Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

De chorar

22 de fevereiro de 2012 1

Eu chorei e sei que muita chorou ao ler aqui no site a matéria sobre os graves maus tratos a três cães em Jaraguá do Sul nas últimas semanas; uma vai ficar cega, outro ficará sem uma pata, foi atropelado, e um terceiro, com artrite e idade, foi abandonado.

E quantos mais existem por aí, que criaturas, pessoas é que não são, maltratam sem pensar que eles sentem dor, tudo que sentimos?. Esse tipo de criatura também não tem compaixão nem consideração com pessoas. Podem ser tudo, menos gente.

Inocência, fidelidade, amor incondicional, comunicação sem precisar de palavras, os cães são muito mais sensíveis e inteligentes do que muitos que se acham os tais. Deviam ter aulas de humanidade com cãozinhos, aí sim, talvez, ficassem mais humanos em tudo.

 

 

 

 

 

Comments

comments

Comentários (1)

  • Luciana de Moraes diz: 23 de fevereiro de 2012

    Ju,

    Quando achamos que já vimos o suficiente, nos deparamos com mais demonstrações de maldade do homem, que já não tem nem respeito por ele próprio. Na sua nota Cadê a humanidade? Estou há tempos perguntando isso, pois é notável que as pessoas só enxergam o próprio umbigo, não percebem o mal que fazem e tratam as coisas ao redor como descartáveis – a vida não fica de fora. Os animais são grandes vítimas, canso de ver animais recém-abandonados pelo centro, desesperados à procura do seu dono que nunca mais vai aparecer. Ou mesmo os casos de cães e gatos que aparecem no CCZ de Floripa. Dá uma tristeza absurda, revolta grande. Como vou ter fé no futuro, se o presente me mostra que o homem é frio, maldoso e egoísta. Como vou ter amor pelo próximo, se as atitudes são cruéis. Nos achamos o centro do mundo, matamos, violentamos, maltratamos, poluímos, pisamos em cima dos outros e etc. Só queria te dizer que a sua nota traz muita reflexão para as pessoas que, de repente, ainda não foram tocadas pela causa. É muito importante o questionamento e agradeço muitíssimo pelo apelo verdadeiro, de coração. Ajuda muito a conscientização e apóia o trabalho de muitas ONG’s e pessoas que assumem a responsabilidade de resgatar e ajudar animais que sofrem violência. Que a indignação cresça para não tolerarmos mais esse tipo de maldade humana.
    É animal homem, não provou que evoluiu ainda no que mais importa, respeito à vida. O que adianta mudar o cenário externo se por dentro vive a destruição que propaga fora.

    Beijo enorme! Obrigada!

Envie seu Comentário