Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Avaí fecha returno com time totalmente reserva

22 de abril de 2017 0
Goleiro Matheus terá sua primeira oportunidade em 2017. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Goleiro Matheus terá sua primeira oportunidade em 2017. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

O que o técnico Claudinei Oliveira planejou para o último jogo do returno do Estadual contra o Inter de Lages, fora de casa, neste domingo às 16h, se confirmou no treinou deste sábado. Com o Avaí já na final, a equipe será totalmente reserva para o confronto que vale apenas para a equipe da Serra catarinense, que luta contra o rebaixamento. O único problema para o técnico do Leão é o meia Caio Cesar, que sentiu o tornozelo esquerdo e foi vetado pelo Departamento Médico do clube.

Momento de observação

Como os titulares ficam de fora desta partida, o técnico Claudinei Oliveira vai aproveitar para fazer algumas observações visando a sequência da temporada. Alguns atletas terão a oportunidade de mostrar serviço e dizer porque merecem uma oportunidade na Série A do Brasileiro. Um deles é o meia Marcelinho. Ele chegou no início do ano vindo do futebol da Índia e chegou com uma das grandes contratações, mas a temporada iniciou e o atleta não conseguiu render e pouco foi aproveitado. Para o jogo com o Inter, ele não inicia a partida. O atleta foi testado no treino deste sábado, mas não começou entre os titulares. Ele iniciou na formação reserva e depois foi revezando no time titular com o japonês Toshi. Mas na parte final, no treino de bola parada, ele ficou entre os reservas, mostrando que terá que aguardar neste jogo.

Novidade no gol

Kozlinski também fica fora deste jogo e com isso quem ganha uma oportunidade é o goleiro Matheus Gutz. O terceiro goleiro do Leão será o titular, já que Douglas sentiu uma lesão no tornozelo e vai para o terceiro jogo sem ser relacionado. De acordo como médico do clube, Doutor Luis Fernando Funchal, ele está no processo final de recuperação da lesão e deve ficar apto para as finais do Estadual. Para o jogo com o Inter, cinco jogadores estão fora pelo terceiro cartão amarelo; Betão, Alemão, Capa, Luan e Judson. Os demais foram preservados para os dois confrontos contra a Chapecoense. O Avaí entra em campo contra o Inter de Lages com Matheus, Gustavo Santos, Gustavo, Salazar, João Paulo; Lucas Otávio, Renato, Vinícius Pacheco; Toshi, Devid, Lourenço. No banco ficam Léo Lopes (G), Maurício (Z), Léo Felipe (LD), Ferdinando (V), Wéslei (V), Marcelinho (M), Lucas de Sá (M), Vitor (A), Iury (A). Caio Cesar iniciou o treino deste sábado, mas sentiu uma torção no tornozelo esquerdo e não conseguiu seguir na atividade, por isso deu lugar ao volante Renato. O atleta foi para para o Departamento Médico, tratou, mas não conseguiu ficar a disposição.

Direção no mercado

Mesmo com as atenções voltadas para a decisão do Estadual contra a Chapecoense, a diretoria segue trabalhando para buscar reforços para a disputa da Série A do Brasileiro. Trouxe a informação de dois nomes que estão na mesa dos dirigentes do Leão da Ilha. O primeiro é o atacante equatoriano Guerrón. O atleta de 31 anos, com passagens por Cruzeiro e Atlético/PR, defende o Cruz Azul do México atualmente. O atleta foi oferecido para o Avaí, mas o que pode impedir a negociação é a questão salarial. O pedido foi muito alto e a partir de agora as conversas se estendem para tentar concretizar a negociação. Outro nome que aparece na lista é do experiente atacante Alecsandro, o Alecgol, que está no Palmeiras. O Avaí teria o interesse, mas a equipe paulista teria que pagar uma boa parte dos vencimentos do jogador. Pelo que apurei, o Verdão pagaria 60% do salário dele, mas o Avaí quer que a porcentagem seja maior. As conversas continuam para tentar um acerto. A direção do Avaí não confirma conversas com esses jogadores.

Claudinei repete escalação pela terceira vez seguida

19 de abril de 2017 0
Técnico do Leão não terá apenas Denílson para o clássico. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Técnico do Leão não terá apenas Denílson para o clássico. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Sem fazer mistério, o técnico do Avaí, Claudinei Oliveira, confirmou o time que encara o Figueirense pela 1ª Liga nesta quinta-feira, 19h30min, no Estádio Orlando Scarpelli. A equipe será a mesma dos dois últimos jogos, sem Denílson, que segue se recuperando da fascite plantar no pé direito. Vale ressaltar que o time do Sul da Ilha não tem mais chance de classificação.

Só Denílson fora

Com o gramado da Ressacada encharcado, o treinou foi realizado no Campo do Costão do Santinho Resort, no Norte da Ilha. O técnico Claudinei Oliveira fez um coletivo de aproximadamente 40 minutos e como ainda não teve Denílson liberado para a partida, ele repetiu a escalação dos dois últimos jogos, com Diego Jardel mantido na formação titular. Com isso, o Leão entra em campo com Kozlinski, Leandro Silva, Betão, Alemão, Capa; Luan, Judson, Marquinhos; Diego Jardel, Júnior Dutra, Romulo. No banco ficam; Matheus, Salazar, Gustavo, Gustavo Santos, João Paulo, Lucas Otávio, Caio Cesar, Vinícius Pacheco, Iury, Toshi, Lourenço, Devid.

Reservas jogam no domingo

Na entrevista coletiva, Claudinei Oliveira adiantou que para domingo, contra o Inter de Lages, a formação será reserva, onde ele também vai aproveitar para observar alguns atletas. Estão fora do último jogo do returno do Estadual os jogadores Betão, Alemão, Capa, Luan e Judson, suspensos pelo 3º cartão amarelo. Outros atletas titulares estão com um cartão amarelo; Kozlinski, Leandro Silva, Diego Jardel e Júnior Dutra. Por causa disso, também não serão aproveitados neste compromisso.

Ouça a coletiva do técnico Claudinei Oliveira:

Claudinei pode utilizar equipe titular no clássico

18 de abril de 2017 0
Capa diz que grupo está focado para o clássico. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Capa diz que grupo está focado para o clássico. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

O técnico Claudinei Oliveira só define o time do Avaí para o clássico de quinta-feira contra o Figueirense no Scarpelli, 19h30min, no treino da manhã desta quarta-feira. A ideia era já fazer um esboço de equipe na atividade desta terça-feira, mas devido a chuva da madrugada, os gramados do CFA e da Ressacada estavam encharcados demais, por isso o trabalho foi em quadra de grama sintética. A tendência é que o treinador do Leão utilize os principais jogadores para este jogo.

Pensar em tudo

O Avaí não tem mais chances de classificação na 1ª Liga, mesmo assim, os atletas dizem que o grupo está focado para este clássico, mais sem deixar de lado a final do Estadual contra a Chapecoense. Mesmo assim, o confronto entre Figueirense e Avaí não tem despertado tanto interesse entre as duas torcidas, já que o Avaí não tem mais chances de classificação e o Figueirense terá que tirar uma diferença de saldo para poder seguir na competição. Apesar disso, alguns atletas do Avaí entendem que é importante sim e que o grupo está ligado para este jogo. “Clássico é clássico, ainda mais o da capital. Tem a rivalidade dos dois clubes e acho que a gente tem que enfrentar com a maior responsabilidade para mostrar para o nosso torcedor que a gente está se empenhando bastante para fazer uma grande partida”, disse o lateral-esquerdo Capa. Ao ser questionado de como está sendo focar o clássico sem perder de vista a final do Estadual, Capa disse que o momento é de pensar um jogo de cada vez, pois se pensar na final, se perde a atenção para o jogo com o Figueirense.

Definição na quarta

Como o Avaí deve utilizar um time alternativo contra o Inter de Lages na última rodada do returno do Campeonato Catarinense, a tendência é que Claudinei Oliveira use o que tem de melhor neste jogo, pois assim deixaria a equipe em ritmo de jogo pensando nos confrontos contra a Chapecoense. De momento, o treinador do Leão espera uma definição sobre o atacante Denílson, que segue na recuperação da lesão no pé direito. O atleta teve uma ótima evolução na recuperação, mesmo assim não dá para garantir o atacante para o clássico desta quinta-feira. O time será definido no último treino que acontece na manhã desta quarta-feira no Estádio da Ressacada.

Ouça a coletiva do lateral-esquerdo Capa:

Sem artilheiro, Avaí será o mesmo que iniciou o clássico

14 de abril de 2017 1
Diego Jardel segue no time com ausência de Denílson. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Diego Jardel segue no time com ausência de Denílson. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Sem a presença do atacante Denílson, o Avaí está pronto para pegar o Almirante Barroso neste sábado, 16h, no Estádio da Ressacada, em confronto válido pela 8ª rodada do returno do Estadual. O jogador segue o processo de recuperação de uma inflamação na sola do pé direito. Já o atacante Romulo, se recuperou de um desconforto no tornozelo direito e está confirmado para o confronto. O time será o mesmo que iniciou o clássico.

Sem mistério

Já era esperado que o atacante Denílson ficasse de fora da partida deste sábado. Ele não treinou com bola essa semana devido a fascite plantar que ele tem no pé direito. Com isso, ele foi vetado pelo Departamento Médico desta partida. De acordo com o técnico Claudinei Oliveira, houve uma boa evolução na recuperação da lesão do atleta, desta forma, ele pode ficar apto para o jogo contra o Inter de Lages na última rodada. O atacante Romulo se recuperou de um desconforto no tornozelo direito, que tirou o atleta do coletivo de sexta-feira. O jogador treinou normalmente nesta sexta e foi confirmado pelo treinador do Leão. Assim, o Avaí inicia o jogo com a mesma escalação que iniciou o confronto com o Figueirense; Kozlinski, Leandro Silva, Betão, Alemão, Capa; Luan, Judson, Marquinhos; Diego Jardel, Júnior Dutra, Romulo. No banco ficam Mateus Güetz, Gustavo, Maurício, Gustavo Santos, João Paulo, Lucas Otávio, Caio Cesar, Iury, Devid, Vinícius Pacheco, Lourenço.

Ouça a coletiva do técnico Claudinei Oliveira:

Denílson não treina e Romulo volta a sentir o tornozelo

13 de abril de 2017 0
Primeiro coletivo foi realizado na manhã desta quinta-feira (Foto: Janniter de Cordes)

Primeiro coletivo foi realizado na manhã desta quinta-feira (Foto: Janniter de Cordes)

O atacante Denílson deve desfalcar o Avaí no jogo contra o Almirante Barroso, neste sábado, 16h, no Estádio da Ressacada. O atleta ainda se recupera de uma fascite plantar no pé direito e por causa disso não treinou nesta quinta-feira. Com isso, Diego Jardel deve permanecer na formação. Durante o coletivo, Romulo sentiu um desconforto no tornozelo direito e precisou deixar a atividade. A equipe será definida no treino que acontece nesta sexta-feira.

Desfalque no treino

Denílson vem sofrendo com a lesão desde o jogo com o Joinville, quando fez o gol da vitória. No clássico com o Figueirense, ele iniciou no banco e só entrou na etapa complementar e ajudou o Avaí a ter uma melhora no confronto. Ainda na partida, ele reclamou das dores e precisou ser atendido ao longo do jogo. Para ajudar na recuperação, Denílson terá que usar uma palmilha especial, onde vai diminuir a dor e também pode impedir que ele volte a sentir a lesão. Por tudo isso, o atleta não treinou e ficou entregue no Departamento Médico. Não está descartada a possibilidade de ele ficar apto somente para a final do Estadual.

Sentiu de novo

Neste coletivo, o atacante Romulo iniciou entre os titulares, mas depois de 15 minutos, o jogador sentiu um desconforto no tornozelo direito, o mesmo que ele sofreu a lesão no início do returno e que lhe tirou de alguns jogos. Com isso, ele deixou o treinamento e foi substituído por Caio Cesar. Romulo será reavaliado pelos médicos do clube e amanhã se saberá se ele ficará ou não a disposição para o jogo de sábado.

Time montado

Neste trabalho tático, com a ausência de Denílson, Claudinei Oliveira repetiu o time que inciou o clássico no último domingo. A equipe treinou com Kozlisnki, Leandro Silva, Betão, Alemão, Capa; Luan, Judson, Marquinhos; Diego Jardel, Júnior Dutra, Romulo. Depois que Romulo sentiu o tornozelo, Caio Cesar entrou em seu lugar e trabalhou aproximadamente dez minutos entre os titulares. Na sequência, Vinícius Pacheco entrou na formação titular para que o técnico do Leão fizesse as suas avaliações.

Ouça a coletiva do volante Judson

Por Belusso, Avaí não entra em leilão. Empresário, não aceita proposta

11 de abril de 2017 3
Battistotti não dará o passo maior que a perna nesta negociação (Foto: Janniter de Cordes)

Battistotti não dará o passo maior que a perna nesta negociação (Foto: Janniter de Cordes)

Não é mais novidade que o Avaí tem o interesse na contratação do atacante Jonatas Belusso, do Brusque, artilheiro do Estadual com dez gols marcados, junto com Renteria, do Atlético Tubarão. Com esse destaque, clubes demonstraram o interesse na contratação do atleta, entre eles o Avaí. O Presidente Francisco Battistotti conversou com o empresário do jogador, Marcelo Lipatin, para abrir as negociações, mas de acordo com o dirigente, não andou da forma que ele esperava.

Proposta absurda

Antes do jogo contra o Brusque, o Avaí entendeu que não seria interessante uma conversa mais aberta sobre a negociação, até por respeito ao Brusque, deixando assim, um contato para a semana seguinte ao confronto. Antes do clássico de domingo, o Presidente do Leão afirmou que a conversa com o empresário do atacante aconteceu e que uma proposta foi apresentada por Marcelo Lipatin. “Uma conversa aconteceu e as condições do Avaí já foram passadas para o empresário. Quero deixar claro para a torcida avaiana. O Avaí não vai entrar em leilão. O Joceli conversou com ele, a proposta apresentada foi absurda e o Avaí não tem como atender”, disse Francisco Battistotti, que afirmou ainda que deixou uma contraproposta para o empresário e que o Avaí não entra em leilão e se não der, o clube vai ao mercado buscar outros jogadores para a posição.

Proposta negada

O empresário do atacante Jonatas Belusso, Marcelo Lipatin, em entrevista na CBN/Diário, confirmou a conversa com os dirigentes do Avaí. Segundo ele, nessas primeiras conversas o acerto ainda não ocorreu, pois o atleta não aceitou a oferta do time do Sul da Ilha. “Nós conversamos semana passada sobre isso e a ideia é dar sequência nisso. Ontem, conversei com o Joceli do Santos que nos apresentou a contraproposta do clube, mas ela não foi aceita pelo atleta. Ainda tentamos um acordo, se der certo, ótimo, caso contrário, vida que segue”, disse Lipatin. Ao saber que o Presidente do Avaí achou a proposta pelo atleta absurda, ele respondeu; “Nós estamos conversando com um clube de Série A, então temos que ter propostas de Série A. A proposta não foi absurda. Absurda mesmo foi a contraproposta feita pelo clube”. Com essa situação, o empresário disse que já começou a conversar com outros clubes e que pelo menos dois já demonstraram o interesse. Ao ser questionado se poderia ser do Figueirense ou até mesmo da Chapecoense, ele preferiu não citar os nome dos clubes interessados.

Ouça a palavra do Presidente do Avaí, Francisco Battistotti.

 

Ouça a entrevista do empresário Marcelo Lipatin.

Com Denílson no banco, Avaí está pronto para mais um clássico

08 de abril de 2017 0
Marquinhos volta time após cumprir suspensão. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Marquinhos volta time após cumprir suspensão. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

O atacante Denílson não treinou na tarde deste sábado na última atividade do Avaí antes do jogo contra o Figueirense, neste domingo às 18h30min, no Estádio Orlando Scarpelli. O jogador ainda sente dores na sola do pé direito e está em fase de recuperação de uma fascite plantar. Apesar de não ter treinado, o atleta está entre os relacionados, mas  inicia no banco de reservas. Com isso, Diego Jardel será mantido na equipe titular.

Inicia no banco

O técnico Claudinei Oliveira já havia dito na entrevista coletiva de sexta-feira que precisaria conversar com Denílson para saber como ele se sentia. No treino coletivo de sexta, o atacante só participou entre os titulares no segundo tempo da atividade. Pelo o que se observou, o jogador treinou e não reclamou de dores no pé direito, mas no treino deste sábado, Denílson nem foi para o gramado, pois ficou no Departamento Médico passando por tratamento intensivo. Com isso, Diego Jardel foi mantido na equipe titular e inicia o clássico deste domingo. No treino deste sábado, o comandante do Leão fez jogadas de finalização e fechou a semana com um trabalho de bola parada com o time titular. Assim, o Avaí entra em campo com Kozlinski, Leandro Silva, Betão, Alemão, Capa; Luan, Judson, Marquinhos; Diego Jardel, Júnior Dutra, Romulo. No banco ficam; Douglas, Gustavo, Maurício, Gustavo Santos, João Paulo, Lucas Otávio, Caio Cesar, Vinícius Pacheco, Denílson, Devid, Lourenço.

Copa Santa Catarina

Pela terceira rodada da Copa Santa Catarina Sub-20, o Avaí conheceu sua primeira derrota. Jogando na tarde deste sábado no Norte do Estada, o Leão da Ilha perdeu para o Joinville pelo placar de 2 a 1. A equipe azurra segurava o empate até o último minuto de jogo, quando tomou o gol. Vitor fez o único tento para o Leão da Ilha. O time comandando pelo técnico Fabrício Bento segue com seis pontos em três jogos. Por esta competição, o Avaí volta a campo no sábado, 15h30min, em casa, recebendo o Barra.

Denílson treina, mas ainda não está garantido no clássico

07 de abril de 2017 0
Romulo é uma das esperanças de gol do lado do Leão para o clássico (Foto: André palma Ribeiro/Avaí FC)

Romulo é uma das esperanças de gol do lado do Leão para o clássico (Foto: André palma Ribeiro/Avaí FC)

O atacante Denílson ainda não está totalmente confirmado para o clássico contra o Figueirense, que acontece neste domingo, 18h30min, no Estadio Orlando Scarpelli. O atleta avaiano só participou do coletivo desta sexta-feira no segundo tempo, e pela movimentação, reagiu bem a fascite plantar no pé direito. Neste sábado, Claudinei Oliveira fará o último treino e define a escalação para este confronto decisivo.

Deve jogar

Na entrevista coletiva, o técnico do Leão deixou claro que iria conversar com Denílson para saber como ele estava e se possível contar com ele para a partida. No campo, ao chamar o time titular, Denílson não entrou. O atacante ficou fazendo um trabalho específico com a preparação física. Com isso, Diego Jardel foi mantido na equipe. Assim, o time começou com Kozlinski, Leandro Silva, Betão, Alemão, Capa; Luan, Judson, Marquinhos; Diego Jardel, Júnior Dutra, Romulo. Na segunda parte, Denílson entrou no lugar de Diego Jardel e treinou bem. A tendência é que ele seja titular no confronto com o Figueirense.

Susto

No segundo tempo do coletivo, Claudinei optou em colocar o goleiro Douglas entre os titulares e Kozlinski na formação reserva, mais para movimentar o arqueiro titular contra o ataque principal. Em um lance de ataque do time reserva, a bola foi cruzada na área e o zagueiro Alemão foi cortar a bola de cabeça e acabou fazendo gol contra. No lance, ele trombou com Douglas e sentiu uma pancada na costela e deixou o treinamento, sendo substituído por Gustavo. Alemão foi atendido pelos médicos do clube e foi apenas um susto. O jogador volta a treinar normalmente na atividade deste sábado.

Assista a coletiva do técnico Claudinei Oliveira:

Denílson não treina e segue como dúvida para o clássico

06 de abril de 2017 0
Claudinei Oliveira observa o treino técnico da manhã desta quinta. (Foto: Janniter de Cordes)

Claudinei Oliveira (D) observa o treino técnico da manhã desta quinta. (Foto: Janniter de Cordes)

Visando o clássico contra o Figueirense no domingo às 18h30min no Estádio Orlando Scarpelli, o técnico Claudinei Oliveira espera pelo atacante Denílson, que se recupera de uma pequena lesão no pé direito. Apesar disso, a tendência é que o atleta fique a disposição para o compromisso. Se ele estiver recuperado e com a volta de Marquinhos, pela primeira vez neste segundo turno, o técnico do Leão terá todos os atletas a sua disposição. O primeiro coletivo será realizado na tarde desta sexta-feira.

Em recuperação

Denílson ainda não treinou com bola essa semana devido a essa lesão, uma fascite plantar no pé direito, que ele sofreu no jogo contra o Joinville justamente no momento em que ele fez o gol da vitória por 1 a 0 na Ressacada. No último domingo, em Brusque, o atacante saiu mais cedo do aquecimento deixando uma dúvida se ele iria ou não para o jogo. Quando o time subiu para o jogo, ele estava entre os titulares. Segundo o técnico Claudinei Oliveira, no Debate Diário de quarta-feira, Denílson não deve ser problema, mas todo o cuidado está sendo tomado com o atleta. Caso ele não tenha a condição de jogo, Diego Jardel deve ser mantido na equipe.

Primeiro coletivo

O time deve ser encaminhado nesta sexta-feira, quando Claudinei Oliveira irá comandar o primeiro coletivo da semana. Se Denílson estiver recuperado, o Leão terá todos os atletas a disposição. Desta maneira, o time deve sofrer uma mudança na equipe base do primeiro turno. O meia Diego Jardel pode deixar a equipe para a permanência de Júnior Dutra. Claudinei já citou que hoje Júnior Dutra é titular da equipe, pois ele conquistou a vaga com suas grandes atuações. Se todos estiverem aptos, o time que deve iniciar o treino desta sexta-feira é o seguinte; Kozlinski, Leandro Silva, Betão Alemão, Capa; Luan, Judson, Marquinhos; Romulo, Júnior Dutra, Denílson.

Ouça a coletiva do meia Marquinhos;

Sem Marquinhos, mas com Romulo, Avaí está pronto para encarar o Brusque

01 de abril de 2017 0
Kozlinski tem toda a confiança de Claudinei Oliveira. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Kozlinski tem toda a confiança de Claudinei Oliveira. (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Com apenas uma mudança, o Avaí está pronto para enfrentar o Brusque neste domingo, 16h, no Estádio Augusto Bauer pela sexta rodada do returno do Catarinense. Com a ausência de Marquinhos, suspenso pelo terceiro amarelo, quem entra na formação é o atacante Romulo, que se recuperou de uma torção e lesão no ligamento do tornozelo direito. Com isso, Diego Jardel será o responsável pelo setor de criação da equipe.

Treino rápido

Com um intervalo curto de um jogo para o outro, o treinamento tem que ser muito rápido. Na manhã deste sábado, Claudinei Oliveira fez um trabalho com o time titular. O técnico priorizou as jogadas de bola parada. Após esta atividade, os titulares encerraram o treino, já os demais atletas seguiram em um trabalho técnico de campo reduzido. Desta forma, o Avaí está pronto para mais um jogo decisivo neste returno. Kozlinski, Leandro Silva, Betão, Alemão, Capa; Luan, Judson, Diego Jardel; Romulo, Júnior Dutra, Denilson. No banco ficam; Douglas, Gustavo, Maurício, Gustavo Santos, João Paulo, Lucas Otávio, Caio Cesar, Vinícius Pacheco, Devid, Iury, Lourenço.

Representação

O Presidente do Avaí, Francisco Battistotti, entregou uma representação contra o árbitro Célio Amorim para o Presidente da Federação Catarinense de Futebol, Rubens Angelotti, reclamando da atuação do árbitro no jogo contra o Joinville na última quinta-feira. O lance mais polêmico foi uma penalidade não marcada quando o jogo ainda estava  0 a 0. Além do documento, o dirigente entregou um DVD com lances polêmicos do confronto. Com as alegações do time do Sul da Ilha, a FCF já definiu que Célio Amorim não apita mais os jogos do Avaí.