clicRBS
Nova busca - outros

Segurança

04 jun12:19

Gaeco inaugura nova sede em Itajaí

Itajaí conta agora com uma nova sede do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). A cerimônia de inauguração ocorreu na última sexta-feira, no auditório da sede da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri).

O Gaeco é um grupo criado pelo Ministério Público com o intuito de combater o crime organizado em Santa Catarina. A instalação de uma sede em Itajaí visa combater os crimes localizados na região, como nos delitos de maior importância e dano à sociedade.

Durante a solenidade foi empossado o coordenador do Gaeco de Itajaí, o promotor Jean Michel Forest, que destacou a importância do grupo e como será a atuação, que contará com o apoio da Polícia Militar, Civil e da Secretaria do Estado da Fazenda.

Em 2011, os Gaecos realizaram 28 operações, que resultaram em 61 prisões e na execução de 146 mandados de busca e apreensão.

Comente aqui
01 jun14:11

Presídio de Balneário Camboriú será entregue à SSP em 10 dias

Desocupado na manhã de quinta-feira, o Presídio Regional de Balneário Camboriú será entregue à Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP) em 10 dias. Por enquanto, o prédio passa por uma inspeção em busca de informações voltadas à segurança prisional.

Até agora foram recolhidas armas de fabricação caseira e uma pequena quantidade de maconha. A expectativa é que nos próximos dias o prédio seja totalmente esvaziado.

BLOG DO LITORAL

Comente aqui
31 mai15:00

Presídio Regional de Balneário Camboriú é desocupado

Presídio Regional de Balneário Camboriú foi desocupado nesta quinta-feira, dentro do prazo determinado pelo Juiz Corregedor Roque Cerutti. Os últimos 59 detentos foram transferidos no início da manhã. Agora, o Departamento Estadual de Administração Prisional (Deap) está providenciando a retirada de equipamentos e documentos do local, o que deve levar dois dias, segundo o Deap.

A interdição definitiva foi determinada pela Justiça no final do mês de janeiro. O Juiz Corregedor deu 120 dias para a desocupação total. O prazo terminou nesta quinta-feira. Os presos começaram a ser removidos em abril. Eles foram transferidos aos poucos para outras unidades prisionais de Santa Catarina, principalmente para o Complexo da Canhanduba, em Itajaí. As mulheres foram levadas para o presídio do Bairro Nossa Senhora das Graças, também em Itajaí. Os detentos de outros municípios foram transferidos para as respectivas comarcas.

BLOG DO LITORAL (Com informações de Deise Somariva, RBS TV)

Comente aqui
31 mai09:10

Presídio de Balneário Camboriú fecha as portas

Dagmara Spautz, Jornal de Santa Catarina

Se o prazo determinado pela Justiça para a desativação do Presídio Regional de Balneário Camboriú for cumprido, a unidade terá as grades fechadas, nesta quinta-feira, pela última vez. A ordem de interdição foi dada há quatro meses, quando começaram as transferências para outras prisões. Até o início da noite de quarta-feira, porém, o Departamento Estadual de Administração Prisional (Deap) ainda buscava vagas para os últimos 80 detentos que permaneciam no presídio.

– Estamos trabalhando para isso, mas é algo que só vamos saber na quinta-feira – disse Leandro Soares de Lima, diretor do Deap.

Quarta à tarde, o movimento de carros oficiais e uma porção de objetos deixados para trás pelos presos, em frente ao presídio, anunciavam que havia chegado a hora da partida. Alguns detentos tiveram os processos revistos, e pelo menos um deles conseguiu progredir para o regime aberto e voltar para casa. Entre os demais, a prioridade de transferência era para presídios da região, como Itajaí, Blumenau, Itapema, Indaial e Tijucas.

Mas não está descartada a possibilidade de detentos serem enviados para pontos mais distantes no Estado, mesmo que provisoriamente. A expectativa do Deap é iniciar, em breve, a construção de uma nova ala no Complexo Prisional da Canhanduba, para onde os presos que não conseguirem vagas em locais mais próximos poderão ser transferidos.

A interdição do Presídio de Balneário Camboriú foi assinada pelo juiz corregedor da unidade, Roque Cerutti, em resposta a uma ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Feito para abrigar 100 detentos, o presídio costumava ter três vezes a lotação máxima. Por falta de espaço, as celas não eram trancadas e os presos dormiam em colchonetes no pátio, sem abrigo do sol ou da chuva.

– Não havia possibilidade de reeducação. O fechamento do presídio é uma vitória da sociedade – diz o juiz corregedor.

Cercado de casas e comércios, no Bairro das Nações – um dos mais populosos de Balneário Camboriú – o presídio também esbarrava na insegurança. Desde o ano passado foram pelo menos quatro fugas. A última delas na noite de terça-feira, quando Carla Juliana Mengarda, 30 anos, presa por tráfico de drogas, escapou pelo telhado do depósito de mantimentos.


Presos temem confronto com rivais após transferência para outras cidades

O cenário do pátio do Presídio de Balneário Camboriú, ontem, já havia mudado. Poucos presos dividiam o espaço, antes disputado por centenas de detentos e seus colchonetes. O clima, porém, não era de alívio, mas de apreensão. Um grupo de presos afirma ter sido jurado de morte por detentos de outras unidades da região, e teme por confrontos.

Em março, os presos enviaram ao juiz corregedor do presídio, por meio de familiares, uma carta em que afirmam correr risco de serem assassinados caso sejam transferidos. A situação deixa os parentes preocupados, que acompanham a tudo no lado de fora da prisão.

– Existe uma lista de gente que está marcada para morrer, e ninguém faz nada. Desde que meu irmão foi transferido para a Canhanduba (Complexo Penitenciário) não consigo nem dormir direito – disse a irmã de um dos presos já transferidos.

Ontem à tarde, o juiz corregedor, Roque Cerutti, confirmou ter recebido o pedido dos presos e informou ter encaminhado a solicitação ao Deap. Leandro Soares de Lima, diretor do órgão, informou que as rixas entre os presos são levadas em conta no momento de definir o local de transferência.

Comente aqui
30 mai10:34

Mulher foge pelo telhado do Presídio de Balneário Camboriú

Uma mulher, que cumpria pena na condição de regalia, fugiu do Presídio Regional de Balneário Camboriú na noite desta terça-feira. Por volta das 20h, Carla Juliana Mengarda, de 30 anos, escapou pelo telhado do depósito de mantimentos da unidade.

Diretor do presídio, Leandro Kruel, conta que a mulher quebrou as telhas e fugiu pela parte da frente da estrutura. A Polícia Militar fez rondas nas proximidades, mas até a manhã desta quarta-feira, a detenta, que cumpria pena por tráfico de drogas, não foi localizada.

Na madrugada de segunda-feira, uma tentativa de fuga também foi registrada no Presídio Regional de Balneário Camboriú. Por volta da 1h, presos foram vistos tentando serrar a grade do pátio. Os agentes carcerários conseguiram conter a situação antes que os detentos conseguissem escapar.

Atualmente 81 presos ainda estão na unidade. Por falta de condições, conforme determinação do Juiz Corregedor Roque Cerutti, até o fim de maio todos os detentos teriam de ser transferidos e o presídio fechado definitivamente. O prazo encerra nesta quinta-feira.

BLOG DO LITORAL

Comente aqui
28 mai10:39

Presos são flagrados tentando serrar grade do Presídio de Balneário Camboriú

Uma tentativa de fuga foi flagrada durante a madrugada desta segunda-feira no Presídio Regional de Balneário Camboriú. Por volta da 1h, presos foram vistos tentando serrar a grade do pátio da unidade. Os agentes carcerários conseguiram conter a situação antes que os detentos conseguissem escapar.

Unidade deverá fechar até o fim desta semana

O Presídio Regional de Balneário Camboriú está com os dias contados. Conforme determinação do Juiz Corregedor Roque Cerutti, até o fim de maio todos os detentos precisarão ser retirados do local. No começo de abril, 91 condenados foram transferidos para a Penitenciária da Canhanduba, em Itajaí.

De acordo com o diretor do Presídio de Balneário Camboriú, Leandro Kruel, restam ainda 112 detentos provisórios, do semiaberto e mulheres.

- Alguns estão sendo encaminhados para o Presídio da Canhanduba, conforme as vagas. Outros estão sendo levados para as suas comarcas de origem, que ficam em outras cidades e até mesmo outros estados. As mulheres serão distribuídas nas unidades que possuem ala feminina, como Itajaí, Tijucas e Blumenau – explica Kruel.

>> LEIA MAIS: Juiz limita número de detentos e determina fechamento do Presídio de Balneário Camboriú

BLOG DO LITORAL

Comente aqui
21 mai09:41

Nova central de polícia prevê ampliação de atendimentos em Itajaí

Patrícia Auth, Jornal de Santa Catarina

O atendimento aos chamados de emergência de sete municípios da regional de Itajaí deve tornar-se mais eficiente até o fim do ano com a implantação da Central Regional. O processo de licitação já foi finalizado e a expectativa é de que dentro de 15 dias, as obras físicas já estejam em andamento no Batalhão da Polícia Militar, em Itajaí. A central ocupará todo o andar superior do setor administrativo da PM. O projeto prevê no local o atendimento via 190 de moradores de Itajaí, Navegantes, Penha, Balneário Piçarras, Luís Alves, Barra Velha e São João do Itaperiú. Após a ligação solicitando ajuda, os policiais serão acionados por meio de rádio comunicadores.

– A nossa intenção é integrar o atendimento de todas essas sete cidades. Mas, só saberemos se será possível após a instalação dos equipamentos. Dependemos dos testes de alcance de sinal dos rádios para que os policiais possam ser acionados aqui da central – explica o comandante da Polícia Militar de Itajaí, coronel Atair Derner Filho.

Hoje, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) atende só os chamados de Itajaí e Navegantes. São quatro linhas disponíveis 24 horas por dia. Os operadores ficam em um espaço pequeno, que também serve para abrigar o monitoramento das câmeras espalhadas pela cidade. No local, não há sistema acústico adequado e o conforto aos trabalhadores é pouco. Além disso, os equipamentos usados no atendimento são considerados antigos.

Ligações aumentam nos fins de semana

Durante a semana, o número de atendimentos no Copom é de aproximadamente 100. Já nos sábados e domingos chega a 120. Segundo o coronel Derner, a Central Regional deverá gerar um acréscimo de 30% na quantidade de ligações. Para isso, a ideia é disponibilizar pelo menos mais três linhas telefônicas.

– Essa central regional irá agilizar os trabalhos da Polícia Militar e fazer com que as pessoas sejam melhor atendidas. É também uma forma de otimizar recursos. O investimento será em um único lugar para o benefício de toda a região – afirma.

A criação da Central Regional exigirá investimento aproximado de R$ 500 mil. Os recursos partirão de parceria entre a prefeitura e a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP), além da Polícia Militar. Depois da reforma estrutural no batalhão – com a implantação de rede elétrica adequada e geradores – vem a segunda etapa do projeto. Equipamentos de telefonia e informática, incluindo modernos softwares, precisarão ser comprados. A ideia é que a central esteja em pleno funcionamento até o fim do ano.

O ATENDIMENTO PELO 190
Como é hoje
- Cidades atendidas: Itajaí e Navegantes
- Linhas telefônicas e atendentes: 4
- Atendimentos diários durante a semana: média de 100
- Atendimentos diários nos fins de semana: média de 120
Como ficará
- Cidades atendidas: Itajaí, Navegantes, Penha, Balneário Piçarras, Luís Alves, Barra Velha e São João do Itaperiú
- Linhas telefônicas e atendentes: 7
- Previsão de atendimentos diários durante a semana: média de 130
- Previsão de atendimentos diários nos fins de semana: média de 160

Agentes temporários atuarão no novo espaço

O incremento das linhas telefônicas exigirá aumento de equipe. De acordo com o coronel Derner, a demanda deverá ser suprida com os agentes temporários. Atualmente, Itajaí conta com 15 agentes. Eles são contratados pelo período de um ano e recebem treinamento da Polícia Militar. A faixa salarial é de R$ 850.

– Os agentes temporários são habilitados para atuarem na Central de Emergência. A quantidade hoje em Itajaí é suficiente para atender a regionalização – garante.

A implantação da Central Regional de Emergência será finalizada pelo tenente-coronel Clayton Marafioti Martins, que assumirá o comando do batalhão de Itajaí na próxima terça-feira, dia 22. Coronel Derner, na cidade desde janeiro do ano passado, será transferido para a PM de Florianópolis.

Comente aqui
11 mai09:01

Preso suposto chefe do tráfico no Monte Alegre

Dagmara Spautz, Jornal de Santa Catarina

Uma operação da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) em parceria com a Delegacia de Camboriú terminou com um suspeito de comandar o tráfico no Loteamento Conde Vila Verde preso. Segundo a polícia, Jeanderson Alves dos Santos, 35 anos, seria o responsável por uma rede criminosa que controlaria três pontos de comércio de drogas e a distribuição de armas no local.

– Além de comandar o tráfico de drogas no local, ele também emprestava e alugava armas – disse o delegado Rodrigo Coronha, da Delegacia de Camboriú.

As investigações começaram há dois meses, quando Santos passou a ser monitorado. Além dos três locais usados para o tráfico, ele mantinha, de acordo com a polícia, uma casa em Camboriú e um apartamento no Pontal Norte, em Balneário Camboriú.

Quinta-feira de manhã, com mandados de busca e apreensão expedidos pela comarca de Camboriú em mãos, policiais revistaram todos os locais supostamente ligados a Santos. Foram encontrados R$ 14 mil em dinheiro – a maior parte no apartamento, em Balneário Camboriú –, um revólver calibre 38, munição e uma pequena quantidade de maconha e crack.

– Ele pode ter vendido tudo na madrugada, ou ter mantido algo escondido. As investigações continuam – disse Coronha.

Santos e um suposto comparsa foram levados à sede da Deic, em Florianópolis, assim como o material apreendido. Com base nas investigações feitas pela polícia, eles foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Até o fechamento desta edição, os dois detidos ainda prestavam depoimento.

CONTRAPONTO
O que diz Jeanderson Alves dos Santos:
O advogado Samuel Silva, que estaria representando Jeanderson Alves dos Santos, foi procurado pelo Jornal de Santa Catarina, por telefone, entre 18h25min e 19h20min, mas não foi localizado.
Comente aqui
07 mai09:37

Cofre é levado de agência

Patrícia Auth, Jornal de Santa Catarina

O roubo do cofre do Posto de Atendimento Bancário do Bradesco, localizado na Avenida Nereu Ramos, bem no Centro, virou assunto ontem na cidade. Os bandidos chegaram ao local depois de cavar um buraco na parede da Secretaria Municipal da Fazenda, que fica ao lado do Bradesco. O cofre, intacto, foi retirado do posto de atendimento pela porta da frente. Dentro, segundo o relato da gerente, havia apenas a quantia de R$ 178. Toda a ação ocorreu durante a madrugada de domingo. O curioso é que ninguém viu, nem ouviu nada.

– A secretaria e o posto bancário não possuem câmeras de monitoramento. Ainda não sabemos como os ladrões levaram o cofre. Sabemos que foi arrastado até a calçada, pois há marcas no chão– conta o secretário da Fazenda de Penha, Reginaldo Waltrick.

A Polícia Militar acredita que o crime tenha ocorrido por volta das 4h, quando o alarme do banco tocou. Policiais chegaram a ir até o local, mas não tiveram acesso ao interior do posto de atendimento. Do lado de fora, nenhuma movimentação suspeita foi vista.

O secretário conta que o roubo só foi descoberto horas depois. Era 9h quando os envolvidos tomaram conhecimento do caso. Os bandidos arrebentaram as duas fechaduras e o cadeado da porta de vidro para entrar na Secretaria da Fazenda. O acesso ao posto bancário foi feito pela sala do arquivo morto. Um buraco foi aberto na parede. Para fugir com o cofre, as duas únicas portas de acesso ao banco também foram arrombadas. O alicate usado foi encontrado em um canteiro, escondido entre as plantas.

–Eles chegaram a entrar nas salas da Secretaria da Fazenda, mas não levaram nada. Todos os documentos e computadores continuam lá. Tudo leva a crer que estavam somente atrás de dinheiro– fala Waltrick.

Imagens de câmera da prefeitura serão analisadas

Hoje, a Polícia Civil recolherá as imagens da câmera de segurança instalada na prefeitura. O posto de atendimento do Bradesco fica em frente ao prédio municipal. A esperança é a de que o equipamento possa ter capturado alguma cena que ajude na identificação dos suspeitos. De acordo com a PM, além do cofre, os ladrões levaram um colete a prova de balas e a arma usada pelo vigilante do banco, que não estava no local no momento da ação dos bandidos. A gerente do posto de atendimento não foi localizada para comentar o crime.

Comente aqui
07 mai08:25

Dois escapam da Canhanduba pelo pátio de sol

Patrícia Auth, Jornal de Santa Catarina

O Departamento de Administração Prisional de Santa Catarina (Deap) abriu uma sindicância para apurar a responsabilidade na fuga de detentos da Penitenciária da Canhanduba, na manhã deste domingo. No pátio de sol, os presos teriam feito uma pirâmide humana para escapar da unidade. Dois deles fugiram. Buscas foram feitas durante todo o domingo, mas até o início da noite, eles não haviam sido recapturados.

– Eu estive pessoalmente na penitenciária para verificar o ocorrido. Com a sindicância queremos identificar o que houve de errado. A penitenciária é nova e erros podem ocorrer. Nós queremos corrigi-los– fala o diretor do Deap, Leandro Antônio Soares de Lima.

Lima conta que o alarme de fuga chegou a ser disparado. Mesmo assim, dois homens que estavam no topo da pirâmide escaparam.

A penitenciária, com 3260 vagas, foi entregue pelo Governo do Estado em março deste ano.

Comente aqui