clicRBS
Nova busca - outros

Trânsito

26 jun11:48

Três quilômetros de filas são registrados na BR-101 nesta terça-feira

Obras causaram transtorno na manhã desta terça-feira na BR-101, em Balneário Camboriú. Cerca de três quilômetros de filas foram registrados no sentido Sul/Norte, nas proximidades do túnel do Morro do Boi.

De acordo com a Autopista Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia em Santa Catarina, os trabalhos de microrrevestimento no asfalto seguem até o fim da semana.

Com informações de Denise Félix, RBS TV

Comente aqui
14 jun11:07

Itajaí: Novos parquímetros entram em operação na segunda-feira

A partir de segunda-feira, dia 18, a ampliação do sistema rotativo de Itajaí começará a funcionar em caráter instrutivo. Com a instalação dos 38 novos parquímetros  mais de 700 novas vagas monitoradas foram criadas no Centro da cidade, incluindo os espaços reservados para idosos, deficientes físicos e a zona branca (vagas oficiais).

A cobrança da Zona Azul Eletrônica só valerá após 30 dias do treinamento à comunidade. O valor cobrado nas novas vagas rotativas será o mesmo praticado atualmente: R$ 1 pelo período de estacionamento de até 1h (tarifa mínima) e R$ 2 por até duas de estacionamento (permanência máxima permitida).

Passam a ter cobrança do parquímetro as seguintes ruas: Gil Stein Ferreira, Marcílio Dias, Raulino Reitz, Mascarenhas Passos, José Paulo da Silva, Ver. João Angelino Lopes Jr, Aderbal Ramos da Silva, Nereu Ramos, Victor Konder e Joca Brandão. Em outras, o trecho onde haverá cobrança foi estendido: Pedro Ferreira, Prefeito Paulo Bauer, Frederico Luiz Thieme, XV de Novembro, Lauro Muller, Camboriú e Sete de Setembro.

>> Leia mais: Itajaí amplia áreas de estacionamento rotativo

2 comentários
10 jun09:00

Ciclista morre após ser atropelado na BR-101 em Itapema

O ciclista Heliaquim Liberalino dos Santos, de 45 anos, morreu após ser atropelado em Itapema. O acidente foi por volta de 2h45min deste domingo, no Km 149 da BR-101.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo que colidiu contra o ciclista não foi identificado por ter se evadido do local após o acidente.

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
10 jun06:03

Ex-Miss Balneário Camboriú morre atropelada e causa comoção

Por Márcia Feijó, Diário Catarinense

A morte da modelo e miss Elisa Mara Santana, 46 anos, causou revolta neste sábado em Camboriú (cidade em que nasceu e vivia) e nas redes sociais. Elisa foi atropelada na tarde de sexta-feira, por volta das 15h, na calçada em frente à casa de sua mãe, na rua em que morava e que levava o nome de seu próprio pai, Osvaldo Minella, um respeitado comerciante local.

Segundo Túlio Cordeiro, amigo pessoal da vítima, ela foi prensada contra o muro, precisou passar por uma cirurgia para retirada das pernas, mas sofreu complicações posteriores e não resistiu. Túlio informou ainda que o motorista recusou a se submeter ao teste do bafômetro.

Outro amigo, Ainor Lotério, informou que Elisa foi levada para o Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, e morreu por volta da 0h de sábado. Ele acrescentou que o veículo causador do acidente tinha placa do Paraná e que confirmou que o motorista não quis fazer o teste do bafômetro. Apenas o caroneiro teria feito o teste, indicando índices elevados de álcool no sangue, causando a revolta das pessoas que presenciaram o ato.

— Ela não se expôs a risco, não estava no meio da rua. Ela estava na calçada, numa reta de dois metros, de costas, junto ao muro. O motorista entrou entre uma placa e um poste. Ela ficou presa pela perna direita. Suas pernas foram esfaceladas — contou Lotério, citando também a morte de um trabalhador, atropelado em circunstâncias semelhantes, ocorrida há poucos dias na cidade e que também chocou a população.

— Essas pessoas não têm ideia da extensão daquilo que causaram. Além da perda de uma vida, influenciam também as outras vidas no entorno. Tínhamos um casamento na família. As pessoas estão chegando para festa e encontrando um velório — acrescentou ele.

Lotério disse que, após a cirurgia, Elisa chegou a acordar e conversar com os parentes, mas acabou morrendo mais tarde.

Elisa foi eleita Miss Balneário Camboriú em 1983 e 1989. Nos dois anos, concorreu ainda ao título de Missa Santa Catarina. Em 1983, não se classificou; mas em 1989, obteve o terceiro lugar. Tornou-se comerciante e empresária, administrando uma pousada e, mais recentemente, imóveis.

Ela deixa um filho, João Pedro Morais, 18 anos, que compartilhou uma foto com a mãe em seu Facebook. Segundo Túlio Cordeiro, a imagem foi feita no baile de formatura de João, no ano passado. A imagem foi rapidamente compartilhada na rede na manhã e tarde de sábado, provocando comoção e estimulando comentários pedindo justiça.

— Ela sempre foi uma guerreira, uma mãe exemplar. Era uma grande mulher — concluiu Lotério.

1 comentário
09 jun17:45

Ciclista morre ao ser atingido por carreta em Itajaí

Um ciclista, que completou 28 anos nesta sexta-feira, morreu durante a manhã ao ser atingido por uma carreta, em Itajaí. O acidente ocorreu na Avenida Governador Adolfo Konder, no Bairro São Vicente, que não possui ciclovia.

Rafael Fernando Reis não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada do socorro. O motorista da carreta alegou que não viu o jovem ao contornar a rótula de acesso ao São Vicente. A vítima estava junto com um amigo, que sofreu ferimentos leves. O rapaz entrou em estado de choque com o acidente.

BLOG DO LITORAL

Comente aqui
04 jun15:36

Carro pega fogo depois de capotar na SC-414 em Penha

Um veículo Gol com placas de Blumenau captou na manhã desta segunda-feira na SC-414, a conhecida Transbeto, em Penha. A motorista teria perdido o controle da direção ao passar por uma poça de água. Antes de capotar, o carro bateu em um paredão e começou a pegar fogo.

Populares que passavam pelo local ajudaram a motorista a sair do veículo antes que ela fosse atingida pelas chamas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a jovem estava consciente e com suspeita de fratura na clavícula.

Com informações de Deise Somariva, RBS TV

Comente aqui
04 jun12:02

Caminhão carregado com contêiner tomba na BR-470 em Navegantes

Um caminhão que transportava contêiner capotou por volta das 9h desta segunda-feira na BR-470, em Navegantes. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista de 53 anos seguia rumo ao Bairro Machados, quando na rótula a carga pendeu para o lado e fez o caminhão tombar na beira da pista.

Moradores chamaram os bombeiros, que auxiliaram na remoção do motorista da cabine do caminhão. Ele aparentava ter sofrido ferimentos leves, mas foi levado ao Hospital de Navegantes para exames.

Confira as fotografias feitas por Marcos Porto


Comente aqui
31 mai15:02

Parte da Avenida Atlântica permanece interditada nesta quinta-feira

Os motoristas que possuem como rota a Avenida Atlântica, em Balneário Camboriú, devem buscar caminhos alternativos nesta quinta-feira. O trecho entre as ruas 1.400 e 1.900, no Centro, estará interditado durante todo o dia. O motivo são as obras de implantação da galeria de captação de água pluvial, que se estenderá pelos 7,5 quilômetros de orla.

Nesta quarta-feira, a Secretaria de Obras concluiu a pavimentação asfáltica dos primeiros 300 metros de pista na Avenida Atlântica – entre a Praça Almirante Tamandaré e a confluência com a Rua 1.900, no Centro.

BLOG DO LITORAL

Comente aqui
30 mai20:27

Prefeitura de Itajaí pede mais prazo ao MP sobre licitação do transporte público

Depois de receber recomendação do Ministério Público para anular a licitação do serviço prestado pela Coletivo Itajaí, que desde a década de 1980 é a única empresa concessionária do transporte público no município, a prefeitura de Itajaí emitiu um comunicado oficial nesta terça-feira.

O MP dá prazo de cinco dias para o prefeito acatar da decisão ou apresentar novas medidas. A prefeitura pede mais prazo.

Confira a íntegra do comunicado:

A Prefeitura Municipal de Itajaí informa que recebeu no último dia 21 de maio Documento Oficial do Ministério Público recomendando a suspensão do contrato nº 183/2006, assinado há seis anos, em 26 de maio de 2006, entre a Prefeitura e a Empresa de Transporte Coletivo Itajaí.

Em face desta Recomendação, solicitou em 24 de maio último, através de ofício à 9ª. Promotoria de Itajaí, a prorrogação por 20 dias do prazo para manifestação sobre o tema, haja vista que tramita no Tribunal de Contas do Estado representação contra os termos do Edital de Concorrência n. 002/2006 que resultou neste mesmo contrato assinado pela Administração anterior a esta.

A prorrogação solicitada visa reunir todo o material referente a este processo de contratação para análise e encaminhamento de providências que serão tomadas ao Ministério Público.

A Prefeitura informa também que trabalha no sentido de que, qualquer que seja a providência adotada no que tange ao contrato em questão, a população não será prejudicada de forma alguma em relação ao transporte público no Município.

Comente aqui
30 mai09:07

MP recomenda nova licitação no transporte público em Itajaí

Patrícia Auth, Jornal de Santa Catarina

O transporte coletivo urbano de Itajaí poderá sofrer uma reviravolta nos próximos dias. O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), por meio da promotora da Moralidade, Darci Blatt, recomendou ao prefeito Jandir Bellini, que anule a licitação do serviço prestado pela Coletivo Itajaí, que desde a década de 1980 é a única empresa concessionária do transporte público no município. O último processo licitatório vencido pela Coletivo foi em 2006, quando ganhou o direito de permanecer por mais 15 anos na execução do serviço. O MP alega que há irregularidades na licitação e falta de fiscalização do poder público quanto às reclamações da qualidade do transporte na cidade.

– Nós temos acompanhado uma série de denúncias relacionadas ao transporte público, especialmente no quesito horários. Fizemos uma enquete, onde entrevistamos cerca de 500 usuários e nesse processo descobrimos, por exemplo, que há bairros de Itajaí onde ônibus nem passa. Tudo isso foi encaminhado ao Ministério Público e prefeitura – conta o vereador Marcelo Werner, presidente da Comissão Parlamentar de Estudos do Transporte Público de Itajaí (CPE), formada em 2011.

Foi o relatório da CPE que motivou o Ministério Público a pedir as anulações da licitação e concessão. O MP alegou que faz sentido as irregularidades apontadas no documento vindo da Câmara de Vereadores. Um suposto favorecimento à empresa Coletivo no processo licitatório, inclusão de cláusulas restritivas e falta de cobrança municipal de melhorias no serviço de transporte público são as principais falhas.

De acordo com a recomendação do Ministério, a administração municipal deverá abrir uma nova licitação, onde todos os requisitos previstos em lei sejam cumpridos. Para que os usuários do transporte público não saiam no prejuízo, os serviços atuais serão mantidos até o fim do ano, período suficiente para a finalização do processo licitatório.

Prefeito pedirá mais prazo para adequação

As recomendações foram recebidas por Bellini na última segunda-feira. O MP dá prazo de cinco dias para o prefeito acatar da decisão ou apresentar novas medidas.

Nesta terça-feira, Bellini estava em Brasília para uma reunião com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Por telefone, ele comentou o parecer da promotora:

– Se é uma determinação do Ministério Público, eu vou acatar. Só o que vou pedir é um prazo de 15 ao invés de cinco dias para eu me pronunciar. Junto com a procuradoria quero analisar todos os documentos da licitação que ocorreu no mandato anterior, até mesmo para não prejudicar os usuários.

CONTRAPONTO
O que diz a Coletivo Itajaí Transportes Urbanos:

Por meio de nota oficial, a Coletivo Transportes Urbanos afirma que não foi comunicada oficialmente sobre a recomendação do Ministério Público Estadual. A empresa alega que ao longo do período em que presta serviço de transporte público em Itajaí, jamais recebeu qualquer processo administrativo por apuração de faltas ao descumprimento de cláusulas contratuais. Finalizou dizendo que, assim que tomar conhecimento do conteúdo emitido pelo MP, prestará todos os esclarecimentos necessários.


NÚMEROS
O transporte coletivo de Itajaí:
- Frota atual: 64 ônibus
- Número de linhas regulares: 41
- Preço do transporte por passageiro: R$ 2,80
- Concessão atual: até 2022
1 comentário