competições estão adiadas até que os processos envolvendo Brasil de Pelotas (RS), Treze (PB), Rio Branco (AC) na Justiça Comum, sejam resolvidos. Um adiamento que é visto de maneira bem distinta pelos times do Vale que vão jogar a quarta divisão: Metropolitano e Marcílio Dias.

O copo meio cheio

No Marcílio Dias, o técnico Agenor Piccinin comemora os dias a mais que ganhou para trabalhar com o grupo, que ainda está em fase de montagem.

– A gente perde no motivacional dos atletas, mas ganhamos mais dias para trabalhar com o grupo. No todo, acho que a gente sai ganhando – comentou.

Nesta segunda-feira, a diretoria marcilista confirmou a contratação de mais dois reforços: o volante Marcelino, 31 anos, e o meia Thiago Marin, 27, ambos ex-Araxá (MG). Outros três atletas devem ser apresentados hoje: um zagueiro, um meia e um atacante.

PREPARAÇÃO DO MARINHEIRO
- Começou a treinar no último dia 10
- Em jogo-treino, quinta-feira passada, o Marcílio venceu o XV de Outubro, de Indaial, por 1 a 0, com gol do zagueiro Gustavo
- A diretoria programa jogos-treinos para entrosar a equipe. Amanhã, o rubro-anil vai até Joinville para enfrentar o time B do tricolor
O copo meio vazio
No Metropolitano, o clima é desapontamento. O técnico Cesar Paulista não ficou nada feliz com a suspensão das partidas.

– Esse atraso nos atrapalhou. Acredito que estaríamos à frente dos demais, porque começamos a preparação antes – ponderou, lembrando que o grupo trabalha desde o fim de abril.

O time verde iniciou a semana com o planejamento de jogar no domingo, contra o Juventude, no Sesi. Caso o cenário não se altere e a suspensão das partidas seja mantida, o Metrô deve fazer dois jogos-treinos.

PREPARAÇÃO DO METRÔ
- Começou a treinar dia 23 de abril
- Disputou três jogos-treinos: perdeu para o Sub-23 do Atlético-PR por 2 a 1, e venceu duas vezes o time Júnior, por 6 a 1 e 3 a 0
- Caso não tenha jogo no fim de semana, o Metrô deve fazer mais dois jogos-treinos. A diretoria tem pré-agendado confrontos contra o Caxias (RS), sexta-feira, e com o Juventus, de Jaraguá do Sul, no sábado, em locais indefinidos
Comente aqui
25 mai09:05

Rodada de abertura da Série D está adiada

As primeiras rodadas das Séries C e D do Brasileiro, inicialmente previstas para o fim de semana, estão oficialmente adiadas. Como nesta quinta-feira não houve definição na polêmica jurídica que ameaça os dois torneios, não há mais prazo legal, respeitando o Estatuto do Torcedor, para marcar jogos para amanhã e domingo.

Mesmo sem um comunicado oficial por parte da CBF, clubes que entrariam em campo no fim de semana – caso do Metropolitano, que enfrentaria o Juventude (RS) no Sesi –, já foram comunicados do adiamento da rodada. O presidente do clube blumenauense, Erivaldo Caetano Jr, o Vadinho, confirmou que recebeu a informação do departamento técnico da FCF.

Sem jogo, o Metrô busca amistosos para ajustar a equipe do técnico Cesar Paulista. É provável que enfrente amanhã o Marcílio Dias – outro representante catarinense na Série D, mas na outra chave e que estreia apenas na 2ª rodada.

Pivôs da crise, Brasil e Treze estão suspensos pela Fifa

A Fifa respondeu de forma dura, ontem, e anunciou a suspensão do Brasil de Pelotas (RS) e do Treze (PB), clubes que pleiteiam vagas na Série C, por terem movido ação na Justiça comum contra a CBF. A dupla não poderá disputar competições oficiais até que retirem as ações nos Tribunais de Justiça locais do Rio Grande do Sul e da Paraíba.

A CONFUSÃO QUE PAROU AS SÉRIES C E D
- O Brasil de Pelotas foi punido em 2011 por escalar o lateral Cláudio de forma irregular. Ele teria que cumprir suspensão de 2010, quando atuava pelo Ituiutaba (hoje Boa Esporte). Com a perda de seis pontos, acabou rebaixado para a Série D, o que beneficiou o Santo André (SP).
- Quinto colocado na Série D de 2011, o Treze quer a vaga do Rio Branco (AC), que acionou a Justiça comum para ter o estádio liberado. Por isso, o Treze acionou o TJ-PB para ficar com a vaga. O Araguaína (TO), que foi rebaixado no lugar do clube acreano, também pleiteia esta mesma vaga.
Comente aqui
23 mai18:22

STJD suspende as séries C e D do Brasileiro

A bola não tem data para começar a rolar nas séries C e D do Campeonato Brasileiro. O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Rubens Aprobatto, suspendeu nesta quarta-feira à tarde, por tempo indeterminado, os jogos das duas últimas divisões do futebol nacional até que seja resolvido o imbróglio jurídico que envolve Santo André (SP), Brasil de Pelotas (RS), Treze (PB), Rio Branco (AC) e Araguaína (TO).

Os cinco times brigam, com ações e medidas judiciais, por vagas na terceira divisão nacional.

Veja mais informações sobre o caso no Santa desta quinta-feira.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
16 mai09:11

Marcílio Dias apresenta novo goleiro

O Marcílio Dias anunciou nesta terça-feira a contratação do goleiro Edmar para reforçar a defesa no Campeonato Brasileiro da Série D. Vindo do Mato Grosso do Sul, onde foi campeão estadual vestindo a camisa do Águia Negra, Edmar já treina com a camisa do Marinheiro.

Na segunda-feira, outros seis atletas já haviam sido anunciados para compor o novo elenco do Marcílio Dias. O goleiro Rodolfo Fernandes, os zagueiros Mateus e Glauco, o volante Lucas e o atacante Geninho também iniciaram os treinos.

Com eles, o número de contratações do Marinheiro soma 13 – contando os cinco jogadores apresentados na semana passada. O clube segue à procura de talentos, e a previsão é que mais três a cinco atletas possam ser anunciados nos próximos dias.

Sob comando do técnico Agenor Piccinin, o Marcílio Dias, que terminou o Catarinense 2012 rebaixado, espera conquistar uma vaga na Série C do Brasileiro.


BLOG DO LITORAL

Comente aqui
11 mai14:11

Marcílio Dias apresenta mais três reforços nesta sexta-feira

A diretoria do Marcílio Dias confirmou nesta sexta-feira a contratação de mais três jogadores para a disputa da Série D do Brasileiro.

O meia Cléber Oliveira (ex-São José-RS), 26 anos, o lateral João Paulo Paulino (ex-São Luiz-RS), 28 anos, e o atacante Etinho (ex-Sport-AL), 27 anos, foram apresentados e já foram incorporados ao elenco comandado pelo técnico Agenor Piccinin.

Dos três, o lateral João Paulo Paulino é conhecido dos torcedores da região. O jogador defendeu o Metropolitano na Série D de 2010.

Com eles, já somam sete os atletas que chegaram ao Marinheiro esta semana. Na quinta-feira foram apresentados o goleiro João Ricardo, o meia Diego, o lateral Jucá e o zagueiro Gilvan.

O Marcílio Dias, que terminou o Catarinense 2012 rebaixado, terá que reconquistar a confiança para buscar resultados em campo. A equipe está sob o comando do técnico Agenor Piccinin, que espera levar o Marinheiro à Série C.

JORNAL DE SANTA CATARINA

1 comentário
11 mai09:11

Marcílio Dias apresenta reforços para Série D

Dagmara Spautz, Jornal de Santa Catarina

O Marcílio Dias apresentou nesta quinta-feira os quatro primeiros reforços para enfrentar a Série D do Brasileiro. Foram contratados o goleiro João Ricardo, que atuava pelo Brusque, o meia Diego, do Camboriú, o lateral Jucá, que disputou o Gauchão pelo Lajeadense, e o zagueiro Gilvan, que estava no Londrina (PR).

Os jogadores chegam ao Marinheiro com a missão de ajudar o clube, que terminou o Catarinense rebaixado, a reconquistar a confiança do torcedor. Recém-chegado, o técnico Agenor Piccinin anunciou, no início da semana, que o Marcílio Dias vai brigar por uma vaga na Série C. E o espírito parece ter sido absorvido pelos novos contratados:

– Vamos dar a volta por cima, mostrar a força que o Marcílio Dias sempre teve – disse o goleiro João Ricardo.

Para o meia Diego, a disputa da Série D também é uma oportunidade de mostrar serviço.

– A Série D é uma vitrine.

Os jogadores tiveram uma avaliação médica e começaram a treinar ontem mesmo. Até o final de semana, a expectativa é que a equipe já esteja com 16 a 18 atletas. Domingo, todos passarão por avaliação física específica, que indicará as reais condições de cada um e as prioridades no treinamento.

Comente aqui
09 mai08:26

Marcílio Dias quer recomeçar a temporada

Dagmara Spautz, Jornal de Santa Catarina

Agenor Piccinin chegou ao Marcílio Dias com uma missão ousada: levar a equipe, que terminou o Catarinense 2012 rebaixado, a uma vaga na Série C do Brasileiro. O técnico, apresentado ontem, quer recuperar o crédito do torcedor no Marinheiro com um grupo comprometido e focado em resultados.

A partir de hoje, os jogadores do elenco que disputou o Catarinense e permaneceram no Marcílio Dias serão avaliados. É possível que novas contratações também sejam apresentadas ainda hoje. A expectativa é que 10 a 12 atletas reforcem a equipe.

A preparação física ficará a cargo de Emerson Buch, que ocupa o cargo no Marinheiro pela segunda vez. O tempo para deixar os jogadores prontos é curto, já que o Marinheiro estreia na Série D em 3 de junho, contra o Cerâmica (RS), fora de casa. Mas, segundo ele, o desafio é possível:

– Estamos tentando trazer o máximo de atletas em atividade. Isto facilita o trabalho, ganhamos tempo – disse Buch.

Marlon Bendini, diretor de futebol do Marinheiro, está confiante. A ideia, segundo ele, é deixar para trás a falta de resultados no Catarinense 2012 e focar em uma nova fase:

– Não é uma aposta, mas uma garantia de que teremos um bom trabalho.

‘Peço um crédito ao torcedor’

Jornal de Santa Catarina: O que pesou na decisão de vir a Itajaí?

Agenor Piccinin: É um desafio muito grande, não só de resultados, mas de resgate de uma série de fatores. Temos que recuperar o sonho do torcedor, do investidor, e a realização da parte administrativa. Tenho uma história bonita no futebol e quero dar o máximo de mim para que o Marcilio se torne como foram, e como são hoje, equipes em que eu trabalhei, como Cianorte, Toledo e a própria Chapecoense. Quero fazer a mesma coisa aqui.

Santa: Como é assumir uma equipe desacreditada perante o torcedor?

Piccinin: Peço um crédito ao torcedor. Magia, no futebol, não existe. Vamos procurar as peças certas, um grupo que tenha personalidade forte, porque temos que reverter o quadro. Estamos buscando no mercado nacional um grupo competitivo, de 18, 20 atletas, e vamos buscar o acesso à Série C. É lógico que é um começo de trabalho árduo, difícil, mas temos todas as condições de reverter este quadro.

Santa: É possível montar a equipe que se espera num espaço de tempo tão curto?

Piccinin: É difícil. Nós estamos trabalhando desde que assumi o compromisso, estamos buscando atletas. Acho que no futebol se olha muito o espetáculo. Nós vamos buscar o resultado.

Comente aqui
08 mai17:22

'Vamos buscar a vaga na Série C', diz novo treinador do Marcílio Dias

Agenor Piccinin chegou ao Marcílio Dias com uma missão ousada: levar a equipe, que terminou o Catarinense 2012 na lanterna, a uma vaga na Série C. O técnico, apresentado oficialmente na tarde desta terça-feira, quer recuperar o crédito do torcedor no Marinheiro com uma equipe comprometida e focada em resultados.

- Vamos buscar a vaga na Série C – afirmou Piccinin

A partir desta quarta-feira, os jogadores do elenco que disputou o Catarinense e permaneceram no Marcílio Dias serão avaliados. É possível que novas contratações também sejam apresentadas. A expectativa é que 10 a 12 atletas reforcem a equipe.

A preparação física ficará a cargo de Emerson Buch, que ocupa o cargo no Marinheiro pela segunda vez. O tempo para deixar os jogadores prontos para enfrentar os adversários é curto, já que o Marcílio Dias estreia na Série D em 3 de junho.

- Estamos tentando trazer o máximo de atletas em atividade. Isto facilita o trabalho, ganhamos tempo – diz Buch.

Marlon Bendini, diretor de futebol do Marinheiro, está confiante no trabalho da equipe técnica. A ideia, segundo ele, é deixar para trás a falta de resultados no Catarinense 2012.

- Não é uma aposta, mas uma garantia de que teremos um bom trabalho – afirma.

Comente aqui
07 mai16:29

Marcílio Dias contrata comissão técnica para Série D

Depois de anunciar o nome de Agenor Piccinin como treinador, o Marcílio Dias seque definindo a comissão técnica para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

Nesta segunda-feira, a diretoria do Marinnheiro confirmou a contratação do preparador físico Emerson Buck. No currículo, ele apresenta conquistas como campeão brasileiro da Série B e bicampeão Catarinense.

Comente aqui