Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Segundo trailer de Velozes e Furiosos 8 será exibido neste domingo

04 de fevereiro de 2017 0

IMG_20170204_232615

O astro de Hollywood, Dwayne Johnson, o The Rock, usou a sua conta no Instagram para divulgar uma nova imagem do filme Velozes e Furiosos 8. A imagem traz a frase do personagem Hobbs “Para ele, é sobre família, para mim, é pessoal.”

O personagem interpretado por The Rock aparece de pé em cima de um carro que está cercado por policiais. The Rock também usou a conta para informar que neste domingo, durante a transmissão do Superbowl, o segundo trailer do filme Velozes e Furiosos será divulgado aos fãs dá franquia. Nos cinemas, a exibição está prevista para o dia 13 de abril.

O primeiro trailer abocanhou o recorde de mais visto na história do YouTube em suas primeiras 24 horas, com 139 milhões de visualizações em um dia, superando o recorde anterior que pertencia a A Bela e a Fera, que teve 127 milhões de visualizações.

Vendas de veículos em janeiro foram piores que em dezembro, diz Fenabrave-SC

03 de fevereiro de 2017 0

Patiolotado

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC), entidade que representa 650 concessionárias de veículos de todo o Estado, divulgou nesta sexta-feira (3/2) o desempenho do setor automotivo no mês de janeiro de 2017. As vendas no período comparadas a janeiro de 2016 tiveram um aumento de 1,76%. No total, foram comercializadas 11.624 unidades, entre automóveis, utilitários leves, caminhões, ônibus e motos.

Comparadas a dezembro de 2016, as vendas no Estado tiveram queda de 22,27%. Quanto ao segmento de motos em Santa Catarina, houve um crescimento de 3,09% em janeiro em relação ao mês anterior. A frota circulante em Santa Catarina soma hoje 4.704.034 veículos, sendo que a maioria é de automóveis (2.704.539).

No segmento de automóveis e comerciais leves, houve queda de 26,99% nas vendas de janeiro, comparativamente a dezembro do ano anterior. Segundo a Fenabrave-SC, 8.294 automóveis e comerciais leves foram licenciados em janeiro de 2017. Os números do Brasil tiveram queda de 25% na comparação entre dezembro e janeiro deste ano, e queda de 14,08% se comparado com janeiro de 2016.

De acordo com o presidente da Fenabrave-SC, Júlio Schroeder, apesar de os números terem sido negativos em janeiro se comparados a dezembro, o aumento de 1,76% nas vendas de janeiro de 2017 em relação a janeiro de 2016 demonstra que, de maneira tímida, houve uma retomada na economia de SC. A previsão da entidade é que em 2017 ocorra um pequeno crescimento, em torno de 3%, em todos os segmentos.

Desempenho por região
Na Região da Grande Florianópolis, o resultado foi de crescimento no mês. Houve aumento de 3,26% nas vendas em relação ao mesmo mês do ano anterior, com 2.755 unidades em janeiro deste ano contra 2.668 em janeiro de 2016. Na comparação com o mês de dezembro, a queda foi de 19,63%.

Na Região Norte, os números cresceram 1,23% entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, num total de 1.876 unidades vendidas em janeiro do ano passado e 1.899 em janeiro deste ano. Na comparação com dezembro, a queda chega a 22,43%.

Região Oeste apresentou queda de 2,94% nas vendas ao comparar com o mesmo mês do ano anterior, sendo 1.885 veículos emplacados em janeiro de 2017 e 1.942 em janeiro de 2016. No comparativo com o mês de dezembro, a queda foi de 15,47%.

Na Região do Vale do Itajaí foram emplacados 4,90% mais veículos em janeiro de 2017 do que em janeiro de 2016, num total de 3.061 em janeiro deste ano contra 2.918 em janeiro do ano passado. No comparativo com dezembro, houve queda de 24,72%.

Região Sul registrou crescimento de 3,66% em janeiro de 2017 se comparado a janeiro de 2016, com 1.530 unidades vendidas contra 1.476. A queda em relação a dezembro foi de 29,95%.

Região do Planalto Serrano registrou a maior queda neste mês — 9,02% nas vendas em relação ao mesmo mês do ano anterior. Foram emplacados 494 veículos em janeiro de 2017 e 543 em janeiro de 2016. No comparativo com dezembro, houve queda de 17,53%.

Os carros mais fáceis e os mais difíceis para revender

03 de fevereiro de 2017 0

Gol2014

O site matel.com.br publicou uma matéria mostrando os cinco carros mais fáceis e os cinco mais difíceis de revender. Na primeira lista, dos mais fáceis, aparecem, pela ordem, Volkswagen Gol, Fiat Uno, Fiat Palio, Chevrolet Corsa e Chevrolet Celta. Na lista dos mais difíceis estão, pela ordem, Chevrolet Classic, JAC J3, Fiat Linea, Peugeot 207 e Volkswagen Polo.

Segundo a publicação, o Gol lidera a lista dos mais fáceis de revender por ter uma longa história – mais de 35 anos de vendas no Brasil -, é produzido por uma marca confiável e possui a simpatia do consumidor, tanto que liderou o ranking de novos mais vendidos por quase 30 anos. Além disso, ele ainda não saiu de linha, o que contribui bastante para a valorização.

Nessa mesma linha de raciocínio, mas em menor escala, aparecem Uno, Palio, Corsa e Celta. Destes, Corsa e Celta já não sao mais produzidos pela Chevrolet. Ainda assim, continuam em alta entre os usados, o que pode ajudar bastante na hora da revenda.

Na lista dos mais difíceis para revender, concordo que os proprietários do Classic tenham dificuldades para negociá-lo. Além de não ter uma estética muito agradável (é feio, mesmo!), o carro disputa mercado com sedãs melhores e mais bem equipados por preços equivalentes. Para piorar, a Chevrolet tirou o modelo de linha, o que justifica a falta de interesse.

Dos demais veículos citados, me chama a atenção a presença do Polo. A matéria diz que o veículo perde muito valor na revenda, além de já ter saído de linha. Tudo bem, mas, ainda assim, não acho o Polo (hatch e sedã) um carro defasado e pouco atrativo. Está certo que ele não tem o mesmo glamour do modelo europeu, mas entendo que esteja acima de muitos carros vendidos por preços mais elevados no País.

Contra o Peugeot 207, a publicação menciona a alta desvalorização; contra o Linea, o design ultrapassado e o custo da reposição de peças; e contra o J3, a falta de credibilidade da marca chinesa, entre outros fatores. Penso que outros modelos poderiam entrar nas duas listas, mas isso varia de acordo com a análise e o critério usado pelo comprador.

Land Rover prepara lançamento do Range Rover Reborn

03 de fevereiro de 2017 0

O Salão Rétromobile 2017 verá pela primeira vez a apresentação da próxima série “Reborn” de veículos clássicos, raros e restaurados da Jaguar Land Rover. O Range Rover Reborn é um programa que oferece a possíveis clientes a oportunidade única de adquirir um Range Rover vintage original e altamente colecionável, diretamente da divisão Land Rover Classic no Reino Unido. O lançamento do Range Rover Reborn vem de uma exitosa apresentação do Land Rover Series I Reborn no ano passado.

RangeReborn

Outro ponto alto do evento será a primeira apresentação na Europa do lendário XKSS original, construído pela Jaguar Classic. Depois de ter sido mostrado à imprensa no Petersen Museum de Los Angeles em Novembro de 2016, este lindo XKSS na clássica cor Sherwood Green é a matriz de engenharia para nove outros veículos destinados a clientes em todo o mundo ao longo de 2017.

Também será mostrado pela Jaguar Land Rover Classic no Salão Rétromobile – em Paris, França, de 8 a 12 de Fevereiro de 2017 – o primeiro E-Type Fixed Head Coupe totalmente original restaurado direto na fábrica. De propriedade privada – emplacado na França em 1962 –, o E-Type cinza Gunmetal opalescente apresentado foi restaurado com engenharia reversa, que é o processo de restauro iniciado a partir de uma única peça original ou simulada – neste caso os paineis da carroceria. O restauro feito na fábrica assegurou a melhor adequação de peças e acabamento, com o motor original de 3,8 litros e transmissão completamente recondicionada.

A divisão Land Rover Classics e sua equipe de especialistas possui décadas de experiência em engenharia e design para poder completar o primeiro Range Rover Reborn – um Range Rover Classic de 1978 cuidadosamente selecionado.

Nova Amarok tem mais recursos de segurança entre as picapes médias

02 de fevereiro de 2017 0

NovaAmarok1

A Nova Amarok é a picape média com mais recursos de segurança no segmento, contando com tecnologias inovadoras, como sistema de freios “Post- Collision Braking” (sistema de frenagem automática pós-colisão), tração 4×4 permanente e freios ABS off-road. Fora isso, mantém uma série de itens que continuam exclusivos na categoria, como bancos com ajustes elétricos, hastes de troca de marcha atrás do volante (shift paddles) e transmissão automática de oito velocidades.

A linha 2017 da picape Volkswagen, que foi apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo, é oferecida no mercado brasileiro nas versões S (cabine simples e cabine dupla, SE, Trendline, Highline e Highline Série Extreme (estas sempre com carroceria de cabine dupla). A versão S conta com o motor 2.0 turbodiesel com 140 cv de potência e 34,7 kgfm (340 Nm) de torque, sempre associado ao câmbio manual de seis marchas.

As demais configurações são equipadas com o motor 2.0 diesel com dois turbocompressores com potência de 180 cv e torque de 40,8 kgfm (400 Nm) com câmbio manual (versão SE) e 42,8 kgfm (420 Nm) com transmissão automática de oito velocidades (item de série nas demais versões).

Todas as versões da Nova Amarok contam, entre outros itens, com sistema de alarme acústico e visual para os cintos de segurança não afivelados nos bancos dianteiros. Uma nova tomada de 12V posicionada atrás do apoia braço dos bancos dianteiros equipa as versões Highline e Highline Série Extreme, ressaltando a funcionalidade da cabine da picape.

A versão Highline conta (de série) com o indicador de perda de pressão dos pneus. Esse sistema (composto de 4 sensores instalados nas válvulas de enchimento dos pneus) mede diretamente a pressão de cada pneu e aciona um alerta no quadro de instrumentos se um deles tiver a pressão abaixo do valor recomendado. Resultado: maior segurança – aumentando a vida útil dos pneus – e menor consumo de combustível. Airbags laterais de tórax e de cabeça para motorista e passageiro e faróis bixenônio com luz de condução diurna (DRL) em LED são equipamentos de série nessa versão.

Tecnologia e segurança
A Nova Amarok oferece o que há de mais moderno no segmento de picapes médias. A Amarok apresenta de série e como item exclusivo na categoria o sistema de freios “Post- Collision Braking” (sistema de frenagem automática pós-colisão). Esse sistema aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve em uma batida, para reduzir a energia cinética residual. O acionamento do sistema de frenagem pós-colisão se baseia na detecção da colisão inicial pelos sensores dos airbags.

Freios com ABS “off road”, que otimizam a ação do ABS em solo solto (por exemplo, pedriscos e areia), sistemas ISOFIX para fixação de cadeiras para criança no banco traseiro, de auxílio ao motorista como o BAS (Sistema de Assistência à Frenagem), ASR (Controle de Tração) e EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial) são equipamentos de série da picape Volkswagen. Juntamente com o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), a Nova Amarok dispõe para o motorista os sistemas HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida) e HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida).

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse www.imprensavw.com.br

Renault Captur será apresentado no dia 14 de fevereiro em São Paulo

01 de fevereiro de 2017 0

A Renault fará o lançamento oficial do SUV Captur nos dias 14 e 15 de fevereiro, em São Paulo. A apresentação a jornalistas será feita no dia 14, às 14h30, e no dia seguinte, ocorrem os testes e avaliações. A pré-venda do SUV Captur já teve início no site da montadora com a oferta de 400 unidades da versão Intense 2.0 com câmbio automático e bancos em couro.  O preço do carro varia entre R$ 89 mil e R$ 95 mil, dependendo da configuração. Em Joinville, a Renault atende em dois endereços: um na rua Dr. João Colin e outro na XV de Novembro, no Glória.

captur

Para chamar ainda mais a atenção, a Renault convocou a atriz Marina Ruy Barbosa para estrelar a campanha publicitária do modelo.

Volkswagen lança novo plano de consórcio valores fixos

31 de janeiro de 2017 0

Volkswagen

A Volkswagen Financial Services, maior financeira de montadora do país, segundo o ranking do Banco Central, lança o Consórcio Reduzido Volkswagen. Inédito no mercado, possui como grande diferencial as cotas atreladas a valores fixos e não mais a veículos específicos. Dessa forma, o consumidor não precisa selecionar um modelo no momento da compra da cota de consórcio, apenas um valor, o que proporciona flexibilidade caso mude de ideia até o fim do contrato.

Com parcelas reduzidas e prazo de 60 meses, os valores de R$ 15 mil, R$ 20 mil, ou R$ 25 mil são refletidos na carta de crédito, diversificando as opções do cliente. Outra vantagem do produto, é que ele permite, no momento da contemplação, a possibilidade de utilizar o valor para a aquisição de veículos usados, motos ou como complemento a um carro usado de entrada para obter um veículo zero quilometro.

— O consórcio é uma alternativa segura de investimento e é atrativo para o consumidor, permitindo a aquisição do bem desejado de forma planejada e com valores acessíveis. O produto é uma das apostas do Consórcio Nacional Volkswagen para cada vez mais atender as necessidades dos clientes e do mercado, incrementar o mix de venda e ampliar a competitividade — comenta Alessandro Lora Ronco, superintendente de Marketing da Volkswagen Financial Services.

Carros pequenos foram os mais financiados em 2016

30 de janeiro de 2017 0

Em 2016, os hatches pequenos, carros que integram o porta-malas ao compartimento de passageiros, foram a principal opção entre os consumidores que optam pelo financiamento na hora de adquirir um automóvel leve novo. A categoria aumentou dez pontos percentuais sua participação no mercado de vendas a prazo desde 2011.

O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.

tabela1

Já os carros de entrada, considerados os mais básicos e mais baratos no portfólio de uma marca, perderam participação no mercado de vendas financiadas de autos leves novos e se tornaram a segunda categoria mais adquirida pelos consumidores. Em seis anos, sua representatividade caiu de 34%, em 2011, para 22%, em 2016.

Tabela2

O aumento na participação também foi verificado no segmento de SUVs. Em 2011, esses modelos representavam 9% do total financiado. Em 2016, a participação da categoria avançou para 16% do mercado de financiamentos de autos leves novos.  Entre os modelos mais financiados de autos leves novos, os hatches pequenos Onix e HB20 lideram o ranking, seguidos do carro de entrada Ka e do sedã Prisma. 

Em 2016, foram financiados 3.745.008 automóveis leves novos e usados. Desse total, 1.063.211 foram unidades novas e 2.681.797 de usadas.

Os SUVs com os maiores porta-malas no Brasil

27 de janeiro de 2017 1

Que o brasileiro gosta de carros espaçosos e confortáveis, isso ninguém dúvida. Mas nem todos curtem os tradicionais sedãs, também chamados de carros de pessoas mais velhas. Então, qual seria a opção para satisfazer esse segmento de consumidor? A resposta é simples: os SUVs, é claro. E quais modelos têm os porta-malas mais avantajados, mais generosos, capazes de carregar várias malas e os brinquedos e acessórios de toda a família? O blog Joinville Motor pesquisou e traz a lista dos dez SUVs com os maiores porta-malas no Brasil. Confira:

Outlander

1) Mitsubishi Outlander (foto) — 715 litros
2) Honda CR-V — 589 litros
3) Hyundai Santa Fé — 585 litros
4) Fiat Freemont — 580 litros
5) Kia Sportage — 564 litros
6) Hyundai Tucson — 528 litros
7) Renault Duster — 475 litros
8) Hyundai ix35 — 465 litros
9) Honda HR-V — 462 litros
10) Mitsubishi ASX — 415 litros

 

 

 

Os supercarros de Eike Batista apreendidos pela PF

27 de janeiro de 2017 0

EikeLamborghini

A Polícia Federal (PF) apreendeu nesta quinta-feira a Lamborghini Aventator e o Porsche Cayenne que o empresário Eike Batista mantinha em sua residência, no Rio de Janeiro. A PF apura um esquema de lavagem de dinheiro calculado em pelo menos US$ 100 milhões em propinas para o grupo chefiado pelo ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), no exterior.

Ao todo, os investigadores da Operação Eficiência, da PF, apreenderam dezoito carros, além de obras de arte, relógios, joias e cerca de R$ 100 mil em dinheiro vivo. Vale lembrar que a Lamborghini de Eike, um modelo 2011/12, avaliada em R$ 1,62 milhão, ficava exposta em uma das salas de sua mansão (como mostra a foto abaixo).

Eike1

O superesportivo é equipado com motor V12, de 6.5l, e potência total de 700 cv. Graças à configuração, vai de 0 a 100 km/h em apenas 2,9 segundos e atinge 350 km/h. O câmbio é de sete marchas com dupla embreagem. Apenas quatro mil unidades rodam no mundo e Eike desembolsou mais de R$ 3 milhões pelo modelo.

Já o Cayenne apreendido é um modelo produzido em 2014, e que foi visto sendo guiado por um juiz no Rio de Janeiro. O veículo custa R$ 716,8 mil. Além do luxo, a esportividade é marca do carro, que tem motor V8 de 570 cv e câmbio automático de oito marchas. Ele ainda traz mimos como faróis bixenônio, três câmeras de ré, assistente de mudança de faixa e outros.

%d blogueiros gostam disto: