clicRBS
Nova busca - outros

Verão

25 fev11:59

Perigo no mar

Dagmara Spautz, Jornal de Santa Catarina

O desrespeito às regras de navegação, especialmente por pilotos de jet skis, coloca em risco a vida de banhistas na Praia de Perequê. Na manhã de terça-feira, o Santa flagrou, em duas horas, pelo menos oito manobras irregulares que incluem excesso de passageiros, falta de coletes salva-vidas e o avanço das embarcações na área mais rasa, onde crianças brincavam no mar. Imprudências como essas são as razões de acidentes como o que tirou a vida da menina Grazielly Almeida Lames, de três anos, que morreu após ser atingida por um jet ski enquanto brincava na areia, em Bertioga (SP).

>> Confira os flagrantes de irregularidades e as análises das imagens por um especialista da Capitania dos Portos <<

– É algo que nos preocupa bastante, porque pode causar acidentes. Embora jet skis não tenham hélices, o risco está nas colisões – diz Juliano de Souza, soldado do Corpo de Bombeiros e responsável pela equipe de guarda-vidas do Perequê.

Delegado da Capitania dos Portos em Itajaí, capitão de fragata Fernando Anselmo Sampaio Mattos explica que, segundo normas da Marinha, as embarcações só podem trafegar a 200 metros da areia. A exceção está nos chamados corredores de aproximação, que demarcam o caminho dos jet skis mar adentro.

– Deveria haver mais locais específicos para os jet skis. A gente tem o brinquedo, mas não tem como acessar o mar. O único acesso é pela praia mesmo – reclama Luiz Santos, 45 anos, piloto de jet ski.

Além de delimitar a área de navegação, as normas também proíbem que pessoas não habilitadas conduzam qualquer tipo de embarcação. Mas, de acordo com os banhistas, não é o que ocorre no Perequê:

– Já vi até adolescente pilotando jet ski. É muita irresponsabilidade – diz o turista Alexandre Guerra, 38 anos, de Concórdia.

A situação piora no decorrer da tarde, quando barcos e jet skis voltam do Caixa D`Aço, área conhecida por reunir embarcações em Porto Belo.

Marinha notificou 25 pessoas por irregularidades em jet skis

Segundo o delegado da Capitania dos Portos, uma equipe da Marinha tem feito fiscalização constante no Caixa D´Aço na tentativa de flagrar condutores alcoolizados. Durante o feriado de Carnaval, duas pessoas foram autuadas em flagrante

Desde o início da Operação Verão da Marinha, em 15 de dezembro do ano passado, foram feitas 25 notificações por irregularidades em jet skis em toda a área de atuação da Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí, que, no Litoral, abrange de Balneário Piçarras a Tijucas.

– As pessoas têm uma falsa sensação de que o jet ski é um brinquedo. Dependendo do modelo, um jet ski tem a mesma potência de um carro 1.8. Trata-se de uma embarcação, que tem que cumprir todas as normas – alerta o comandante.

Leia mais:

Comente aqui
25 fev11:44

Neste domingo termina o horário de verão

Quando o fim de semana chegar, terão sido 133 dias em que o horário ficou alterado nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste. A partir de 0h do domingo, os relógios devem ser atrasados em uma hora. Segundo a Celesc, a economia gerada neste período é de aproximadamente R$ 103 milhões, já que o sistema de segurança para sobrecarga deixou de ser acionado.

Os dados preliminares da companhia que fornece energia elétrica para Santa Catarina indicam uma redução de 4,9% na carga do sistema elétrico da Celesc Distribuição (160MW) e 0,5% na energia (38GWh ou 12,5MW médios) em sua área de concessão.

Essa redução equivale a 75% da carga de Florianópolis ou 35% da carga do município de Joinville no horário de ponta durante o período do HV. Em relação à redução no consumo de energia, o valor representa aproximadamente o consumo, durante o período do horário de verão, de cidades do porte de Campos Novos, com 12.663 unidades consumidoras, ou 9,8% do consumo de Blumenau ou ainda 34,5% do consumo de Lages.

Com os dias ficando mais longos, o objetivo do horário de verão é reduzir o consumo de energia e aproveitar mais a luz do sol durante a estação mais iluminada. Agora que a luminosidade volta ao padrão do ano, os relógios devem ser atrasados em uma hora nas regiões em que o horário de verão é aplicado.

Contribuíram para esta economia a combinação de fatores como a mudança de comportamento dos consumidores residenciais e o término do expediente de trabalho ainda com luz natural, associados ao atraso no início da iluminação pública.

Os ganhos referentes ao custo evitado na segurança operacional resultarão em benefícios econômicos de R$103 milhões de reais, com a redução de geração térmica, no período de outubro de 2011 à fevereiro deste ano. Essa edição do horário começou dia 16 de outubro e teve o período mais longo desde a implantação do horário de verão, em 1985.

Na última edição, que durou 126 dias, os dados do ONS indicaram redução de 5% na carga do sistema elétrico da Celesc Distribuição (150MW) e 0,5% na energia (12MWmédios) em sua área de concessão. A redução foi equivalente a 70% da carga de Florianópolis ou 65% da carga de Blumenau no horário de ponta durante o período.

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
24 fev08:59

Previsão alerta para possibilidade de pancadas de chuva em SC nesta sexta

A semana deve terminar com tempo nublado e com possibildidades de chuva e até queda de granizo na região litorânea de Santa Catarina, de acordo com a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). As temperaturas começam a diminuir, em função da influência de uma massa de ar frio vinda do Rio Grande do Sul.

As temperaturas nesta sexta-feira deve ficar entre 14ºC e 29ºC na maior parte do Estado. Em Itajaí e Navegantes, os termômetros devem registrar entre 25ºC e 32ºC nesta sexta-feira. Em Balneário Camboriú, a máxima pode chegar a 30ºC.

Apesar do sol aparecer em alguns momentos do dia, há possibilidades de pancadas de chuva no Estado e até trovoadas em todo o Litoral. O Inmet aponta que a maior chance de haver queda de granizo é entre o vale do Itajaí e a região de Laguna.

Os ventos sopram na direção Norte e podem ter intensidade fraca a moderada, com algumas rajadas de vento ao longo do dia.

Confira a previsão completa do tempo

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
23 fev09:42

Dia começa com sol entre nuvens e pode apresentar chuvas isoladas em SC

frente fria que prometeu trazer chuvas a Santa Catarina se desloca agora em direção ao Sudeste do país, podendo causar chuvas isoladas pela manhã e fim do dia no Litoral, com o sol aparecendo no resto do tempo. Nas demais regiões a previsão é de sol entre nuvens e chuvas isoladas à noite no Vale do Itajaí e Planalto Norte.

Segundo o Epagri/Ciram, órgão que monitora o clima, as temperaturas no Estado caem ligeiramente, ficando entre 13ºC, mínima no Planalto Sul, e 27ºC, máxima na Grande Florianópolis, no Oeste, Meio-Oeste e Litoral Norte.

A máxima em Itajaí, Balneário Camboriú e Navegantes é de 31ºC.

Comente aqui
22 fev09:19

Quarta-feira deve terminar com chuva em toda Santa Catarina

A chegada de uma massa de ar frio, vinda do Rio Grande do Sul, deixa o tempo com mais nuvens e aumenta a possibilidade de pancadas de chuva em praticamente todo o Estado.

Segundo a previsão da Epagri, órgão estadual que monitora as condições climáticas, a temperatura pode chegar a 36ºC no Sul de SC e 32ºC na Grande Florianópolis. Em Itajaí e Navegantes, a máxima pode chegar a 31ºC.

Na Capital de SC, o dia amanheceu com muitas nuvens, mas ainda com presença de sol. No entanto, a previsão da Epagri aponta que a nebulosidade deve aumentar ao longo do dia. O sistema de baixa pressão entre o Litoral de Santa Catarina e Rio Grande do Sul ainda deve provocar o aumento na nebulosidade em todo o Estado.

A previsão da Epagri ainda aponta que a quarta-feira deve terminar com chuva em todas as regiões. O risco de temporal e granizo isolado aumenta a partir desta tarde e deve permanecer semelhante nos próximos dias.

Os ventos podem chegar a 60 Km/h no Sul do Estado, menos intensos do que os registrados no último domingo, quando chegaram a 130 Km/h e muita destruição, mas ainda com chance de causar estragos. Nas demais regiões do Estado, os ventos podem chegar a 50 Km/h, soprando de Nordeste a Noroeste durante todo o dia.

Confira a previsão completa do tempo

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
22 fev09:07

Repórter voador sobrevoa região da Interpraias em Balneário Camboriú

Ao Sul da badalada Praia Central, Balneário Camboriú reserva seis praias agrestes, interligadas pela Rodovia Interpraias.  O Repórter Voador sobrevoou no fim de semana este trecho da costa, marcado por uma geografia linda e irregular.

Saiba quais são as praias da Interpraias:

Laranjeiras: praia de águas calmas e barzinhos na orla

Taquarinhas: pequena, de areia grossa e mar cristalino

Taquaras: a mais extensa das seis, se divide entre população nativa e casas de luxo

Pinho: primeira praia de naturismo do Brasil, tem acesso controlado

Estaleiro: praia de água cristalina, com núcleo urbano de pousadas e restaurantes

Estaleirinho: vizinha de Estaleiro, completa os atrativos de empreendimentos para o turismo

Veja a galeria de imagens do sobrevoo sobre as praias da Interpraias

Laranjeiras

Praia para passar o dia com os pés na areia e uma bebida gelada na mão, conversando com os amigos. Repleta de bares e restaurantes em 750 metros de extensão, tem várias opções gastronômicas e de compras, a maioria artesanato. De águas calmas e limpas, tem no canto um píer onde atracam os barcos de passeio. É possível chegar na praia por terra, mar e ar. Basta usar a Rodovia Interpraias, as embarcações que saem da Barra Sul ou ainda os bondinhos. Laranjeiras fica a seis quilômetros do Centro de Balneário.

Estaleiro, Pinho e Taquarinhas

Os praticantes do naturismo têm como refúgio a Praia do Pinho. Foi a primeira do tipo no país. Com 310 metros de extensão e cercada por costões, tem infraestrutura para hospedagem e alimentação. A Praia do Estaleiro é uma das maiores da região, com 1,7 quilômetro de extensão. Urbanizada, conta com pousadas e restaurantes de alto padrão. As praias do Pinho e Estaleiro ficam a nove e 11 quilômetros do Centro de Balneário Camboriú, respectivamente.

Comente aqui
19 fev10:44

Um em cada três pontos analisados nas praias de SC está impróprio para banho

Um novo relatório divulgado nesta sexta-feira pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) trouxe um resultado negativo para as praias catarinenses. Por causa das chuvas desta semana, um em cada três pontos analisados pela Fatma foi considerado impróprio para banho — um total de 64 de 195 monitorados. A média já havia sido ultrapassada na segunda quinzena de janeiro, quando 66 pontos de praias de SC foram consideradas impróprias.

Confira a situação de cada ponto monitorado:

Confira o relatório completo

O levantamento é feito semanalmente na alta temporada, mas, de acordo com a Fatma, em função do resultado negativo, uma segunda coleta foi feita esta semana. O resultado deve sair no sábado no site da Fundação. 

— Adiantamos que em virtude dos últimos resultados obtidos nas últimas coletas mesmo que se obtenha resultado abaixo do limite mínimo 800 NMP/100ml muitos pontos ainda permanecerão impróprios por mais uma semana — afirma Haroldo Elias, gerente do órgão.

Atenção!

Independente das placas de balneabilidade, os técnicos do órgão ambiental não indicam o banho de mar após dias chuvosos. A chuva “lava as ruas”, levando água contaminada para o mar. Locais próximos de braços de rios, córregos e tubulações também devem ser evitados.

DIARIO CATARINENSE

Comente aqui
17 fev08:56

Previsão aponta que Santa Cataria terá dias de sol e calor durante o Carnaval

Tempo seco, sol e muito calor, com máximas que podem chegar aos 36ºC. O Carnaval em Santa Catarina deve ser assim durante a maior parte do feriado. As chuvas devem ocorrer em forma de pancadas rápidas e isoladas, principalmente entre a tarde e a noite. A informação é da Epagri/Ciram. 

Sexta-feira e sábado, o tempo segue estável e ensolarado, com temperaturas elevadas. Domingo, haverá presença de mais nuvens, podendo chover entre a tarde e a noite, da região Oeste a Sul e à noite nas regiões do Alto Vale do Itajaí e Grande Florianópolis.

Na segunda-feira, haverá sol, com aumento de nuvens e risco de temporais isolados. De terça para a quarta, o tempo começa a mudar, aumentando a condição de chuva e temporal isolado. Na sequencia as temperatura diminuem, devido a uma frente fria que chega ao Litoral catarinense.

Durante o Carnaval, os meteorologistas da Epagri estarão de plantão. A previsão do tempo pode ser acompanhada pela internet ou pelo telefone: 3239-8087.

Confira a previsão completa do tempo

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
17 fev08:53

Sexta-feira de Carnaval deve ser de sol com nuvens em Santa Catarina

Para quem vai curtir o Carnaval ou descansar da folia, a previsão aponta que o tempo deve ser de sol com algumas nuvens em Santa Catarina nesta sexta-feira. Segundo a Epagri, órgão que monitora as condições climáticas, apenas no Oeste há chance de ocorrer chuva a partir da tarde.

Apesar do amanhecer com temperaturas entre 14ºC, na Serra, e 16ºC, no Meio-Oeste, o dia pode ficar mais quente. Há condições para que os termômetros cheguem a 32ºC em Itajaí e Navegantes e 30ºC em Balneário Camboriú.

>>>Confira a previsão do tempo para o Carnaval

Os ventos sopram de Nordeste, com baixa velocidade na maior parte do tempo, entre 30 Km/h e 40 Km/h. A exceção deve ser no Sul do Estado, onde as rajadas podem chegar a 55 Km/h.

>>> Confira a previsão completa do tempo

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
16 fev09:09

Tempo deve ser de sol entre nuvens e pancadas de chuva nesta quinta-feira em Santa Catarina

A previsão da Epagri, órgão que monitora as condições climáticas em SC, aponta que o tempo nesta quinta-feira deve ser semelhante ao registrado no dia anterior, com tempo abafado durante o dia e temperaturas em torno de 30ºC em praticamente todo o Estado.

Na Grande Florianópolis, os termômetros podem chegar a 32ºC, mas se aproximar de 35ºC no Extremo-Oeste do Estado ao longo do dia.

Em Itajaí e Navegantes, a máxima fica em 31ºC e em Balneário Camboriú, 30ºC.

Ao longo do dia, o tempo deve ser de sol entre nuvens em todo o Estado, semelhante ao que ocorreu na quarta-feira. No fim da tarde e começo da noite, a possibilidade de pancadas de chuva isoladas é maior.

Os ventos sopram de Nordeste, com intensidade fraca a moderada, ficando em torno de 35 Km/h, com picos de 45 Km/h podendo ocorrer no Vale do Itajaí ao longo do dia.

Confira a previsão completa do tempo

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui