Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Justiça derruba liminar e aumento dos combustíveis é mantido

26 de julho de 2017 0

Gasolina

Como era esperado, a liminar que suspendia o reajuste dos combustíveis foi derrubada nesta quarta-feira, um dia após o juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, deliberar sobre o assunto. E quem derrubou a liminar foi o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, Hilton Queiroz.

A liminar suspendia o reajuste do PIS e da Cofins sobre os combustíveis. A Justiça atendeu a um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a validade do decreto assinado pelo presidente Michel Temer e publicado na última sexta-feira, autorizando o aumento da tributação. Em Joinville, os postos reajustaram os preços em mais de R$ 0,40, alguns até mais do que isso.

A AGU argumentou em sua defesa que o decreto que aumenta os tributos cumpre a Constituição. E a suspensão impediria que o governo federal arrecadasse R$ 78 milhões por dia. A expectativa do governo é de ampliar a receita em mais de  R$ 10 bilhões com o aumento do PIS/Cofins.

Com a decisão, ficam mantidos os seguintes reajustes de PIS/Cofins: de R$ 0,38 por litro para R$ 0,79 por litro de gasolina; de R$ 0,25 para R$ 0,46 por litro de diesel; de R$ 0,12 para R$ 0,13 por litro de etanol para o produtor; e de zero para R$ 0,20 por litro de etanol para os distribuidores.

Sedã esportivo Subaru bate recorde na pista de Nürburgring

26 de julho de 2017 0

Subaru

Desenvolvido a partir do lendário sedã esportivo Subaru WRX STI, o modelo WRX STI Type RA NBR Special percorreu o traçado de 20,6 km do famoso circuito alemão de Nürburgring em 6 minutos e 57.5 segundos, estabelecendo o novo recorde de tempo de um veículo sedan quatro portas nesta histórica pista.

O WRX STI Type RA NBR Special foi projetado para demonstrar toda a capacidade e desempenho deste sedan esportivo e do sistema de tração integral Symmetrical All-Wheel Drive, tecnologia que somente os modelos Subaru têm. Além da volta mais rápida no circuito, o modelo também estabeleceu recorde de tempo na Isle of Man TT, uma das mais radicas e perigosas corridas do mundo; e no Goodwood Festival of Speed ​​Hill.

Para construção do modelo WRX STI Type RA NBR Special, a Prodrive utilizou como base o esportivo Subaru WRX STI e incorporou uma gaiola de proteção soldada à carroceria para ampliar a resistência e rigidez.

O conjunto mecânico recebeu incrementos. O WRX STI Type RA NBR Special está equipado com motor Boxer 2.0 litros especificação WRC, World Rally Championship (Campeonato Mundial de Rali), alterado, com entrada de admissão com 75 mm de diâmetro e um turbo de 17 bar de pressão. Ele desenvolve mais de 608 cv de potência à 8.500 rpm, ou seja, quase o dobro da potência máxima da sua versão de rua (310 cv a 6.000 rpm). A Prodrive calculou que velocidade máxima desse modelo no circuito foi de 288 km/h.

O carro está equipado com pneus slick de 9 polegadas de largura e a mesma caixa de câmbio utilizada no WRC com embreagem automática, porém modificada com sistema hidráulico para operação das paddle-shifts. As trocas de marchas ficaram mais rápidas, entre 20 e 25 milésimos de segundos.

O WRX STI Type RA NBR Special conta com um pacote aerodinâmico redesenhado, que contribuiu para melhorias na condução e no desempenho. Na velocidade máxima, esse conjunto aerodinâmico produz cerca de 285 kg de downforce, pressão aerodinâmica que auxilia a manter o carro estável na pista.

O design inclui um aerofólio traseiro com tecnologia Drag Reduction System, DRS, (em português: Sistema de Redução de Arrasto), similar a utilizada nos carros na Fórmula 1. A sua operação combina sistemas elétricos e hidráulicos, nas retas o DRS coloca o aerofólio traseiro em uma posição que gera menos downforce, enquanto nas frenagens e curvas, a tecnologia altera a disposição para aumentar a força de arrasto. Para mudar completamente a posição da asa traseira, o sistema DRS leva menos de 20 milésimos de segundo. O piloto controla o DRS utilizando um comando instalado no volante.

Seis aplicativos para economizar ao abastecer o carro

26 de julho de 2017 0

Se depender da tecnologia, os gastos com abastecimentos não precisam pesar no bolso do consumidor. Muitos aplicativos ajudam a comparar preços entre diferentes postos, calcular as vantagens de abastecer com álcool ou gasolina e economizar por meio de caronas. Selecionamos seis aplicativos para o motorista que gosta de tecnologia e está de olho na economia.

BlaBlaCar (Android e iOS)

AppBlaBlacar

O app BlaBlaCar incentiva a carona solidária como forma de dividir os custos de viagens entre as cidades. De acordo com este aplicativo, o condutor que compartilha o seu trajeto com dois passageiros consegue reduzir os seus gastos em até 75%. Os perfis no aplicativo contém foto, verificação de e-mail, telefone e identidade, além de avaliações de viagens anteriores. Maior plataforma de caronas do mundo, a BlaBlaCar tem mais de 45 milhões de usuários em 22 países.

Drivvo (Android e iOS)

AppDrivvo

O Drivvo ajuda a calcular os gastos com abastecimento do veículo e depois gera relatórios e gráficos com base nas informações fornecidas. Assim, é possível comparar os valores dos postos de combustíveis e quanto rendeu o abastecimento. Além dos relatórios, o Drivvo também permite a criação de lembretes para você manter a manutenção em dia ou mesmo despesas programadas como vencimento do seguro.

Méliuz (Android e iOS)

AppMeliuz

O Méliuz é um aplicativo de “cashback”, que oferece gratuitamente cupons de desconto em vários estabelecimentos comerciais, incluindo lojas, e-commerce e também postos de gasolina. Como funciona? Ele devolve parte do dinheiro utilizado diretamente na conta bancária do usuário, incluindo o valor consumido com gasolina. Para usar, basta cadastrar no app e consultar os postos disponíveis.

Preço dos Combustíveis (Android)

AppPrecoComb

Este aplicativo usa a localização do usuário para mostrar uma comparação do preço da gasolina, álcool ou diesel entre os postos de combustíveis mais próximos. Também é possível usar a ferramenta de busca e o mapa interativo para verificar o preço dos combustíveis em outras cidades do país. Assim, o motorista faz uma escolha mais inteligente na hora de abastecer. O aplicativo é atualizado com informações dos usuários e dados fornecidos pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Gasosa (Android)

AppGasosa

Este aplicativo é para quem tem carros Flex. Ele permite inserir os valores da gasolina e do etanol, o consumo médio do seu carro, e calcular qual combustível é mais vantajoso na hora de abastecer. Você também pode salvar estas informações no aplicativo e acompanhar a evolução dos preços no decorrer do tempo.

Carrorama (Android e iOS)

AppCarrorama

O Carrorama permite cadastrar e acompanhar todos os gastos com o veículo e, assim, ajudar o motorista a decidir a melhor forma de economizar. Um diferencial deste aplicativo é a possibilidade de conectar um dispositivo bluetooth ao carro e receber um diagnóstico do veículo em tempo real no celular.

Juiz suspende decreto e determina recuo dos preços dos combustíveis

25 de julho de 2017 0

Postos

O juiz substituto da 20ª Vara Federal de Brasília, Renato Borelli, determinou nesta terça-feira que fosse suspenso o decreto do governo federal que elevou a alíquota do PIS/Cofins que incide sobre o preço da gasolina, do diesel e do álcool (etanol).

A decisão liminar vale para todo o Brasil e atendeu a pedido feito em uma ação popular, movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs. Apesar de determinar a suspensão imediata do decreto, tecnicamente a decisão só vale quando o governo for notificado. A decisão também determina o retorno dos preços dos combustíveis praticados antes do anúncio do aumento.

O reajuste começou a valer na última sexta-feira, dia 21 de julho. Segundo o governo federal, a tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro. Já a tributação sobre o diesel subiu R$ 0,21 e sobre o etanol, R$ 0,20.

Em sua decisão, o juiz destaca que “o instrumento legislativo adequado à criação e à majoração do tributo é, sem exceção, a Lei, não se prestando a tais objetivos outras espécies legislativas.” Ele aponta que a medida do governo prejudica o consumidor e não respeita o princípio segundo o qual nenhum tributo será cobrado antes de noventa dias da publicação da lei que o instituiu ou aumentou.

“Não pode o governo federal, portanto, sob a justificativa da arrecadação, violar a Constituição Federal, isto é, violar os princípios constitucionais, que são os instrumentos dos Direitos Humanos”, afirma Borelli, em sua decisão.

Em Joinville, os postos começaram a aumentar os preços da gasolina, principalmente, ainda na sexta-feira. O litro da gasolina, que em alguns estabelecimentos custava R$ 3,09, passou a custar R$ 3,49 ou mais. Em outros, o valor subiu mais e alcançou os R$ 3,59 ou R$ 3,69. Resta saber se com essa nova decisão o recuo dos preços será tão imediato quanto foi no dia do anúncio do governo.

Novo SUV Peugeot 3008 chega a Santa Catarina no dia 3 de agosto

25 de julho de 2017 0

P3008a

Aposta da Peugeot para consolidar o recente reposicionamento da marca no Brasil chegará a Florianópolis no dia 3 de agosto e será apresentado em coquetel na concessionária Florence Peugeot, às 20h. O Novo SUV Peugeot 3008 traduz o investimento da montadora no segmento premium, tornando a marca referência para um público exigente, que busca refinamento, qualidade e tecnologia em um automóvel com valor agregado.

O evento vai apresentar também as novas instalações da Florence Peugeot, que passou por modernização no showroom e pós-vendas, seguindo os padrões de excelência do novo momento da marca.

O Novo SUV Peugeot 3008 chega ao Brasil já vencedor de 24 prêmios internacionais, com destaque para a eleição “Car Of The Year” em 2017, no Salão Internacional do Automóvel de Genebra. Há 53 anos um júri especializado, formado por 58 jornalistas de 22 países, vota no carro do ano, e esta é a primeira vez que o reconhecimento é dado a um modelo SUV.

Lançado em outubro de 2016, o modelo da Peugeot já vendeu 205 mil unidades na Europa e vem mudando a preferência do consumidor do Velho Continente, que sempre preferiu carros hatch. O automóvel carrega em seu DNA os três pilares da Peugeot, construídos a partir do conhecimento adquirido pela montadora em mais de 200 anos de história: experiência única de condução, design marcante e tecnologia inovadora, fatores que explicam o sucesso do automóvel.

É o único da categoria com painel digital de 12,3” e carregador de celular sem uso de fios, tem bancos que podem contar com sistema de massagem, e design arrojado combinado com redução de massa do automóvel, o que assegura redução no consumo de combustível e nas emissões de CO2. O modelo é a grande novidade da marca e a aposta de vendas no País para 2017.

O Novo SUV Peugeot 3008 também traduz o comprometimento da montadora com o pós-vendas, que ganhou uma política de compromissos com o consumidor.

— Junto com o novo utilitário, a Peugeot está reforçando o programa Total Care, plataforma que oferece dez compromissos de pós-vendas que influenciam diretamente na experiência com o automóvel — explica Gilberto Kleinubing, diretor comercial da Florence Peugeot.

Entre outros itens, o programa oferece revisão com preços fixos, socorro mecânico 24 horas por dia durante oito anos, em casos de pane ou colisão, e empréstimo de outro veículo da marca nos casos em que o reparo ultrapasse mais de 4 dias, mesmo que o veículo se encontre fora da garantia. A montadora é a única que dispõe de uma frota de carros reserva no Brasil que chega a 1.000 automóveis.

P3008b

Utilitário tem tecnologia inovadora para a categoria
O Novo SUV Peugeot 3008 tem tecnologia inédita entre os modelos da sua categoria, como o carregador de celular por indução (sem a necessidade de fios) via wi-fi, localizado no porta-objetos do console central. Apresenta também evolução do i-cockpit 2.0 (que é patenteado pela Peugeot), composto pelo volante com dimensões reduzidas e painel totalmente digital de 12,3 polegadas, capaz de emitir alertas para troca de marchas manuais atrás do volante.

Tem ainda central multimídia de 8 polegadas com Mirror Screen, que permite conectar, espelhar e operar todas as funções de alguns modelos de smartphones através do touchscreen na tela HD, e câmera de ré no sistema Visiopark (3 modos de visualização diferentes para facilitar as manobras: Zoom, Standard e 180º.)

No interior, o design combina elegância com tecnologia, com detalhes como o acabamento em tecido no painel combinando com bancos em couro desenhados para envolver o corpo e com sistema de massagem impulsionado por oito bolsas de ar e cinco frequências diferentes. Os botões de atalho para acesso rápido da central multimídia (controle do ar-condicionado, rádio, etc) são uma atração à parte: se assemelham às teclas de um piano (toggle switches). Luzes em LED azuis (ambient light) contornam o teto panorâmico solar (que tem abertura) e contribuem para a sensação de conforto e bem-estar dentro da cabine, que ganha mais força com o isolamento acústico de alto nível.

Experiência de condução
O Novo SUV Peugeot 3008 conta com a evolução do I-Cockpit. Agora em sua versão 2.0, o conceito contempla o volante SportDrive com topo e base achatados, cluster digital customizável de 12,3” e a central multimídia de 8”. O motorista pode optar por qual informação ele verá na tela, como temperatura do motor, conta-giros e computador de bordo.

A posição elevada do cluster foi pensada para que o motorista nunca desvie sua atenção da estrada. O conjunto que garante uma experiência única de condução e inédita no segmento dos utilitários conta ainda com suspensão adaptada ao motor THP 1.6 turbo com 165 CV de potência e 24 Kgfm de torque, aliados à competente transmissão automática sequencial de 6 velocidades e possibilidade de trocas no volante. O tempo de 0-100 km/h é de 8,9s com precisão da direção, agilidade e segurança.

A Peugeot adotou no Novo SUV Peugeot 3008 tecnologia de montagem exclusiva e uso de materiais que permitem um veículo com desempenho de alta segurança com menor peso: o utilitário tem 100 quilos a menos que outros modelos da categoria. Essa redução de massa diminui a emissão de CO2, torna o veículo mais econômico e beneficia a segurança passiva e o seu desempenho.

Já a segurança ativa fica por conta dos controles de tração e estabilidade, e ainda dos seis airbags com oito pontos de proteção: são airbags adaptativos para o condutor e passageiro dianteiro, laterais e de tórax para o condutor e passageiro, e dianteiros e traseiros para a cabeça tipo cortina.

P3008

Espaço interno
Os volumes internos do SUV Peugeot 3008 estão entre os mais generosos do segmento, sendo que a capacidade do porta-malas passou para 520 litros, ou seja, 90 litros a mais que a geração anterior. Ele tem um dos chãos de carga mais baixos da categoria. Para um carregamento eventual, o banco traseiro rebatível fracionável 2/3-1/3 Magic Flat cria um assoalho plano.

No caso de uso de carga ou atividade de lazer, o assoalho de dois níveis permite otimizar sem esforços o volume do porta-malas. Para levar um objeto muito longo, o rebatimento do banco do passageiro da frente libera um comprimento de três metros.

Design externo inspirado
O design do veículo transmite harmonia e equilíbrio exato das proporções. A face dianteira vertical é potente e passa uma sensação de força, sendo que o olhar felino, característicos da marca, é aguçado pelos faróis halogênicos, que adotaram a tecnologia full LED. A surpresa continua na traseira, onde ostenta sob o vidro traseiro inclinado uma faixa horizontal em preto brilhante que integra as lanternas de LED opalinas. Elas têm as três inevitáveis “garras” que constituem a inconfundível assinatura visual da Peugeot, tanto de dia como à noite.

O capô longo e horizontal possui nervuras que conferem robustez ao conjunto. Ele é prolongado por um para-brisas melhor posicionado, atrás do eixo das rodas dianteiras e complementado nas laterais por um detalhe cromado no prolongamento imediato dos faróis. A linha de cintura ficou mais alta e a proporção entre a carroceria e as superfícies envidraçadas aumentou consideravelmente, mas o traço é sublinhado com elegância e fluidez, tornando o perfil mais leve.

Já a linha superior do capô é prolongada por um vinco que integra as maçanetas das portas e alonga o veículo, conferindo-lhe delicadeza e estilo. É um carro com um desenho magnífico e proporções que lhe dão um aspecto menos maciço e menos alto do que a maioria dos concorrentes.

Motor eficiente
O trabalho de arquitetura efetuado no veículo e a diminuição de sua massa são fatores determinantes na busca constante da redução do consumo e das emissões de CO2. O motor é um 1.6 turbo de 165 cavalos, movido apenas a gasolina por ser importado da França (modelos nacionais da Peugeot que recebem este motor utilizam uma versão flex, com 173 cv).

E para dar o suporte devido ao 1.6 THP, o câmbio automático de seis marchas com opção de trocas manuais por meio da alavanca ou dos Paddle Shifters se torna peça-chave. Com escalonamento preciso e trocas bem programadas, graças à tecnologia do seletor de marchas com acionamento elétrico, o câmbio do SUV Peugeot 3008 está preparado para o trânsito das cidades brasileiras.

Consumidores pedem "boicote" a postos pela alta de preços

24 de julho de 2017 0

Impostos

Circula pelas redes sociais e pelo whatsApp, principalmente, uma mensagem que pede o “boicote” dos consumidores para não abasteçam os seus veículos nesta terça-feira, dia 25 de julho, em sinal de protesto ao aumento dos impostos e, por consequência, dos combustíveis nos últimos dias. Já escrevi a respeito que aqui, em Joinville, muitos postos que praticavam preços na faixa dos R$ 3,10, dos R$ 3,15 ou menos  do que isso, até a última quinta-feira, mudaram radicalmente em questão de horas. Quando o governo anunciou o reajuste nos impostos que incidem sobre a gasolina, especialmente, a subida foi imediata.

Chamou a atenção que os proprietários dos postos não esperaram pela chegada de novas cargas de combustível para subirem os preços nas bombas. Isso deixou muitos consumidores inconformados, reclamando da atitude. Na prática, os consumidores pouco podem fazer, pois dependem da gasolina, do álcool e do diesel para trabalhar, para se deslocar e se locomover pela cidade. Por esse simples motivo, penso que a ação, embora válida, não terá resultados imediatos. Tomara que eu esteja errado. Seria interessante ver esse “boicote” funcionar.

 

Estudo da Ambev aponta erros de trânsito mais comuns

24 de julho de 2017 0
Foto: Charles Guerra

Foto: Charles Guerra

Excesso de velocidade, ultrapassagem em áreas proibidas, não respeitar a distância do veículo à frente, falta do uso constante do cinto de segurança e desatenção aos sinais de trânsito estão entre os erros de trânsito mais comuns dos condutores. É o que aponta o último levantamento feito pela cervejaria Ambev, que notou, por meio desse estudo, que comportamentos críticos de pilotagem não acontecem só quando os motoristas estão a serviço.

Com simples ações de conscientização, como descansar o suficiente antes de assumir a direção, sair com antecedência para evitar ultrapassar o limite de velocidade permitido, traçar a rota antes de partir e usar o cinto de segurança mesmo em trajetos curtos – pois, em geral, são nesses momentos que o condutor se sente mais seguro e fica mais desatento, é possível reduzir drasticamente o número ocorrências nas vias brasileiras. Ações como essas permitiram que, em três anos, os acidentes caíssem 74% na operação logística da cervejaria.

— Queremos ajudar a mudar o cenário de insegurança no trânsito em que vivemos. Compartilhamos nossos conhecimentos em gestão para multiplicar atitudes mais conscientes ao volante — afirma Henrique Mata Machado, gerente corporativo de saúde e segurança da Ambev.

Os dados foram compilados por meio de uma tecnologia chamada Tech Safety, sistema instalado em carros, motos, caminhões e ônibus da frota que permite a identificação desses comportamentos críticos de pilotagem dos colaboradores. A ferramenta permite que a cervejaria acompanhe de perto o trabalho dos motoristas para identificar e corrigir erros cometidos no trânsito. Cerca de seis mil veículos prestam serviço para a Ambev todos os dias. São realizadas mais de 100 mil viagens por mês para atender 1 milhão de pontos de venda.

Os carros que não valem o que custam

21 de julho de 2017 0

O jornal Estado de S.Paulo elaborou uma lista de carros que custam muito (dinheiro) e oferecem pouco (retorno) pelo investimento. São modelos de diferentes categorias e preços, mas que, muitas vezes, nos fazem repensar sobre a real necessidade de se gastar tanto para ser comprar um veículo. Da lista dos dez mais caros que “não valem o que custam”, há três carros da Fiat, dois da Volkswagen, dois da Toyota, um da Kia, um da Honda e um da Mercedes-Benz.

 

FIAT DOBLÓ ESSENCE 1.8 – R$ 82.000

Doblo

Você não leu errado, um Doblò Essence está tabelado a nada menos que R$ 82 mil. Na versão de entrada com cinco lugares. Quer os dois bancos extras no porta-malas? O preço sobe para R$ 83.500. O Adventure? Exatos R$ 90.900.
KIA CERATO – R$ 79.990

Cerato

A única versão à venda do Cerato no Brasil até tem um preço atraente, mas a lista de equipamentos enxuta e o motor 1.6 depõem contra o modelo sul coreano. Faltam itens importantes no segmento, como uma central multimídia e até mesmo travamento automático das portas.

FIAT MOBI EASY – R$ 34.210

Mobi

A versão de entrada do Mobi é absolutamente ‘pelada’ e ainda custa quase R$ 35 mil. Melhor gastar um pouco mais e levar uma versão com mais equipamentos.

TOYOTA COROLLA ALTIS – R$ 116.990

Novo-Corolla-2016-01

A versão de topo do Corolla é muito bem equipada, mas os quase R$ 117 mil pedidos pela Toyota já parecem um tanto exagerados para um sedã médio. Melhor escolher uma das versões mais em conta (ainda caras) e levar praticamente o mesmo carro por alguns milhares de reais a menos.

HONDA WR-V EX – R$ 79.400

WR-V

Não é novidade que achamos o WR-V um tanto caro para o que oferece, mas se a ideia é levar um para casa, melhor gastar um pouquinho mais na versão EXL, que tem air bags laterais e de cortina, e central multimídia e fugir da mais barata, que já custa quase R$ 80 mil.

MERCEDES-BENZ A200 – R$ 149.990

ClasseA200

Aqui o problema nem chega a ser o preço em si, mas a proximidade com o ‘irmão’ GLA. A versão mais barata do jipinho sai por R$ 150.990, apenas R$ 1 mil a mais que o hatch, dificultando justificar sua escolha.

FIAT WEEKEND 1.4 – R$ 59.480

COMPARATIVO PEUGEOT 207 SW E FIAT PALIO WEEKEND

A Fiat não só ainda oferece a versão ‘civil’ da Weekend, com a mesma carinha de 2008, como cobra R$ 59.480 por uma zero quilômetro equipada com motor 1.4. Apesar de antiga e custar quase R$ 60 mil, ainda vem sequer sem ar-condicionado, que custa R$ 4.247 extras.

TOYOTA SW4 DIESEL – R$ 249.940

T-SW4

A versão com sete lugares da SW4 diesel está custando nada menos que R$ 249.940. O modelo é muito bem equipado, espaçoso e muito capaz, mas a faixa de preço já o coloca no mesmo patamar que modelos de marcas de mais prestígio, como Volvo e Land Rover. Além disso, a rival direta, Chevrolet TrailBlazer, igualmente espaçosa, capaz e também com motor diesel (mais potente que o da SW4), custa R$ 45 mil a menos.

VW HIGH UP! – R$ 57.100

Up

O Up! TSI é um excelente carro, bem acabado e com desempenho muito bom, mas os R$ 57.100 (sem opcionais…) pedidos pela versão de topo são demais para o carrinho. Principalmente quando as versões mais baratas oferecem a mesma excelência mecânica por muito menos.

VW SPACE CROSS – R$ 85.103

Spacecross

Figurinha garantida nas listas de carros caros ou que vendem pouco, a Space Cross sempre chama nossa atenção com sua tabela de R$ 85.103. Isso para a versão manual e sem opcionais. Coloque câmbio automatizado, central multimídia, teto solar e sistemas de segurança (ESP e controle de tração) oferecidos como opcionais, e veja a perua aventureira do Fox chegar a estratosféricos R$ 98.086.

Nova Chevrolet S10 automática ganha mais tecnologia

21 de julho de 2017 0

S10

A Chevrolet S10 Turbo Diesel 2018 automática virá equipada com tecnologia inovadora presente no sistema de propulsão. É o Centrifugal Pendulum Absorber (CPA), que ajuda a reduzir os níveis de ruído e de vibração da picape a patamares similares aos de automóveis a diesel de luxo. Os preços partem de R$ 151.990 (Turbo Diesel LT 2.8) e R$ 169.990 (Turbo Diesel LTZ 2.8).

Além disso, o sistema otimiza o acoplamento da transmissão em rotações mais baixas, proporcionando a sensação de melhor aceleração, retomada de velocidade e menor consumo de combustível. Isto acontece pelo fato de o veículo responder mais prontamente aos comandos do pedal do acelerador.

— Além de funcionar como um filtro de vibrações, o CPA possibilita o acoplamento antecipado da transmissão, melhorando também a eficiência energética do veículo em até 13% — explica Fabiola Rogano, vice-presidente de Engenharia da GM.

Para isso foi desenvolvido uma nova calibração do motor 2.8 Turbo Diesel (200 cv de potência e 51 kgfm de força) e da transmissão de seis marchas (manual ou automática), além da adoção de um sistema de gerenciamento elétrico mais moderno. Soluções introduzidas recentemente na Chevrolet Colorado norte-americana.

— Assim como ocorre nos Estados Unidos, o consumidor de picapes no Brasil está ficando cada vez mais exigente e refinado. Ele busca um veículo utilitário de carga verdadeiramente robusto, mas com conforto e economia similares aos de um automóvel de passeio — diz Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de produto da Chevrolet.

Com as evoluções mecânicas promovidas na S10 Turbo Diesel, o veículo é capaz de rodar na versão 4×2 média de 10,8 km/l em perímetro rodoviário e de 8,8 km/l em perímetro urbano, de acordo com dados do Inmetro. Com isso, a autonomia máxima da picape subiria para 864 km, o que equivale a economia de um tanque de combustível (80 litros) a cada 8.000 quilômetros, aproximadamente.

A velocidade máxima é de 180 km/h, enquanto a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 10,3 segundos, ou 0,6s mais rápido que o modelo anterior. A S10 também é a maior do segmento, com até 5,40 metros de comprimento. Já a capacidade de carga é de aproximadamente 1,1 tonelada. A linha 2018 da Chevrolet S10 traz ainda nova opção de cor de carroceria: o Vermelho Edible Berries. Ela se junta às já existentes Prata Switchblade, Branco Summit, Vermelho Chili, Cinza Graphite e Preto Ouro Negro.

Outra mudança é a adoção do padrão global de identificação do nome do veículo e da versão pela carroceria. O logotipo “S10” aparece agora tanto na parte inferior das portas dianteiras quanto na esquerda da tampa da caçamba. No lado direito fica a identificação da versão de acabamento.

A S10 2.8 Turbo Diesel é ofertada em três opções de carroceria (chassi, cabine simples e cabine dupla), duas de transmissão de seis marchas (manual e automática), além de quatro configurações de acabamento (LS, LT, LTZ e a luxuosa High Country). A configuração cabine dupla (LT e LTZ) também é comercializada na versão Flex, com motor 2.5 de injeção direta e 206 cavalos de potência. O modelo ganhou recentemente opção de automática.

Além da força e da robustez, a picape média da Chevrolet se destaca ainda pela sofisticação e pelos itens de segurança e pelos sistemas de conectividade total, como o multimídia MyLink (compatível com Android Auto e Apple CarPlay) e o OnStar, que oferece serviços de emergência, segurança, navegação, concierge e diagnóstico avançado ao toque de um botão no veículo ou por meio de aplicativo para smartphone.

A S10 também conta com um dos pacotes de segurança mais completos da categoria. Além do serviço de notificação automática em caso de acidente do OnStar, destaca-se o alerta de desvio de faixa e o alerta de colisão frontal, presentes nas configurações LTZ e High Country. O alerta de desvio de faixa possui uma câmera na parte superior do para-brisas que “lê” as faixas da via e emite um aviso toda vez que perceber que o veículo está saindo involuntariamente da pista. Se o pisca estiver acionado, o mecanismo entende que a manobra é intencional e não entra em ação.

O alerta de colisão frontal é outro equipamento bastante útil no dia a dia. Por meio dele, o motorista pode estabelecer eletronicamente uma distância mínima em relação ao veículo à frente, podendo, por exemplo, ser alertado caso o outro automóvel sofra uma redução de velocidade repentina. Além de luzes vermelhas piscarem na base do para-brisa, um alarme soa pelos alto-falantes da picape.

Outros destaques das versões mais sofisticadas do veículo são os controles eletrônicos de tração (TC) e de estabilidade (EPS) e os assistentes de partida em rampas (HSA) e o de descida (HDC). Enquanto o assistente de partida em rampas não permite que o veículo recue em saídas íngremes; o assistente de descida controla a velocidade em descidas íngremes sem a necessidade de intervenção do motorista, proporcionando maior controle do veículo.

Preço da gasolina dispara em Joinville após anúncio do governo

21 de julho de 2017 2

gasolina

Bastou o governo federal anunciar o aumento nos impostos que incidem sobre os combustíveis para os postos de Joinville alterarem os preços. Ainda há alguns estabelecimentos vendendo o litro da gasolina a menos de R$ 3,10, entretanto, outros, que comercializavam o produto na mesma faixa de valor até quinta-feira, nesta sexta amanheceram com preços novos e bem mais caros, na faixa de R$ 3,47, como mostra a imagem acima de um posto localizado na rua Ottokar Doerffel, no bairro Anita Garibaldi.

Na semana passada, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) fez um levantamento em 19 postos da cidade e constatou que o preço médio da gasolina era R$ 3,168, sendo o mínimo a R$ 3,069, e o máximo a R$ 3,299. O que chama a atenção, neste caso, é a rapidez com que os postos resolveram trocar o preço, pois, em tese, ainda não receberam o combustível com as novas tarifas.

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), entidade que administra o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), considera prejudicial para a economia do país a decisão do governo federal em aumentar tributos sobre combustíveis.  Para a entidade, a arrecadação tributária pode ser aumentada com o crescimento econômico e racionalização das despesas, sem a necessidade de criação de impostos e aumento de alíquotas que penalizam setores específicos.

%d blogueiros gostam disto: